Hospedagem de site ou hospedagem WordPress: qual escolher?

Ilustração caracterizando Hospedagem de site ou hospedagem WordPress

Se você possui ou pretende criar um site WordPress, em algum momento passará pela necessidade de contratar uma hospedagem para o seu site. Nessa hora, é bastante comum ficar em dúvida sobre o tipo de serviço mais indicado: Hospedagem de site ou hospedagem WordPress.

Em ambos os serviços, a variedade de recursos e de empresas disponíveis pode deixar qualquer especialista confuso sobre qual escolher.

Neste artigo, vou mostrar as principais diferenças entre os dois tipos de hospedagem e tentar ajudá-lo a encontrar a melhor opção para seu site.

Resumo da comparação: hospedagem de sites ou hospedagem WordPress

Se você não quer ler o artigo todo para encontrar uma resposta para o seu dilema, consulte a tabela a seguir. Ela contém um resumo da comparação e exibe as principais diferenças (e semelhanças) entre hospedagem de sites e hospedagem WordPress.

  Hospedagem de sites Hospedagem WordPress
Compatível com Sites e aplicações diversas Apenas sites WordPress
Instalação do WordPress Manual ou via instalador de aplicativos Automática via painel de controle da hospedagem
Atualizações Manuais ou automática (dependendo da empresa) Automáticas, podendo ser manuais, se o cliente desejar
Infraestrutura Padrão Otimizada para WordPress, podendo incluir diferenciais como CDN e outros
Segurança do WordPress Padrão, variando de acordo com a empresa Acima da média, com aspectos específicos do WordPress cobertos
Recursos adicionais Raramente oferece algo além da instalação automática Além dos mencionados acima, pode incluir temas e plugins premium sem custo adicional
Suporte técnico Padrão, geralmente não inclui o WordPress no escopo Inclui o WordPress no escopo, podendo auxiliar na configuração de plugins e temas
Preço Entre os mais baratos do mercado, com planos custando pouco reais mensais Variados, mas geralmente mais caros do que a hospedagem compartilhada
Indicado para Quem quer administrar o WordPress por conta própria e/ou ter um custo baixo na hospedagem Quem não quer lidar com configurações e deseja ter um ambiente otimizado e recursos extras, pagando um pouco mais por isso
Empresas Ver as melhores hospedagens Ver as melhores hospedagens WordPress

Para se aprofundar no tema, continue a leitura e entenda melhor os pontos resumidos na tabela.

O que são: hospedagem de site e hospedagem WordPress

Vamos entender agora o conceito de hospedagem de sites e hospedagem WordPress, para que possamos fazer uma comparação embasada sobre os diversos aspectos e diferenças destas modalidades.

Hospedagem de sites (cpanel ou com painel de controle próprio)

A hospedagem de sites tradicional, também conhecida como hospedagem compartilhada, é a modalidade mais utilizada no mundo. Dentre os fatores que explicam esta popularidade estão o baixo custo e a facilidade de uso. O baixo custo está ligado ao fato de que vários clientes dividem um mesmo servidor (daí o termo “compartilhada”). A facilidade de uso provavelmente se explica pelo esforço que as empresas de hospedagem fazem para tornar este produto viável tanto para leigos quanto para especialistas.

A hospedagem compartilhada pode ser indicada para uma grande variedade de tipos de sites, incluindo os feitos no WordPress. Milhões de sites WordPress estão hospedados atualmente em hospedagens de sites compartilhadas, apresentando, na maioria das vezes, um ótimo desempenho. A verdade é que, se as boas práticas de uso do WordPress forem observadas, o site poderá ficar hospedado por muitos anos em um ambiente como esse.

Existem ainda outros tipos de hospedagem que podem receber o WordPress, como VPS, servidor dedicado e Cloud. Nessas modalidades, o gerenciamento do ambiente é mais complexo e exige mais conhecimento técnico. Além disso, elas são mais robustas do que a hospedagem de sites compartilhada, por isso vou deixá-las de fora deste artigo.

