Revenda de Hospedagem: o que é, como funciona e como contratar a sua

revenda-de-hospedagem-topo

Tipo: Revenda de Hospedagem
Custo: a partir de R$ 30, podendo chegar a mais de R$ 200/mês
Indicado para: profissionais que desejam abrir sua própria empresa de hospedagem ou agências que desejam expandir seus serviços
Nível de dificuldade: regular (é preciso ter familiaridade com o assunto ou desejar aprender)
Avaliação geral: investimento e risco baixos, com chance de retorno rápido
Onde contratar: conheça as empresas que oferecem Revenda de Hospedagem

O que é a Revenda de Hospedagem?

A revenda de hospedagem é um serviço que permite que qualquer pessoa tenha sua própria empresa de hospedagem, sem ter de investir em equipamentos ou servidores, apenas comercializando os serviços da empresa detentora da hospedagem. A hospedagem é fornecida pela empresa, mas tem a sua marca, fortalecendo assim o seu relacionamento com os seus clientes.

revenda de hospedagemEm outras palavras, podemos dizer que neste plano os recursos de espaço em disco e tráfego contratados são usados para hospedar sites de terceiros, neste caso, dos seus clientes. O revendedor atua como um intermediário, comprando os serviços de hospedagem de uma empresa e revendendo para seus clientes, normalmente com o objetivo de obter lucro.

Este plano costuma ser oferecido por grandes empresas de hospedagem, cujos clientes se tornam revendedores de hospedagem a outras empresas, normalmente em conjunto com serviços de web design e gerenciamento. Por exemplo, imagine que você é um web designer ou agência web e possui clientes interessados em construir um site. A revenda te permite oferecer, em conjunto com a criação do site, a hospedagem e manutenção. Você então utiliza a infraestrutura de uma grande empresa de hospedagem, que faz todo o resto: gerenciamento do servidor, upgrades, balanceamento de carga etc., enquanto você foca nas vendas e no crescimento do negócio.

Geralmente, as empresas utilizam a mesma estrutura da hospedagem compartilhada para os planos de revenda. No entanto, para ter mais poder e controle, também é possível utilizar uma revenda em planos como servidor VPS, cloud e servidor dedicado, desde que permitido pela empresa de hospedagem.

Para quem a Revenda é indicada?

Montar uma revenda de hospedagem pode ser uma ótima opção para aqueles que desejam ter o seu próprio negócio online. Quando comparado com um negócio físico, o investimento em uma revenda de hospedagem é baixo e permite que se obtenha retorno rapidamente, se a estratégia de divulgação e oferta de serviços for convincente.

Como todos os recursos que você precisa para ter a sua revenda são virtuais, não há gastos com o aluguel de uma loja, por exemplo, muito menos com mercadorias físicas. Naturalmente, você terá algumas despesas, sendo a principal delas o serviço de hospedagem que você irá revender.

Veja abaixo para quem mais a revenda de hospedagem é indicada:

  • Pessoas que estejam interessadas em ter sua própria empresa de hospedagem de sites, sem ter que lidar com o trabalho de gerenciamento e custos de manutenção de servidores.
  • Agências web ou prestadores de serviço na internet, que gostariam de adicionar uma receita extra com a venda de planos de hospedagem aos seus clientes.
  • Web designers e desenvolvedores que desejam hospedar seus clientes em painéis de controle separados, mas que não precisam dos recursos de um VPS ou dedicado.
  • Pessoas que têm mais de um site e desejam ajustar os recursos de espaço em disco e tráfego de acordo com cada site e gerenciar todos os sites através de um painel de controle apenas.

Como funciona uma Revenda de Hospedagem

As empresas oferecem diversos planos de revenda, com recursos de espaço em disco e tráfego que variam conforme o plano.  No entanto, há recursos que costumam estar incluídos em todos os planos. São eles:

  • Possibilidade de customização da revenda, de modo que apareça apenas a sua marca. Pelo painel de controle você pode inserir o nome da sua empresa e marca nas faturas que emite aos seus clientes, dando ao negócio uma aparência profissional.
  • Possibilidade de gerenciar os seus planos e configurar diferentes contas de acordo com as suas necessidades.
  • Conta de revenda de domínios, que permite que você ofereça registro de domínios aos seus clientes.
  • Possibilidade de oferecer aos seus clientes as mesmas ferramentas que a empresa principal oferece, como e-mail, painel de controle, scripts adicionais (instalador automático) e ferramentas de monitoramento.

