Melhor provedor de e-mail profissional: Ranking 2018

Procurando o melhor e-mail profissional para sua empresa? Compare e encontre os melhores serviços de e-mail em nosso ranking feito por especialistas. Conheça os diferenciais de cada empresa e escolha a melhor opção para você. Confira!

*Valor equivalente mensal na contratação do ciclo de pagamento mais longo do plano de e-mail profissional.
**As informações contidas nesta página foram retiradas dos sites das empresas de hospedagem, por isso podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
***Parte das vendas realizadas com origem em nosso site gera uma comissão. Isso não influencia o posicionamento das empresas nem os preços praticados. Pelo contrário, algumas ofertas são oferecidas com exclusividade pelo nosso site. Esta é apenas uma forma de manter o nosso site e conteúdo gratuito para os nossos leitores.

Conheça os melhores provedores de e-mail profissional

As empresas que você vai conhecer a seguir lideram o nosso ranking de melhor provedor de e-mail profissional porque oferecem uma ótima combinação de qualidade, recursos e preço.

G Suite

1. G Suite

Para quem deseja o poder dos serviços do Google, como Gmail e Drive, em um domínio personalizado, o G Suite é uma excelente opção. A suíte de aplicativos do Google foi criada para a colaboração e comunicação, através das diversas ferramentas da plataforma. O G Suite pode ser contratado por empresas parceiras ou pelo Google (este a partir de US$ 5/mês/usuário). Dentre os revendedores no Brasil, a Locaweb oferece o melhor preço. O plano inicial oferece 30 GB por conta e custa a partir de R$ 14,90/mês por usuário.

Visitar site

Microsoft Office 365

2. Office 365

O Office 365 é a suíte de serviços para empresas da Microsoft. Esta é uma ótima opção para quem quer desfrutar das ferramentas clássicas da empresa, como Word, Excel e Power Point, e ainda ter um e-mail com domínio personalizado na plataforma Outlook. Ao contrário do G Suite, a Microsoft aceita pagamentos em real. A licença básica, que oferece o uso apenas online dos programas Microsoft Office, custa a partir de R$ 19,40/mês por usuário no ciclo anual. Também é possível comprar a licença de empresas parceiras.

Visitar site

Zoho Mail

3. Zoho Mail

O terceiro lugar no ranking de melhor provedor de e-mail profissional é o único a possuir a modalidade gratuita. O Zoho Mail é uma ótima opção para quem deseja ter um e-mail profissional, pagando nada ou muito pouco (apenas o registro do domínio se faz necessário). O plano grátis possui limitações, como a não disponibilização dos protocolos pop e imap, mas basta usar o aplicativo do próprio Zoho para acessar o e-mail em dispositivos móveis. Para saber mais, leia nosso review do Zoho Mail ou acesse o site da empresa.

Visitar site

Como escolher o melhor provedor de e-mail profissional?

Como existem muitas diferenças entre os serviços oferecidos, é importante ficar atento aos detalhes. Vamos conhecer alguns pontos importantes para avaliar na hora de escolher um provedor de e-mail profissional.

Compare custo e quantidade de contas de e-mail

Ao avaliar o preço de um provedor de e-mail profissional, leve em consideração o número de contas oferecidas. Algumas empresas cobram por conta, enquanto outras vendem planos com uma quantidade de contas incluídas. Quem trabalha sozinho ou tem um time pequeno, pode encontrar nos planos individuais uma opção interessante. Já quem tem uma empresa que utiliza dezenas de e-mails, pode economizar bastante com um plano que inclua um número maior de contas.

Fique atento ao espaço de armazenamento

Outro ponto que merece atenção são os limites de armazenamento das contas de e-mail. É preciso se certificar que o provedor de e-mail profissional oferece um bom espaço de armazenamento. Caso contrário, com o passar do tempo você se verá obrigado a deletar e-mails e anexos, algo que quase não precisa mais ser feito nos dias de hoje. Um bom espaço por conta estaria entre 5 GB e 10 GB, para apenas e-mails. Serviços como o G Suite e Office 365 têm um espaço maior porque incluem os documentos criados pela suíte de aplicativos.

