Como escolher o sistema operacional da sua hospedagem

como escolher o sistema operacional da hospedagem

O questionamento presente no título deste artigo já tirou o sono de muita gente. Ao decidir publicar um site por conta própria, é comum se deparar com essa e muitas outras dúvidas. Dúvidas que parecem aumentar sempre que se faz necessário tomar uma nova decisão relacionada ao projeto.

Qual ferramenta devo usar para criar o meu site? Qual a melhor hospedagem? Qual sistema operacional devo escolher? Estes são apenas alguns exemplos do tipo de decisão que precisará ser tomada durante a jornada de criação e publicação de um site.

Se você se identificou com o descrito acima, não se desespere! Você não está sozinho na busca por estas respostas. Como veremos neste artigo, escolher o sistema operacional da sua hospedagem de sites é mais fácil do que você imagina. Fique conosco e descubra!

Escolha a plataforma que será usada no seu site

Assim como os programas instalados em nosso computador, as plataformas de criação de sites também possuem compatibilidade com recursos específicos da hospedagem. Por exemplo, se a sua aplicação for construída em PHP, você precisará de um sistema operacional compatível com o PHP. Por se tratar de uma linguagem de programação bastante popular, há uma infinidade de sistemas operacionais compatíveis com a linguagem, o que inclui servidores Linux e Windows.

Outras linguagens, no entanto, não são tão compatíveis assim. É o caso da linguagem ASP, que é compatível apenas com servidores de hospedagem Windows. Portanto, conhecendo sua aplicação e sabendo quais são os requisitos necessários para ela funcionar, podemos saber qual sistema operacional será o mais indicado.

Atenção: o sistema operacional de seu computador não tem nenhuma relação com o sistema operacional de sua hospedagem. Você pode perfeitamente ter um computador com o Windows e hospedar o seu site em um servidor Linux.

Escolha o sistema operacional mais adequado

Como vimos, ao decidir sobre a plataforma, você está a um passo de ter a resposta sobre qual sistema operacional escolher para a sua hospedagem. Verifique os pré-requisitos da aplicação ou sistema que pretende utilizar e você estará apto a escolher o sistema operacional de sua hospedagem.

O sistema operacional mais popular em servidores de hospedagem é o Linux, que está presente em mais da metade de todos os servidores de internet no mundo (fonte: W3 Techs). O Linux é encontrado em diversas distribuições, que são versões baseadas no código-fonte central do Linux (chamado de Kernel), mas adaptado para um fim específico. Entre os servidores de hospedagem é comum encontrar as distribuições Linux CentOS, Debian e Ubuntu Server.

Ao contratar o serviço de hospedagem de sites, caso você não escolha um sistema operacional específico, existem grandes chances dele ser baseado em Linux. A maior parte das linguagens da internet são compatíveis com servidores Linux, então isso não deve ser um problema. No entanto, dependendo do tipo de aplicação que você queira usar, você deverá escolher um tipo específico de sistema operacional, que seja mais indicado para a sua aplicação.

Linguagens versus sistemas operacionais em hospedagem de sites

Para ajudá-lo na escolha, consulte a tabela abaixo, que reúne as linguagens de marcação e programação mais populares da internet, e sua respectiva compatibilidade.

LinguagemSistema operacional
ASP/ASP.NETWindows
C#Windows
CSSWindows / Linux
HTMLWindows / Linux
Java (JSP)Windows / Linux
JavascriptWindows / Linux
Node.jsWindows / Linux
PerlWindows / Linux
PHPWindows / Linux
PythonWindows / Linux
Ruby/Ruby on RailsWindows / Linux
XMLWindows / Linux

Pode não ser necessário escolher o sistema operacional da hospedagem

Em algumas situações você não precisará passar pela decisão de escolher um sistema operacional para a sua hospedagem. Isso ocorre principalmente quando se cria um site através de um serviço de criador de sites , como o Wix e o WordPress.com, por exemplo. Hospedagens que oferecem sistemas de gestão de conteúdo (CMS) previamente instalados, como uma hospedagem para WordPress, também se enquadram aqui.

Ao contratar um serviço como esse, a hospedagem já está configurada com o ambiente necessário para o serviço funcionar e, portanto, o sistema operacional adequado já foi escolhido pela empresa que fornece o serviço.

Mas não esqueça, antes de começar, é fundamental planejar

Antes de pensar em qual sistema operacional escolher, você precisa ter em mente quais são os objetivos do seu site e que tipo de presença você quer criar na internet. Você deseja criar um blog? Um site de portfólio para expor o seu trabalho? Ou apenas um site pessoal ou para a sua empresa?