Além disso, os itens abaixo estão incluídos gratuitamente em planos de revenda:

  • Suporte gratuito
  • WHMCS gratuito (ferramenta de gerenciamento de clientes, financeiro e suporte ao cliente), para as revendas em Linux.
  • WHM e cPanel ou outro painel (painel de controle para gerenciamento da hospedagem e dos sites dos clientes), para as revendas em Linux. Nas revendas Windows, o painel de controle é o Plesk.

Na revenda de hospedagem, seu trabalho é basicamente oferecer suporte aos seus clientes, para situações simples, como perda de senha ou alguma configuração no cPanel. Para casos mais técnicos, o revendedor pode abrir um chamado com a empresa de hospedagem e fazer a intermediação entre a empresa e o cliente dele.

Vantagens da Revenda de Hospedagem

Conforme já falamos neste artigo, a revenda de hospedagem possui várias vantagens, como:

  • Viabilidade de criar sua própria empresa de hospedagem, que poderá ser uma boa fonte de renda e um complemento do seu negócio atual.
  • É possível começar com um investimento baixo, o que também reduz o risco do negócio.
  • Possibilidade de oferecer planos de hospedagem customizados aos seus clientes.
  • Permite utilizar a sua própria marca, mesmo revendendo a hospedagem de outra empresa.
  • Criação de painéis de controle independentes para cada um de seus clientes.

Desvantagens de uma Revenda de Hospedagem

Como todos os tipos de hospedagem, a revenda também dá trabalho e possui pontos fracos:

  • Se há problemas na revenda ou ela sai do ar com frequência, o dono da revenda perde credibilidade com seus clientes.
  • Se o revendedor decidir mudar de empresa de hospedagem, há uma inconveniência tanto para o revendedor como para os seus clientes, que terão que lidar com essa mudança.
  • Revendedores precisam esperar pela empresa de hospedagem para corrigir erros ou problemas dos quais eles não têm acesso.
  • Você precisa estar disponível para atender e ajudar os seus clientes com solicitações de suporte.
  • Como revendedor, você não tem influência nenhuma no seu provedor de hospedagem, no entanto, você depende dele.
  • Você precisará ser muito organizado com a administração das contas, finanças e backups.

Quais recursos buscar em uma Revenda de Hospedagem

Espaço em Disco

O espaço em disco disponibilizado pela empresa de revenda é um dos itens mais importantes a se avaliar, pois poderá afetar diretamente o crescimento do seu negócio. A quantidade de espaço em disco afetará o número de contas (clientes) que você poderá revender. Além disso, a medida que o número de clientes crescer, você terá que provisionar mais espaço em disco para poder alocar novos clientes.

Tráfego

tráfego diz respeito à quantidade de dados trocados entre os computadores que acessam o seu site e o servidor onde o site está hospedado. Isso poderá ter um impacto significativo dependendo do tipo de cliente que você tiver em sua revenda de hospedagem. Se você hospedar sites institucionais, com tráfego baixo ou médio, não terá problemas com essa questão. Mas é bom ficar atento a clientes que possuem lojas virtuais ou blogs com muito tráfego, pois eles poderão afetar os demais clientes de sua revenda, se o uso for abusivo.

Localização do Data Center

Muitas empresas possuem data centers fora do Brasil. Isso não será um problema, caso os servidores estejam na América do Norte, pois a diferença no tempo de resposta é quase imperceptível para o usuário comum. Para se ter uma ideia, um servidor localizado no Brasil responde em menos de 50 milissegundos, se estiver funcionando normalmente. Já um servidor nos Estados Unidos responde em menos de 250 milissegundos. A diferença pode até parecer grande quando comparada lado a lado, mas estamos falando de frações de segundo, o que é bem pouco para a percepção humana.