Além disso, algumas empresas oferecem um espaço determinado individualmente para cada conta. Outras determinam o espaço total, para ser compartilhado entre todas as contas. Fique atento a isso antes de contratar, para evitar restrições no futuro.

Verifique quais programas de e-mail podem ser usados

Uma das funcionalidades mais importantes em um e-mail é poder acessá-lo de qualquer dispositivo, por isso é interessante verificar se o serviço pode ser utilizado em programas de e-mail de terceiros. Em seu computador, você pode querer usar programas instalados para receber e enviar e-mails, como por exemplo o Outlook, o Thunderbird, o Email, do Windows 10, entre outros. Já os smartphones trazem pré-instalados um programa para envio e recebimento de e-mails, que pode variar dependendo da plataforma (Android ou iOS) e do fabricante.

Todos esses programas se valem de um protocolo padrão para envio e recebimento de mensagens. Um protocolo é um conjunto de regras que definem a comunicação entre dois computadores. No caso dos e-mails, os protocolos utilizados são o SMTP, para envio de mensagens, e o POP ou IMAP, para recebimento. Estes protocolos precisam estar disponíveis no provedor de e-mail profissional para tornar a comunicação com os programas de e-mail possível.

Planos gratuitos, como o Zoho Mail, por exemplo, permitem o uso de programas de e-mail apenas nos planos pagos. Como alternativa, a empresa oferece um aplicativo próprio, que funciona em diferentes dispositivos, o que pode não agradar a todos. Portanto, se você deseja ter liberdade para escolher o programa de envio e recebimento de mensagens no seu celular e em outros dispositivos, vale checar as opções oferecidas.

Considere os recursos e programas adicionais

Muitas empresas oferecem aplicativos junto com o serviço de e-mail profissional. O G Suite, do Google, e o Office 365, da Microsoft, por exemplo, oferecem um pacote de softwares de escritório (textos, planilhas, apresentações e outros) incluídos nos planos.

Embora isso encareça o valor do plano, pode se tornar uma economia para quem usa esses tipos de aplicativo. Por exemplo, ao contratar o G Suite você talvez não precise mais pagar por outros programas que possuem as mesmas finalidades. Cabe avaliar se vale a pena pagar para ter acesso aos aplicativos ou ficar apenas com o e-mail profissional.

Certifique-se sobre o antispam

Quanto aos recursos básicos do e-mail, praticamente todas elas oferecem algum tipo de antispam integrado ao e-mail. Se este é um recurso importante para você, verifique se a solução oferecida pela empresa é satisfatória, porque nem todos funcionam com a mesma eficiência. Serviços mais robustos de e-mail, como o G Suite, costumam ter um antispam mais eficiente, pois têm por trás empresas especializadas em e-mail, como o Google.

Avalie a sua necessidade de suporte

Em geral, todas as empresas oferecem algum tipo de suporte ao cliente. Uma base de conhecimento para esclarecer as dúvidas mais comuns é algo esperado. No entanto, diante de alguma dificuldade, pode ser necessário entrar em contato com a empresa que fornece o serviço. Verifique como funciona o suporte ao cliente antes de contratar um provedor de e-mail profissional. Também vale pesquisar como é a satisfação geral dos clientes da empresa para descobrir se o atendimento é satisfatório.

Veja a seguir outras informações importantes sobre o serviço de e-mail profissional e esclareça todas as suas dúvidas antes de tomar uma decisão.

O que é um e-mail profissional

E-mail profissional é nome dado ao serviço de e-mail que utiliza um domínio personalizado, como por exemplo nome@meudominio.com. Da mesma forma que ocorre quando queremos hospedar um site, o serviço de e-mail profissional precisa de um servidor próprio para seu funcionamento. Muitas empresas oferecem serviços de e-mail profissional. Dessa forma, é possível encontrar funcionalidades bastante distintas entre os provedores de e-mail.

Vale lembrar que, mesmo que você utilize uma plataforma de e-mail gratuita como o Gmail ou Outlook para fins profissionais, você não está usando de fato o chamado e-mail profissional. Isso porque o endereço de e-mail, nesse caso, fará parte do domínio da empresa que fornece o serviço, como por exemplo nome@gmail.com ou nome@outlook.com.