A versão 5.4 do WordPress já teve mais de 50 milhões de downloads
A versão 5.4 do WordPress já teve mais de 50 milhões de downloads – Fonte: WordPress.org

Hospedagem WordPress

De uns anos para cá, atentos ao crescente aumento de popularidade do WordPress, as empresas de hospedagem vêm lançando serviços voltados exclusivamente para a plataforma. Essa nova modalidade de hospedagem oferece diferenciais e vantagens em relação às hospedagens compartilhadas comuns.

Devido à flexibilidade do WordPress e à possibilidade de usá-lo para diversas finalidades, os serviços de hospedagem WordPress acabam se diferenciando bastante entre si. Ao contrário do que ocorre nos serviços de hospedagem de sites tradicional, onde é comum encontrar recursos semelhantes entre diversas empresas.

Dito isso, o que poderia fazer alguém escolher a hospedagem de site ou a hospedagem WordPress? Infelizmente não existe uma única resposta para esta questão e a decisão depende de diversos fatores. Vamos comparar a seguir os principais recursos e diferenciais destas duas modalidades.

Compatibilidade com o WordPress

O primeiro ponto de comparação para escolher entre uma hospedagem normal ou WordPress, é a compatibilidade com a própria plataforma.

Página com as recomendações para instalação do WordPress - Fonte: WordPress.org
Página com as recomendações para instalação do WordPress – Fonte: WordPress.org

Neste quesito, a maioria das empresas que oferece planos de hospedagem de sites compartilhada possuem um ambiente compatível com o WordPress. Alguns recursos, no entanto, podem não estar disponíveis para customização, como por exemplo a versão mais recente do PHP (no momento, a 7.4). Contudo, em muitos casos isso não chega a ser um problema, mas pode significar um desempenho inferior ao que teríamos com o mesmo site caso ele estivesse instalado em uma hospedagem WordPress.

Vale ressaltar que isso não impede a instalação e o uso do WordPress em hospedagens compartilhadas, o que aliás é a ocorrência mais comum.

captura de tela do painel de diagnóstico do WordPress
Em hospedagens compartilhadas tradicionais, pode não ser possível encontrar um ambiente completamente otimizado para o WordPress – Imagem: captura de tela do painel do WordPress

Já nas empresas que oferecem planos de hospedagem WordPress, como era de se esperar, a compatibilidade com o sistema é total e costuma incluir todos os módulos extras recomendados pelo WordPress, como o servidor web Apache ou o NGINX. Isso se explica pelo fato do produto em si ter sido criado para hospedar exclusivamente sites criados com o WordPress. Por isso, ao contratar uma empresa que oferece um serviço de hospedagem WordPress, podemos ter certeza de que a compatibilidade será de 100%.

Instalação do WordPress

A instalação do WordPress é o primeiro passo para criar um site com a plataforma. Vamos ver como esse procedimento é abordado nas hospedagens de sites comuns e nas hospedagens WordPress.

Em hospedagens de sites compartilhadas, o WordPress pode ser instalado através de um processo automatizado (na maior parte das empresas) ou manualmente. O procedimento é feito através de instaladores disponíveis no painel de controle da hospedagem. Empresas que utilizam o cPanel, por exemplo, podem oferecer o Softaculous ou o Installatron, dois instaladores automáticos que podem ser acoplados ao cPanel. Nas empresas que não utilizam o cPanel, da mesma forma, encontra-se uma opção para instalação automática do WordPress.

Caso queira saber como funciona o processo, leia nosso artigo sobre como instalar o WordPress na HostGator usando o Softaculous.

Durante a instalação do WordPress, pode-se optar pela realização ou não de atualizações automáticas do WordPress, temas e plugins. A disponibilidade desta opção depende do painel de controle utilizado e do instalador automático da empresa em questão.