Você deverá ficara atento se o data center estiver na Europa ou na Ásia. Nesse caso, o tempo de resposta poderá ser bem maior e talvez seja melhor evitar a contratação do serviço.

Uma dica: data centers nos Estados Unidos têm um custo de manutenção muito mais baixo do que um data center no Brasil, portanto, geralmente as revendas com servidores nos EUA possuem preços mais competitivos do que as com servidores aqui no Brasil. No entanto, com a subida do dólar, essa diferença tende a ser menor.

Disponibilidade (uptime do servidor)

Esse item diz respeito à quantidade de tempo que o serviço contratado ficará disponível, isto é, acessível para você e para seus clientes. Verifique se a revenda de hospedagem que você pretende contratar oferece um Uptime (tempo de disponibilidade do servidor no ar) superior a 99%. Muitas delas oferecem reembolso proporcional, caso esse acordo de disponibilidade não seja cumprido.

Suporte 24 horas

Você provavelmente prestará algum tipo de suporte técnico para o seu cliente, por isso, é muito importante que a empresa de hospedagem na qual você está revendendo o serviço possa te dar suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana. Afinal, qualquer atraso na resposta a uma solicitação do seu cliente poderá prejudicar a reputação da sua empresa, não é mesmo?

Certifique-se, portanto, que a empresa que você pretende contratar oferece um suporte técnico de qualidade. As melhores empresas oferecem suporte por telefone, chat e e-mail (ticket). Verifique também se o suporte é em português, caso você não fale inglês.

Como escolher a melhor Revenda de Hospedagem

Escolher a melhor revenda de hospedagem é fundamental para o sucesso da sua empresa de hospedagem, principalmente no início, onde você dependerá bastante da propaganda boca-a-boca, aquela feita por seus clientes mais satisfeitos. Ao contratar uma revenda de hospedagem, você precisa garantir que o site de seus clientes estará sempre no ar e terá um bom desempenho dentro do plano que contratou. Um único cliente insatisfeito pode ser bastante prejudicial para a sua empresa, principalmente nos dias de hoje, onde as redes sociais amplificam cada vez mais a voz do consumidor.

O mais importante na hora de escolher um plano de revenda de hospedagem é saber avaliar o que você precisa e o que deseja oferecer aos seus futuros clientes. Veja abaixo os critérios que devemos observar para escolher a melhor revenda de hospedagem.

Critérios para buscar em uma revenda de hospedagem:

  • Servidores Revenda de HospedagemProcure uma empresa de hospedagem com experiência no ramo. Tenha certeza de que se trata de uma empresa sólida, com seus próprios servidores (e não um revendedor de hospedagem).
  • Verifique se os planos de revenda são compatíveis com os principais CMSs usados atualmente. Muitos clientes vão contratar seu serviço para instalar o WordPress, Magento e outras ferramentas open source populares.
  • Certifique-se de que você poderá revender domínios em seu plano de revenda. Seus futuros clientes podem não lidar muito bem com a necessidade de registrar um domínio em outra empresa e apontar o DNS para a sua hospedagem. Muitos preferem fazer tudo em um único lugar.
  • Decida se você prefere ter uma revenda Linux ou Windows. Existem diferenças significativas entre revendas de hospedagem nessas linguagens, que vão desde o painel de administração até o tipo de aplicação compatível com o serviço. Resumidamente, uma hospedagem Linux é indicada para a maioria das aplicações (sites estáticos e CMSs open source, como o WordPress), já o Windows é indicado para linguagens proprietárias da Microsoft, como asp e .NET.
  • Analise o portfólio de produtos oferecido pela empresa dentro do plano de revenda. Busque por produtos que simplifiquem o processo de publicação e administração de um site. Por exemplo: a empresa oferece um plano de Criador de Sites dentro do plano de revenda? Esse tipo de ferramenta funciona como um trunfo na hora de convencer o seu cliente potencial a contratar sua empresa.
  • É importante também verificar o painel de controle que será disponibilizado para você e para o seu cliente. Em revendas Linux, muitas empresas oferecem o cPanel, para o painel do cliente, e o WHM, para o painel de administração da hospedagem. Nele, é possível customizar o painel com a sua própria marca. Em revendas Windows, geralmente o painel de controle é o Plesk.
  • Verifique o limite de contas de e-mail por cliente. O seu cliente poderá querer criar muitas contas de e-mail sob um único domínio, por isso é importante saber até onde você poderá ir nessa questão.