Por que usar um provedor de e-mail profissional

O principal motivo para usar um e-mail profissional é a credibilidade que você irá transmitir ao se comunicar com clientes e parceiros. Da mesma forma que uma marca contribui para a imagem que as pessoas têm de uma empresa, um domínio próprio tem um papel importante na forma como as pessoas vão interagir com um profissional ou empresa. Seja ele freelancer ou um grande negócio. E é através do e-mail profissional que essa imagem começará a ser construída, uma vez que ele traz o nome do seu domínio.

Outros aspectos também fazem parte dos motivos pelos quais as empresas utilizam serviços de e-mail profissional. De maneira resumida, podemos citar:

  • Credibilidade – como mencionamos, seus clientes e parceiros terão outra visão do seu negócio ao se deparar com um endereço de e-mail personalizado, como nome@empresa.com, ao invés de pedro_rocha1985@gmail.com.
  • Novos clientes – com um e-mail profissional, mais pessoas verão que o seu negócio é confiável e mais chances você terá de fechar novas vendas.
  • Reforço da marca – o domínio da sua empresa (ex.: empresa.com.br) será divulgado “por tabela” em todos os e-mails que você trocar com alguém, reforçando assim a sua marca.
  • Recursos extras – muitos provedores de e-mail profissional oferecem serviços integrados ao e-mail, como programas de edição de texto e planilhas, agenda e  armazenamento de arquivos.
  • Colaboração – seus parceiros e colegas de trabalho podem se valer das suítes de aplicativos integradas ao serviço de e-mail para colaborar na criação de documentos, organização de projetos, calendários e muito mais.
  • Sem anúncios – plataformas de e-mail profissionais não exibem propaganda no webmail, ao contrário de serviços de e-mails gratuitos.
  • Controle de recursos – uma empresa com muitos funcionários pode se beneficiar do alto controle de recursos oferecidos pelos e-mails profissionais. É possível analisar o uso dos recursos individualmente e aumentar ou reduzir seus limites.

Como funciona um serviço de e-mail profissional?

Após contratar e configurar um e-mail profissional, o administrador da conta terá acesso à uma plataforma para administrar o serviço. Nela é possível criar e gerenciar todas as contas de e-mail. Outros recursos comuns, como a criação de endereços alternativos para uma conta (também conhecida como alias), encaminhamento de mensagens, respostas automáticas, e muitos outros, também são realizados nesta área.

Os recursos disponíveis variam de acordo com o serviço contratado. E-mails integrados com suítes de escritório, como é o caso do G Suite e do Office 365, por exemplo, oferecem controles adicionais, como a permissão para criação de arquivos, acesso aos aplicativos, entre outros.

O painel de administração depende da empresa que fornece o serviço. Veja alguns exemplos a seguir.

Painel de administração do provedor de e-mail profissional G Suite

Painel de administração do G Suite

Painel de administração do Zoho Mail

Painel de administração do Zoho Mail

É importante mencionar que o painel de administração só pode ser acessado pelo(s) administrador(es) da conta. Os usuários normais, como por exemplo os funcionários de uma empresa, terão acesso apenas aos recursos oferecidos pelo serviço. Por exemplo, no caso do e-mail, todos os funcionários terão acesso à plataforma webmail de sua própria conta, mas não têm permissão para criar ou excluir outras contas de e-mail.

Abaixo estão alguns exemplos da plataforma webmail de alguns e-mails profissionais.

O webmail do G Suite usa a mesma interface do Gmail

O webmail do G Suite usa a mesma interface do Gmail

Webmail do e-mail profissional da Locaweb

Webmail do e-mail profissional da Locaweb

É possível ter um provedor de e-mail profissional junto com a hospedagem de sites?

Sim. Muitas empresas de hospedagem, inclusive, oferecem o serviço de e-mail gratuitamente em conjunto com a hospedagem (veja as melhores hospedagens aqui). Da mesma forma que os serviços de e-mail dedicados, a empresa de hospedagem também fornece um painel de administração, onde é possível gerenciar o uso e criar novas contas de e-mail.

O usuário do e-mail tem a possibilidade de receber e enviar mensagens na plataforma web e/ou configurar um programa específico para isso no computador, tablet e/ou celular.