O instalador automático Softaculous é um complemento do cPanel presente em muitas empresas que oferecem o painel
O instalador automático Softaculous é um complemento do cPanel presente em muitas empresas que oferecem o painel

Em hospedagens WordPress, a instalação do sistema é geralmente tratada de maneira mais amigável. Em muitos casos, o cliente apenas informa os dados para a criação de um novo site (ex.: nome do site e domínio) e a instalação é realizada em plano de fundo. Este processo costuma ser mais amigável porque, enquanto em hospedagens compartilhadas o instalador precisa estar preparado para instalar e configurar dezenas ou centenas de aplicações, em hospedagens WordPress o painel é voltado para facilitar a experiência única e exclusiva que é a de manter um site WordPress. Em alguns casos o WordPress é instalado enquanto o cliente está acessando pela primeira vez a sua conta — ou ao solicitar a criação de um segundo site.

Na Kinsta, ao adicionar um novo site no painel, o WordPress é instalado automaticamente - Imagem: Kinsta
Na Kinsta, ao adicionar um novo site no painel, o WordPress é instalado automaticamente – Imagem: Kinsta

Atualizações automáticas

Por ser um sistema moderno e que se mantém em constante evolução, o WordPress e seus complementos recebem melhorias constantes, através de atualizações

Basicamente, 4 tipos de atualizações podem ocorrer:

  • Núcleo (core) – são as atualizações de versão do WordPress, que por sua vez são divididas em:
    • Versão
    • Segurança
  • Plugins
  • Temas
  • Traduções

Todas as atualizações listadas a seguir podem ser feitas por dentro do painel do WordPress, em qualquer tipo de instalação. No entanto, antes de atualizar tudo, é fundamental conhecer algumas implicações. Por ser um sistema versátil e com colaboradores independentes, podem ocorrer problemas durante uma atualização do WordPress, como uma incompatibilidade entre a nova versão do WordPress e determinado plugin.

Por conta desse risco, recomenda-se que se faça um backup — dos arquivos e do banco de dados — antes de realizar qualquer atualização. O procedimento em si pode ser demasiadamente técnico para alguns. É nessa hora que os sistemas de atualização automática se destacam.

Considerando que existe algum risco envolvido em simplesmente pressionar o botão “atualizar” do seu WordPress, os sistemas de atualização automática devem tomar algumas precauções para evitar problemas.

Em uma hospedagem especializada em WordPress, é comum encontrar um sistema de backup eficiente e também um sistema de controle de versão. O sistema de backup funciona como uma espécie de colete salva-vidas, sendo fundamental para recuperar estados anteriores do site, em caso de incidentes. Já o sistema de controle de versão permite visualizar e recuperar versões anteriores do site (pré-atualização ou antes da alteração de conteúdos) de maneira fácil e rápida. Também é comum encontrar hospedagens WordPress que oferecem uma área de testes (também chamada de staging), que permite testar alterações no site antes de publicá-las. Dentre as alterações que podem ser testadas estão as atualizações de plugins, temas e do próprio WordPress.

A hospedagem WordPress da Kinsta oferece a criação de ambientes de teste pelo painel de controle - Imagem: Kinsta
A hospedagem WordPress da Kinsta oferece a criação de ambientes de teste pelo painel de controle – Imagem: Kinsta

Em hospedagens de sites comuns nem sempre a possibilidade de testar alterações está disponível (raramente está). E o pior: o sistema de backups pode não ser tão frequente e acessível quanto o necessário para evitar incidentes como os descritos aqui. Em algumas hospedagens, é comum ter que solicitar a restauração de um backup via suporte, o que pode ter um custo extra para ser realizado.

As atualizações automáticas do SiteGround podem ser configuradas facilmente e o sistema de recuperação de versões anteriores é extremamente fácil de usar - Imagem: captura de tela do painel SiteGround
As atualizações automáticas do SiteGround podem ser configuradas facilmente e o sistema de recuperação de versões anteriores é extremamente fácil de usar – Imagem: captura de tela do painel SiteGround

Portanto, ao escolher entre uma hospedagem WordPress ou hospedagem comum, fique atento a esta questão, especialmente se você não possui um background técnico e não deseja ter que lidar com configurações um pouco mais complexas.

Infraestrutura e desempenho da hospedagem de site e hospedagem WordPress

O quesito infraestrutura diz respeito ao ambiente onde o site está hospedado, indo desde as tecnologias utilizadas no data center até as características do servidor em questão, como softwares, processador, memória, tecnologia de armazenamento, entre outros. Como era de se esperar, pode haver diferenças significativas entre uma hospedagem de sites e uma hospedagem WordPress especializada.

