Hospedagem de sites compartilhada

hospedagem de sites
  • Tipo: Hospedagem de Sites Compartilhada
  • Custo: maioria entre R$ 6 e R$ 30 por mês
  • Indicado para: sites e blogs pequenos a médios e/ou com tráfego baixo a moderado
  • Nível de dificuldade: fácil (painel de controle auxilia nas principais funções)
  • Avaliação geral: bom custo-benefício e atende à grande maioria dos sites
  • Onde contratar: Conheça as Melhores Hospedagens de Sites (com até 75% de desconto)

O que é a hospedagem de sites compartilhada?

Conhecida como hospedagem de sites (ou shared hosting, em inglês), a hospedagem de sites compartilhada é a mais popular e econômica entre todos os tipos de hospedagem.

Neste tipo de hospedagem, o seu site fica em um servidor que armazena centenas de outros sites, que dividem os mesmos recursos. Em alguns casos, há uma quantidade específica de recursos para cada conta (ou site). Em outros casos, esse recurso é definido como “ilimitado”, o que significa que não há um limite estabelecido, mas há outros tipos de restrições.

Para facilitar o entendimento de todos esses termos técnicos, vamos explicá-los abaixo.

O que significa o termo “compartilhada”?

hospedagem de sites compartilhadaFazendo uma analogia, se a internet fosse uma cidade, os sites estariam dentro das casas. Isso porque eles dependem de um endereço exclusivo para serem localizados e têm um tamanho determinado. Por exemplo, se você tem uma família grande e deseja uma casa com muito espaço e recursos, terá que escolher uma que corresponda às suas necessidades. Nesta comparação, o endereço da sua casa seria o domínio do seu site, e a casa seria a hospedagem.

Continuando com esta analogia, podemos imaginar um servidor de hospedagem compartilhada como sendo um prédio, em que vários moradores dividem o mesmo terreno e recursos comuns a todos os condôminos, como espaço, água e eletricidade. Você poderia dar uma festa em sua casa e deixá-la lotada de gente, mas estaria sujeita às regras de convivência e aos limites estabelecidos pelos seus vizinhos, representados pelo síndico. O mesmo ocorre em um servidor de hospedagem de sites compartilhada: você poderá usá-lo à vontade, mas deverá respeitar os limites impostos pela vizinhança. Nesse caso o papel de síndico seria feito pela empresa de hospedagem.

Agora que já entendemos o conceito, vamos voltar à visão prática.

Um servidor de hospedagem nada mais é do que um computador, configurado exclusivamente para armazenar os arquivos necessários para que os sites funcionem e disponibilizá-los através da internet. Em um servidor de hospedagem compartilhada, você pode usar o espaço e os recursos daquele servidor, dentro dos limites estabelecidos e sem prejudicar outros sites hospedados no mesmo servidor.

Hospedagem ilimitada: ela existe?

Algumas empresas divulgam seus planos de hospedagem de sites compartilhada como sendo ilimitados. Isso NÃO significa, no entanto, que você poderá utilizar indefinidamente todos os recursos daquele servidor.

Uma hospedagem ilimitada significa que não existe um limite definido para os recursos em questão, mas eles (os limites) existem. Nesse caso, é muito importante diferenciar ilimitado de infinito. Os recursos são ilimitados, pois não possuem um limite estabelecido, mas são finitos, pois estão sujeitos à capacidade de armazenamento das máquinas e às regras de convivência impostas pela empresa.

Para quem a hospedagem de sites compartilhada é indicada

A hospedagem de sites, também chamada de hospedagem de sites compartilhada, é indicada para pessoas e empresas que possuem um site pequeno a médio, com um volume de visitas proporcional. Por exemplo, se você possui um negócio local, um blog ou um site institucional, esta hospedagem é ideal para você. Pequenas lojas virtuais também podem funcionar em uma hospedagem de sites compartilhada, desde que ela possua o certificado de segurança SSL.

A principal vantagem desta hospedagem é o preço: o mais barato entre os tipos de hospedagem de sites. É possível hospedar site neste plano por valores a partir de R$ 6/mês (ver planos). Um valor bem interessante para quem quer estar presente na internet, sem gastar muito. Há também quem ofereça hospedagem grátis, mas ela possui menos recursos que a paga.

Por outro lado, a hospedagem de sites possui restrições. Por ser uma hospedagem compartilhada, todos os recursos são divididos com outros clientes que estão hospedados no mesmo servidor de hospedagem. Na prática, isso praticamente não faz diferença para a maioria dos sites, exceto aqueles com muito acesso ou muito pesados, que devem hospedar em outro plano. Além disso, o que você contratar é o que terá direito a usar; os recursos do plano não serão divididos com outros clientes, e sim o servidor.