Se você já possui uma revenda e pretende trocar de empresa, é muito importante saber se a nova empresa que você pretende contratar possui o serviço de migração de revenda, ou pelo menos fornece suporte para tal. Problemas inesperados poderão surgir durante a migração de contas de cliente e um bom suporte fará bastante diferença nesse momento.

Considere os tópicos acima como um checklist inicial, para ajudá-lo a escolher a melhor revenda de hospedagem. Outras questões técnicas precisarão ser analisadas também, como veremos a seguir. Veja aqui as empresas que mais se destacam no Brasil e saiba também o que levar em consideração na hora de decidir qual revenda escolher.

Ranking: Melhor Revenda de Hospedagem 2017

Muitas são as empresas que oferecem revenda de hospedagem no Brasil e no mundo. No entanto, algumas delas se destacam. Veja quais são as melhores revendas de hospedagem: 

#EmpresaDestaquePreço*Espaço
em disco
TráfegoE-mailLink
1HostGatorUma das maiores
empresas de hospedagem
de sites do mundo
visitar site
51,9950 GB500 GBContas
ilimitadas
Visitar
2UOLHostServidores
no Brasil e nos EUA
visitar site
49,9075 GBIlimitadoContas
ilimitadas
Visitar
3KingHostEmpresa brasileira
com servidores no
Brasil e EUA
visitar site
83,4242 GBIlimitadoContas
ilimitadas
Visitar
4LocaWebPrimeira empresa
de hospedagem no Brasil
visitar site
31,9060 GBIlimitadoContas
ilimitadas
Visitar

Conclusão

Como podemos ver, algumas questões importantes precisam ser consideradas na hora de escolher a melhor revenda de hospedagem. Avalie essas questões meticulosamente e comece já o seu próprio negócio online!


14 Comentários

  1. Marta Valéria

    Como faço a divulgação para encontrar clientes para minha empresa de revenda de hospedagem, digo online e offline?

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Marta!
      Assim como em todo negócio, existem muitas formas de divulgar a sua revenda de hospedagem. O que você irá fazer, no entanto, dependerá de diversos fatores, incluindo o momento da sua empresa, os recursos disponíveis (humanos e financeiros) e o seu objetivo, apenas para citar alguns. Penso que o primeiro passo é conhecer bem o mercado — incluindo concorrentes e clientes —, e então traçar uma estratégia para alcançar o seu objetivo.
      De forma bem simplificada, tente se colocar no lugar do cliente que está tentando alcançar. Se você fosse esta pessoa, o que te faria se interessar por essa empresa de hospedagem? E de que forma?
      Seria através de um anúncio, um artigo, uma ação em parceria com uma empresa local? As possibilidades são quase infinitas. Uma vez listadas as ideias, analise quais têm potencial de maior retorno com o menor investimento. Todo negócio possui limitações de recursos, então é preciso fazer as escolhas certas.
      Outra recomendação é que pesquise e se aprofunde em marketing, para conhecer melhor as possibilidades. Deixo aqui alguns artigos bem interessantes para começar:
      https://resultadosdigitais.com.br/marketing-digital/
      https://marketingdeconteudo.com/marketing-digital/
      https://neilpatel.com/br/como-fazer-marketing-digital-o-guia-passo-a-passo/
      Boa sorte e sucesso com a sua revenda! 🙂

      Responder
  2. Bianca

    Olá, adquiri ontem uma revenda de hospedagens, pois tenho 3 sites meus para colocar lá, achei que era fácil de operar, mas não é, acho que tem que ter conhecimento de programação para isso. Até agora não consegui migrar nenhum site. Abri um chamado, mas eles ainda não responderam. Estou com muita dificuldade.