Uma das promessas da hospedagem WordPress é oferecer um desempenho superior ao de uma hospedagem comum. Isso é feito com investimentos tanto em equipamentos (hardware) quanto em sistemas (software).

Do ponto de vista do hardware, as melhores opções de hospedagem WordPress oferecem armazenamento em discos SSD, que são mais rápidos do que os tradicionais HDs. Máquinas mais potentes e com menos clientes por servidor também são alguns dos diferenciais oferecidos.

Do ponto de vista dos softwares, as hospedagens WordPress especializadas costumam levar vantagem sob diversos aspectos. A começar pelo fato de que o servidor não precisa estar preparado para receber aplicações diferentes do WordPress, o que pode eliminar a necessidade de softwares e serviços adicionais, presentes em hospedagens de sites tradicionais. Dessa forma, o servidor web pode ser configurado para conter a melhor configuração possível para o WordPress.

Frequentemente, em hospedagens WordPress, encontramos:

  • A versão mais recente e recomendada do PHP;
  • Sistema de cache/proxy reverso (ex.: NGINX);
  • CDN (rede de distribuição de conteúdo);
  • Acesso e gerenciamento disponível via terminal (via SSH e WP-CLI);
  • Entre outros.
A Kinsta oferece diversos diferenciais em sua infraestrutura, que utiliza os data centers da Google Cloud Platform - Imagem: Kinsta
A Kinsta oferece diversos diferenciais em sua infraestrutura, que utiliza os data centers da Google Cloud Platform – Imagem: Kinsta

Se você tem em mente que o desempenho é um fator preponderante para o seu projeto, leve este aspecto em consideração e avalie as opções disponíveis entre uma hospedagem de site ou hospedagem WordPress.

Recursos de segurança

Assim como em qualquer sistema disponível na internet, o WordPress também está suscetível a ataques, invasões e outras ameaças virtuais de segurança. O repositório oficial da plataforma mantém uma lista de itens que devem ser observados e que inclui recomendações para manter o WordPress seguro. Ler esta lista pode causar uma certa ansiedade para aqueles que estão começando na área.

Mas não entre em pânico! Apesar da lista incluir recomendações para usuários de todos os níveis, ela se destina principalmente a usuários avançados, desenvolvedores de temas e plugins e administradores de ambientes de hospedagem. Os ambientes de hospedagem, de modo geral, cuidam de alguns destes aspectos para você, mas não todos.

Dentre os elementos que podem conter alguma vulnerabilidade no WordPress, podemos citar:

  • Temas;
  • Plugins;
  • Versões desatualizadas do WordPress, temas e plugins;
  • Senhas fracas;
  • Permissões de arquivos e pastas incorretas;
  • Servidor de hospedagem com brechas de segurança;
  • Entre outros.

Diante disso, fica claro que é necessário dar algum nível de atenção às questões de segurança do WordPress, mesmo para os usuários mais leigos.

Nesse quesito, pode fazer bastante diferença contratar um serviço de hospedagem para WordPress que já inclua proteção para diversos dos aspectos recomendados de segurança.

Em geral, as hospedagens tradicionais oferecem algum nível de segurança no nível do servidor. Em alguns casos, os instaladores automáticos também fazem uma parte do trabalho ao definir permissões de arquivos e pastas recomendadas, segurança do banco de dados, entre outras. Mas estas ações podem não ser suficientes para garantir um nível de segurança satisfatório.

Nesse ponto, mais uma vez as hospedagens especializadas no WordPress levam vantagem. A maioria delas inclui itens de segurança que vão muito além do oferecido nas hospedagens tradicionais. Indo desde as atualizações automáticas de temas e plugins até a varredura periódica do site em busca de invasões — e recuperação de versões anteriores, caso necessário.

Independente da escolha entre uma hospedagem comum ou hospedagem WordPress, o usuário tem o seu papel na manutenção da segurança, começando por usar senhas fortes e por manter o sistema atualizado.