Mas é claro que, em comparação aos outros tipos de hospedagem, você terá recursos menores de espaço em disco, transferência, entre outros, o que permite que a empresa ofereça o plano por um preço tão competitivo. A questão aqui é avaliar se eles atendem às necessidades do seu site. 😉

Recursos de uma hospedagem compartilhada

Uma hospedagem é feita de muitos recursos, mas alguns são mais importantes do que outros. Entenda o que significam os principais recursos em uma hospedagem de sites compartilhada:

Domínios e sites

Cada plano de hospedagem permite que você hospede uma quantidade de sites. Algumas vezes você verá o termo “quantidade de domínios”, que costuma ter o mesmo significado. Para quem não sabe, domínio é o endereço de um site na internet (ex: www.meusite.com.br).

Sendo assim, quando for escolher um plano, leve em consideração quantos sites ou domínios poderá ter na hospedagem, principalmente se pretende hospedar mais de um site. Planos que permitem mais sites costumam ser mais baratos do que contratá-los separadamente.

Esse limite não inclui domínios estacionados, que são aqueles que apontamos para o domínio principal. Por exemplo, seu site tem o domínio www.meusite.com.br e www.meusite.com. Um deles seria o principal, enquanto o outro seria secundário (ou estacionado). O único papel dele é redirecionar o usuário para o domínio principal. Por isso ele não conta nesse limite.

Espaço em disco

Este recurso diz respeito ao espaço que pode ocupar na sua hospedagem. Na maioria dos casos, este espaço é apenas para o seu site, o que inclui códigos, textos e arquivos diversos. Em alguns casos, no entanto, ele é usado também para bancos de dados e e-mail.

Ao avaliar o espaço em disco na hospedagem, verifique essa questão. E procure a hospedagem que ofereça espaço suficiente para o seu site, mas que também tenha um espaço interessante para e-mails e bancos de dados, se esses recursos também forem importantes para você.

Tráfego, largura de banda, transferência

As empresas de hospedagem costumam se referir a este recurso de várias maneiras. De modo geral, o mais importante é saber que ele está sempre associado à quantidade de visitas ao seu site.

Há planos que limitam a quantidade de visitas, o que é mais fácil de entender e monitorar. Outras empresas, por sua vez, utilizam o termo “largura de banda” ou “transferência”, que normalmente são “ilimitadas”. Em casos assim, o limite costuma ser de requisições simultâneas no servidor, descrito apenas nos termos e condições da hospedagem.

Se você possui um site com tráfego baixo a moderado, este recurso nunca será um problema.

E-mail

Ter um e-mail com o seu domínio é uma forma de dar mais credibilidade para a sua marca e várias empresas oferecem serviço de e-mail gratuito em seus planos de hospedagem.

Em e-mails, há dois itens que você precisa prestar atenção: número de contas permitidas e espaço. Muitas empresas vendem planos com centenas de contas de e-mail, mas o espaço é tão reduzido que praticamente não serve para nada. O espaço é muito importante neste caso, pois quanto maior for o espaço, mais e-mails poderá armazenar, sem se preocupar.

Sobre isso, vale relembrar que algumas empresas utilizam um espaço definido para e-mails, enquanto outros utilizam o mesmo espaço alocado para o seu site. Dependendo do caso, se o espaço for muito grande, até vale mais a pena do que nos planos com espaço separado.

Sistema operacional

Uma questão que deve ser analisada ao contratar uma hospedagem é o sistema operacional do servidor. Na maioria das hospedagens é preciso escolher entre Linux e Windows. Para tomar esta decisão, é preciso saber de que forma seu site será construído.

Se ele for construído em PHP, como é o caso do WordPress, a hospedagem Linux é mais indicada. Por outro lado, se ele foi construído em ASP ou .NET, é preciso contratar uma hospedagem Windows.

É importante esclarecer que o sistema operacional do servidor não tem nenhuma relação com o sistema operacional do computador onde será criado o site. E tampouco há conflito se você acessar sua hospedagem Linux de um computador Windows. Em outras palavras, se você estiver usando um computador com Windows para criar um site WordPress, sua hospedagem deverá ser Linux. 😉

Para conhecer todas as diferenças entre os sistemas operacionais, leia nosso post: Hospedagem Linux ou Hospedagem Windows.

Suporte

Apesar de não ser um recurso, o suporte é um ponto muito importante em um serviço de hospedagem. É preciso poder contar com ele para esclarecer dúvidas e resolver problemas, sempre que precisar.

Por isso, procure saber se a hospedagem oferece suporte 24×7 (24 horas por dia, 7 dias por semana). Também analise quais são os canais de atendimento oferecidos pela empresa, como chat, telefone e e-mail.

Quanto custa uma hospedagem de sites compartilhada?

Em geral, os planos de hospedagem de sites compartilhada estão entre os mais baratos na lista de planos das empresas. A razão disso é clara: neste plano, dezenas de clientes compartilham o mesmo servidor, o que torna a relação custo-benefício do serviço muito boa.

Em geral, os planos anuais começam a partir de R$ 6 por mês no valor promocional com cupom (veja as ofertas aqui).

Mas e a qualidade? Isso dependerá de uma série de fatores, que vão desde o atendimento da empresa até a qualidade da máquina (servidor). Conheça as maiores empresas do Brasil e do mundo na área de hospedagens, em nosso comparativo de hospedagem de sites.

Quais as melhores hospedagens de sites?