Para aqueles que já possuem um site, o serviço de e-mail na hospedagem pode ser muito conveniente. Além disso, pode representar uma economia contratar uma hospedagem que já oferece o e-mail profissional, principalmente para empresas que estão começando e que não farão um uso massivo do serviço de e-mail.

Quando o e-mail profissional é contratado em conjunto com a hospedagem, é importante ficar atento às capacidades e limites do plano. Em alguns casos, o armazenamento de mensagens é compartilhado com o armazenamento de arquivos da hospedagem. Em outros, o espaço é separado por conta. Seja qual for o cenário, é importante avaliar qual será o perfil de uso do serviço e se o oferecido pela hospedagem está alinhado com isso.

Posso acessar a minha conta de e-mail profissional usando meu celular?

Sim. Os serviços de e-mail profissional trabalham utilizando o protocolo padrão para troca de mensagens de e-mail. Dessa forma, através das tecnologias POP/IMAP e SMTP, os usuários podem enviar e receber mensagens usando programas de e-mail instalados em smartphones, tablets e, é claro, computadores.

O recurso de troca de mensagens deve estar habilitado no painel de administração, o que muitas vezes já vem configurado por padrão. Se por algum motivo, o administrador da conta não quiser que os usuários tenham acesso ao recurso, ele pode ser desativado da mesma forma. Alguns serviços, como o Zoho Mail, permitem a ativação dos protocolos de troca de mensagens apenas em planos pagos.

Qual a diferença entre e-mail e webmail

O termo webmail se refere exclusivamente à caixa de e-mail que é acessada diretamente no navegador de internet (browser). Ao acessar seus e-mails pelo navegador de sua preferência, como Chrome, Firefox, Internet Explorer, e outros, você está usando o webmail. Ao utilizar um programa de terceiros para receber e enviar e-mails, como o Outlook, Thunderbird ou aplicativo de smartphone, não estamos usando o webmail. Estes programas de terceiros usados para ler e receber e-mails são chamados de clientes de e-mail.

o termo e-mail pode se referir tanto às mensagens em si (ex.: “te enviei um e-mail“) quanto ao serviço de mensagens (ex.: “contratei um e-mail profissional“).

Como configurar um serviço de e-mail profissional?

Após contratar um provedor de e-mail profissional, o dono ou responsável pelo domínio deve realizar uma pequena configuração para o serviço funcionar. O procedimento em si é um pouco técnico, mas a maioria das empresas ajuda fornecendo instruções detalhadas, Além disso, ele é feito somente uma vez.

Ao realizar a configuração do serviço, os e-mails daquele domínio passam a ser direcionados para determinado servidor de e-mails. O processo envolve a inserção de entradas de DNS do tipo MX (a sigla MX vem de Mail Exchange, que em tradução livre seria algo como “troca de correspondência”). Ao apontar as entradas MX para determinado servidor de e-mail, a informação é propagada pela internet, que passa a direcionar todas as mensagens do domínio para o servidor em questão.

Em alguns casos, principalmente quando o serviço de e-mail é oferecido junto com a hospedagem de sites, o apontamento MX não precisa ser realizado pelo usuário, porque o serviço de hospedagem se encarrega automaticamente do encaminhamento das mensagens no servidor. Nesse caso, o DNS do domínio deve ser apontado para o servidor de hospedagem. Dessa forma, as entradas de DNS passam a ser gerenciadas pela hospedagem.

O sistema de DNS é uma espécie de catálogo de endereços da internet. Nele ficam gravados a associação entre todos os domínios na internet e seus respectivos servidores de hospedagem. Assim, quando um usuário acessa o endereço de um site, a solicitação será encaminhada para o local de hospedagem do site em questão, independente de sua localização.

Posso contratar um provedor de e-mail profissional diferente do que hospeda o meu site?

Sim, isso é perfeitamente possível. Como mencionamos anteriormente, a configuração do serviço de e-mail profissional depende do apontamento das entradas MX para o servidor de e-mails. Portanto, para configurar o serviço de e-mail profissional em uma empresa diferente da que hospeda o seu site, basta acessar o painel onde as entradas de DNS são gerenciadas e configurar as entradas MX apropriadamente.