Existe, atualmente, uma infinidade de ferramentas e plataformas para a criação de sites. Se você ainda não escolheu uma, precisará fazer isso antes de botar a mão na massa. De maneira simplificada, podemos considerar os passos abaixo:

  1. Defina o tipo de site que se pretende criar (ex.: blog, site, loja virtual etc.).
  2. Escolha a plataforma que será usada para a criação do site (ex.: criador de sites, WordPress etc.).

Uma vez que você saiba qual tipo de site irá criar e em qual plataforma, deverá então decidir a hospedagem. Como vimos acima, nem sempre será necessário se preocupar com o sistema operacional da hospedagem. No entanto, caso você opte por uma ferramenta que exija a contratação da hospedagem, leve em consideração também qual tipo de hospedagem você precisa. Há diversos tipos de hospedagem no mercado, como compartilhado, dedicado e cloud, que atendem a diferentes tipos de necessidades.

Ao passar por essas duas etapas, você provavelmente já terá uma indicação sobre qual sistema operacional escolher em sua hospedagem, como visto ao longo deste artigo.

Conclusão

A escolha do sistema operacional de uma hospedagem de sites não deve ser uma tarefa difícil. Uma vez sabendo o tipo de site/aplicação que se pretende utilizar, o sistema operacional mais adequado será provavelmente demandado pela própria aplicação. Além disso, a maior parte das linguagens usadas na internet são compatíveis com os principais sistemas operacionais disponíveis no mercado.

Também vale lembrar que, em serviços que usam como modelo o aluguel de uma ferramenta, o sistema operacional não precisa ser escolhido. Nesse caso, essa decisão já foi tomada pela empresa que hospeda o site.

Possui alguma dúvida? Deixe um comentário e teremos prazer em ajudá-lo(a)!

Por:

Designer, desenvolvedor web e um dos fundadores do Tudo sobre Hospedagem de Sites. Entusiasta do WordPress e apaixonado por tecnologia em geral. Acredita que a internet está ajudando a tornar o mundo um lugar melhor de se viver. =)

2 Comentários

  1. Neto Tomaz

    Olá, HTML/CSS/JS/PHP/C#/ASP.NET/ASP.NET Core são meus caminhos, creio Windows definitivamente é meu caso ; tenho uma dúvida estou numa hospedagem UOL e eles estão usando Windows Server 2012 e ISS 8 com asp.net 4.5; vi recentemente que a Kinghost fez um investimento windows que me chamou atenção, visto que farei vários trabalhos pra clientes usando servidores windows … Você me indicaria a mudar pra essa Hospedagem ? Na UOL o suporte pediu atualização mas sem promessas quando vem u “se” vem … A kinghost agora está atuando com Windows Server 2016 e ISS10 HTTP/2 e tb pelo que vi ASP.NET Core já está rodando em ambas as plataformas (windows/linux) , sei q a UOL pode estar fazendo jogo duro agora, mas creio que bem rapido ela começará a perder mais clientes pro ASP.NET Core se eles não entrarem na dança … Gosto da UOL ; porém, não conheço a Kinghost , vc acha que eu terei uma boa Hospedagem com ela ? visto que ela sempre está em terceiro lugar no ranking ? Vc conhece pessoas que hospedam na KingHost ? Poderia me ajudar nessa indecisão ? Obrigado

    Responder
    • Bill Bordallo

      Olá, Neto!
      Acredito que a migração de fornecedor de hospedagem não é uma decisão que envolve apenas o aspecto técnico.
      É claro que os recursos oferecidos possuem um grande papel nessa escolha. No entanto, outras questões devem ser consideradas, como preço, capacidade, suporte e – muito importante – a quantidade de tempo que será necessária para a migração dos sistemas que você possui na hospedagem. É possível que você tenha que fazer adaptações no ambiente para receber suas aplicações e compatibilizar a mudança de servidor. Caso existam contas de e-mail, essa questão também deve ser considerada. Ainda: a migração terá algum impacto no uso dos sistemas pelos seus clientes? Será possível fazer a migração de uma única vez ou você precisará fazer em partes? Se for em partes, quanto tempo você precisará manter as duas hospedagens funcionando em paralelo?
      A KingHost oferece um serviço de qualidade e possui um suporte técnico eficiente. No entanto, as questões acima (e eventualmente outras) precisam ser consideradas antes de você tomar uma decisão nesse sentido.

      Complementando o mencionado acima, deixo uma leitura como sugestão de reflexão: o artigo 7 sinais de que você precisa trocar de hospedagem.

      Espero ter ajudado! Precisando, basta entrar em contato.
      Um abraço e boa sorte!

      Responder

Deixe um comentário