Recursos adicionais para o WordPress

Em um mercado competitivo, é comum que exista uma corrida entre as empresas, que buscam se diferenciar de seus concorrentes e obter vantagens competitivas. Nesse cenário, quem se beneficia, na maior parte das vezes, é o cliente, que tem à sua disposição serviços cada vez melhores e com mais recursos.

Quando falamos da escolha entre hospedagem de site ou hospedagem WordPress o princípio é o mesmo. Podemos encontrar diferenciais nas duas modalidades de serviço, cabendo ao cliente levar isso em consideração na hora de escolher uma opção.

Além dos diversos diferenciais citados ao longo deste artigo, as hospedagens WordPress ainda oferecem frequentemente outros recursos em seus planos. Dentre eles, podemos citar principalmente:

  • Temas premium gratuitos (em outros cenários, deve-se pagar pelo uso de temas premium).
  • Plugins premium gratuitos (da mesma forma, esta categoria de plugin é geralmente paga à parte).
  • Além dos já mencionados ao longo do artigo, como backups, CDN, controle de versão etc.

Para mencionar alguns exemplos deste tipo de extra, a hospedagem WordPress da DreamHost, batizada de DreamPress, oferece a assinatura do JetPack Pro, que custaria US$ 299 por ano, gratuitamente no plano. A hospedagem WordPress da HostGator inclui gratuitamente CDN, varredura diária e versionamento do site com poucos cliques. A hospedagem WordPress da GoDaddy inclui acesso a milhares de temas e plugins gratuitos com o plano.

Suporte técnico para o WordPress

O suporte técnico é um aspecto importante a ser considerado antes de se contratar qualquer serviço relacionado à hospedagem de sites. Dentre as empresas, os canais de suporte e o escopo (abrangência de assuntos) podem variar bastante. Enquanto algumas empresas oferecem um suporte limitado e focado na “autoajuda” e com atendimento humano limitado, outras vão além e podem incluir até mesmo a configuração de plugins e temas.

Ao optar por uma hospedagem de sites ou hospedagem WordPress, o usuário deve procurar saber qual o nível de suporte oferecido pela empresa. Até mesmo usuários mais experientes eventualmente podem precisar de suporte técnico.

Em hospedagens especializadas no WordPress, é mais comum encontrar suporte que cobre detalhes não contemplados nos planos tradicionais. Por exemplo, em empresas como a WP Engine ou a Kinsta, que fornecem apenas serviços relacionados ao WordPress, o escopo do suporte inclui as configurações do WordPress, o que geralmente não é coberto nas hospedagens compartilhadas mais populares do mercado.

Vale lembrar que esta “dedicação extra” tem um preço. Portanto, as empresas que oferecem um suporte técnico mais abrangente geralmente também são as que cobram mais caro pelo serviço. Se o custo não for um problema, então pode valer a pena pagar mais em troca de tranquilidade. Se este não for o caso, um pouco mais de esforço pode ser necessário, por parte do cliente, para resolver problemas de configuração pontuais.

Preços da hospedagem WordPress x hospedagem comum

Como ocorre geralmente na prestação de serviços, mais recursos se traduzem em custos maiores. Portanto, pode-se imaginar que uma hospedagem WordPress possui um custo mais elevado quando comparado com uma hospedagem compartilhada. Isso ocorre, de fato, mas não é uma regra. A verdade é que, assim como ocorre na hospedagem compartilhada, existem opções para todos os tamanhos.

Vamos analisar algumas das principais opções em ambas as modalidades de hospedagem.

Hospedagem de sites

A hospedagem de sites compartilhada está entre os serviços mais baratos do segmento. A alta competitividade no setor mantém os preços baixos.

Falando de custo-benefício (qualidade a um preço justo), a HostGator está entre as melhores opções, com plano de entrada por menos de R$ 10. A Locaweb e a GoDaddy não ficam para trás e oferecem planos de entrada com preços semelhantes.