E-mail profissional grátis – onde encontrar?

As opções de e-mail profissional grátis não são muitas, mas existem. Um provedor de e-mail profissional grátis que oferece qualidade é o Zoho Mail. A modalidade gratuita permite criar até 5 usuários (contas de e-mail), sendo 5 GB para cada conta. Dentre as limitações do serviço no modo gratuito, estão o uso de apenas um domínio e a restrição para enviar e receber mensagens usando programas de e-mail de terceiros via POP/IMAP.

É importante entender que o e-mail profissional gratuito não é totalmente livre de custos. Para fazê-lo funcionar é preciso ter um domínio, que custa em média R$ 40 por ano.

Para saber mais sobre o Zoho Mail, leia artigo Zoho mail: veja como se cadastrar neste e-mail profissional gratuito.

Por que pagar por um provedor de e-mail profissional quando há opções gratuitas?

Porque as opções de e-mail profissional gratuitas são limitadas em comparação às opções pagas. Essas limitações podem ser de espaço, número de contas, recursos, entre outros aspectos. Por isso, cabe avaliar, antes de escolher, se isso será um problema ou não no seu caso. Se você ainda não possui nenhum e-mail profissional, é um ótimo passo para começar!

Por que o G Suite e o Office 365 são tão mais caros que os demais?

Para estas empresas, o e-mail é apenas um dos componentes do serviço prestado. A proposta, nesse caso, é oferecer um pacote completo de programas, que vai atender diversos aspectos da sua empresa.

Dentre os serviços oferecidos, além do e-mail, existem programas de edição de texto, apresentações e planilhas. Agenda e recursos para armazenamento de arquivos na nuvem também estão presentes. Serviços de comunicação, que incluem chat e vídeo, também fazem parte dos produtos destas empresas. E todos estes recursos extras podem ser gerenciados em uma plataforma única para a empresa, facilitando bastante a administração das contas e dos serviços pelos responsáveis.

Como podemos ver, o e-mail profissional é apenas um dos componentes do G Suite, do Google, e do Office 365, da Microsoft. Cabe ao cliente avaliar se estes extras são necessários para a empresa.

Conclusão

Podemos afirmar que o e-mail profissional é cada vez mais importante para profissionais e empresas que querem transmitir credibilidade e confiança para os seus clientes. Apesar da grande maioria ser paga, há provedores de e-mail gratuitos e baratos que permitem ter um e-mail profissional, mesmo que com algumas limitações. Na outra ponta, temos serviços robustos e mais caros para aqueles que buscam uma variedade maior de serviços, e não somente o e-mail. Em resumo, há soluções diversas, em recursos e preços, para quem quer dar seu próximo passo na internet e ter o seu e-mail profissional.

Se você ficou com alguma dúvida ou precisa de ajuda para escolher o melhor provedor de e-mail profissional para você, deixe um comentário que teremos prazer em responder.

Atualizado em 24 de novembro de 2018


15 Comentários

  1. Erick Ayres

    Existe algum provedor de e-mail profissional que me permita monitorara e gerenciar os e-mail enviados? E com a finalidade de descobrir qual conta está enviando SPAM ?

    Responder
    • Bill Bordallo
      Cofundador - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Erick,
      Sim, o responsável pela conta de e-mail profissional (o administrador) possui privilégios para gerenciar e monitorar as contas de e-mail. Dependendo do serviço utilizado os recursos podem ser um pouco diferentes nesse sentido, mas em geral é possível controlar este aspecto. É possível inclusive definir políticas e restrições para as contas de e-mail individualmente. Se este for um ponto crucial para você, recomendo avaliar o que é oferecido neste quesito pelo serviço que deseja contratar.
      Se tiver qualquer outra dúvida, basta entrar em contato.
      Abraços.

      Responder
      • Luiz Paulo Costa

        Quanto ao email profissional da Zoho, não são 25 contas de e-mails gratis, mas sim apenas 5 contas gratis

        Responder
        • Bill Bordallo
          Cofundador - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

          Oi, Luiz,
          Obrigado por avisar! Me parece que este item foi revisado recentemente pela Zoho, porque até bem pouco tempo era possível criar 25 contas no plano gratuito.
          A informação já foi atualizada na página.
          Abraços!