Dentre as opções mais baratas estão a Hostinger e a WebLink, que pertencem ao mesmo grupo, permitem a contratação de um plano por menos de R$ 5 por mês.Se você está inclinado a contratar um serviço nesta modalidade, vale ficar atento aos detalhes e diferenciais de cada empresa, já que os preços são bem semelhantes. Para ajudá-lo, consulte nosso comparativo mensal da melhor hospedagem de site.

Quer conhecer a melhor hospedagem para o seu site? Acesse o ranking e encontre a melhor opção. Ver ranking.

Hospedagem WordPress

Falando das opções mais baratas, pode-se contratar um serviço de hospedagem para WordPress por menos de R$ 10 mensais, por exemplo na HostGator ou na GoDaddy. São serviços com ótimo custo-benefício, voltados para quem deseja os diferenciais de uma hospedagem WordPress, mas não está disposto a pagar tanto pelo serviço.

Entre as opções internacionais, duas ótimas empresas são a SiteGround e a DreamHost. As duas são recomendadas pelo WordPress.org, repositório oficial do CMS. Ambas acabam sendo opções um pouco mais caras do que as nacionais, principalmente devido à desvalorização do real frente ao dólar. Ainda assim, são ótimas opções no quesito qualidade e custo-benefício.

Dentre os planos mais robustos, podemos mencionar a Kinsta, a Media Temple e a WP Engine. Com preços acima dos 20 dólares mensais, todas oferecem um serviço acima da média. Recomendado para aqueles que possuem negócios online que dependem 100% da disponibilidade e bom desempenho do WordPress, como lojas online e blogs de alto tráfego.Para saber mais, consulte nosso comparativo mensal da melhor hospedagem WordPress.

Quer conhecer a melhor hospedagem WordPress para você? Acesse o ranking e encontre a melhor opção. Ver ranking.

Afinal, qual é a melhor: hospedagem de site ou hospedagem WordPress?

Se você chegou até aqui, é provável que já tenha uma ideia do tipo de hospedagem que deseja contratar para o seu WordPress. Mas se ainda tem alguma dúvida ou deseja confirmar a sua escolha, confira o resumo abaixo da indicação de cada modalidade.

Contrate uma hospedagem compartilhada se você está disposto a:

  • Instalar e atualizar o WordPress por conta própria;
  • Configurar itens essenciais, como SSL / HTTPS;
  • Configurar manualmente alguns recursos, como cache e CDN;
  • Pagar pouco pela hospedagem (e ainda assim ter um serviço de qualidade).

Contrate uma hospedagem WordPress se você quer:

  • Instalação automática do WordPress;
  • Atualizações automáticas de versão do WordPress, temas e plugins;
  • Backups frequentes (sem ter que configurar nada);
  • Possibilidade de testar alterações antes de publicá-las;
  • Recursos extras de segurança, como proteção à malware (sem ter que configurar nada);
  • Um serviço diferenciado, mesmo que seja preciso pagar um pouco mais.

Como podemos concluir, a hospedagem WordPress traz, por padrão, diversos recursos extras, o que beneficia tanto leigos quanto usuários avançados. Por outro lado, paga-se mais caro por esse serviço, o que pode desencorajar alguns e estimular a realização de configurações e otimizações por conta própria.

Para aqueles que desejam se preocupar apenas com a escrita e deixar o restante para os especialistas, no entanto, não há dúvidas de que a hospedagem WordPress pode ser uma ótima opção.

Aproveite para conhecer os melhores planos de hospedagem especializados para WordPress em nosso ranking.

Tags: ,

Por:

Designer, desenvolvedor web, músico — e um dos fundadores do Tudo Sobre Hospedagem de Sites. Desde 2010 vem atuando na área de hospedagem de sites, tendo ajudado centenas de pessoas a encontrarem as melhores soluções para seus projetos online. É um entusiasta do WordPress e acredita que a Internet pode transformar a vida das pessoas através do conhecimento. Desde 2013 compartilha sua experiência sobre hospedagem e criação de sites no TSHS. É responsável pela área de infraestrutura e desenvolvimento do site e autor dos artigos e tutoriais técnicos do blog.

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados. Então, seu comentário não será exibido imediatamente após o envio.
Mas fique tranquilo(a), porque ele será respondido em breve. 😉