    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Que bom que gostou, Trevisan. Obrigada!

      Responder
  2. Kleber

    Excelente artigo, hoje tenho adquirido 100 licenças do office 365 de 50GB, mas não tenho a necessidade de utilizar todas essas licenças, e possível manter 50 contas de exchange e contratar 50 contas de e-mail smtp ? para os funcionários interno fico com as contas exchange e para os funcionários externo contas de smtp pois eles só precisam enviar e receber poucos e-mails, Obrigado

    Responder
    • Bill Bordallo
      Cofundador - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Kleber,
      Para esclarecer sua dúvida, recomendo que entre em contato com o suporte à administradores do Office 365. O atendimento pode ser feito por telefone, de segunda à sexta em horário comercial, pelo número 0800-762-1146 (ligação gratuita). Há ainda uma opção de ajuda online, disponível dentro do painel de administração. Para saber mais, acesse esta página.
      Abraços.

      Responder
  3. regina de oliveira ferreira

    Muito bom! Essa matéria foi muito esclarecedora.
    Trabalho no Facebook como afiliado. Como criar um e-mail profissional?
    Pelo que entendi os e-mails profissionais somente para blogs e sites.

    Responder
    • Bill Bordallo
      Cofundador - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Regina,
      Para criar um e-mail profissional você precisa apenas ter um domínio registrado. O serviço de e-mail em si pode ser usado gratuitamente se você optar pelo Zoho Mail. Fizemos um tutorial sobre a criação de uma conta no Zoho, que você pode ler aqui. Para outros provedores há um custo que varia de acordo com a empresa e com os itens contemplados no pacote.
      Espero ter esclarecido sua dúvida! Precisando, estamos à disposição.
      Abraços.

      Responder
      • Bruno

        Agora a versão gratuita do Zoho não permite mais acesso POP/IMAP fazendo com isso a impossibilidade de usar no Outlook.

        Responder
        • Bill Bordallo
          Cofundador - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

          Olá, Bruno,
          De fato, o acesso POP/IMAP do Zoho Mail só está disponível nos planos pagos da plataforma. Os usuários do plano gratuito podem utilizar os aplicativos próprios do Zoho para Android e iOS, além do webmail, claro.
          Um abraço!

  4. Kati

    Achei muito legal o artigo. Me ajudou bastante. Tenho apenas uma dúvida.Digamos que eu inicie com um email profissional gratuito, e posteriormente tenha necessidade de obter maiores recursos, posso mudar de empresa? É muito complicado?

    Responder
    • Bill Bordallo
      Cofundador - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Kati,
      Obrigado pelo comentário. 🙂
      Sim, você pode começar com um e-mail profissional gratuito e depois fazer um upgrade ou mudar de empresa. O procedimento para isso vai depender do que escolher.
      Em geral, upgrades são mais simples, porque você simplesmente muda de plano dentro da mesma empresa. Nesse caso, todas as suas mensagens e configurações são preservadas, adicionando-se os recursos do plano que contratou.
      A migração de empresa, no caso do e-mail profissional, envolve a configuração inicial para apontar o e-mail para a nova empresa. O procedimento é igual ao que se realiza ao configurar um e-mail profissional pela primeira vez e é realizado uma única uma vez. Um ponto importante, nesse caso, é a migração das mensagens de e-mail. Ao mudar de empresa, os e-mails que recebeu até aquele momento ficam nos servidores da empresa antiga. Por isso, recomenda-se um backup das mensagens antes de alterar a configuração para recebimento de e-mails. O backup de e-mails pode ser feito de várias formas. Uma das mais simples envolve conectar-se à empresa usando um programa de e-mail (ex.: Thunderbird, Outlook etc.) e fazer download das mensagens. Esta técnica, no entanto, não leva as mensagens do serviço antigo para o novo. Se desejar isso, o procedimento vai depender da empresa que contratar.
      Espero ter ajudado! Se tiver outras dúvidas, é só entrar em contato.
      Abraços.

      Responder

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados. Então, seu comentário não será exibido imediatamente após o envio.
Mas fique tranquilo(a), porque ele será respondido em breve. 😉