    Responder
    • Redação
      Equipe Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Bianca!
      A maior parte das empresas oferece artigos de documentação/ajuda para orientar os clientes da Revenda sobre como utilizar o serviço. Acredito que a melhor atitude nesse momento é esta mesmo que tomou: de abrir um chamado e solicitar ajuda.
      Se pudermos ajudar com mais alguma informação, basta entrar em contato.
      Abraços.

      Responder
  3. Joao Victor

    Para abrir uma revenda de dominios e hospedagem que tipo de empresa deve ser registrada ?
    e necessário emitir nota fiscal destes produtos ?

    Parabéns pela matéria, excelente produção;

    Responder
    • Redação
      Equipe Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, João Victor!
      Estas questões não são nossa especialidade, mas vamos tentar te ajudar. 🙂
      De acordo com o CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas), a atividade de hospedagem está dentro do grupo 631 (tratamento de dados, hospedagem na internet e outras atividades relacionadas). Para ver mais detalhes, acesse esta página.
      Assim como toda empresa, para revenda também é necessário emitir uma nota fiscal ou uma fatura, pois existe uma prestação de serviço. Um contador poderá te orientar melhor sobre isso.
      Espero ter ajudado. Se tiver outras dúvidas, basta entrar em contato!
      Um abraço e boa sorte.

      Responder
  4. Marcia

    Boa noite, acabei de contratar um rapaz para criar um site p mim
    Ele me cobrou 3 mil reais para criar ficou bacana
    Só que ele diz que eu tenho que pagar 150 reais por mês de hospedagem pois o programa que ele usa é caro e não é compartilhado
    Estou sem saber oque fazer pois eu não sabia que teria que pagar esse valor mensal que por sinal achei alto
    Será que é verdade ? Que a plataforma dele e cara mesmo e existe isso
    Essa plataforma que ele usa realmente me faz ter uma tarifa alta dessa
    Meu site foi criado pela redehost

    Responder
    • Redação
      Equipe Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Oi, Marcia. Boa tarde!

      O serviço de hospedagem de sites costuma ser contratado separadamente, não tendo vínculo com a criação do site. Se a pessoa que criou o seu site também fornece a hospedagem, você deveria ter sido informada previamente e então optar pela contratação ou não desse serviço. Salvo raras exceções, em que a plataforma é proprietária (ex: criadores de sites como o Wix), como dona do site você tem liberdade para usar e hospedar o seu site como quiser. Não sei como o seu site foi criado, mas se tiver usado uma plataforma como o WordPress, em teoria ele é sua propriedade e pode ser hospedado em qualquer empresa de hospedagem no mercado.

      Em relação ao valor, a mensalidade de 150 reais é bem alta se o serviço for apenas a hospedagem do site. A não ser que o seu site seja robusto e precise de um VPS, Cloud ou dedicado, sua hospedagem deveria custar entre R$ 15 e R$ 50 mensais. Caso inclua manutenção e atualização do site, então o valor é razoável, pois envolve o trabalho de um especialista.

      Sobre a plataforma (ou programa) ter um custo alto, é difícil avaliar, pois não tenho informações suficientes. Mas posso dizer que um site comum (como de um negócio local ou uma pequena empresa) não costuma ter um custo alto de manutenção. O maior investimento costuma ser a criação do site, que você já pagou. Uma possibilidade para essa hospedagem ser cara é o seu fornecedor ter um servidor dedicado, que custa mais de R$ 500 mensais, e dividir esse custo entre os clientes hospedados no servidor. Ou ainda, ele ter contratado uma hospedagem mais robusta somente para o seu site. Difícil saber sem mais detalhes.

      Por último, sobre a Rede Host, ela é uma empresa de registro de domínio e hospedagem de sites. Até onde sei, eles não criam sites.

      Minha recomendação é que você procure se aprofundar sobre o que está incluído neste serviço de hospedagem e então negocie uma condição melhor, caso considere que o valor não é compatível com o que está sendo oferecido. Caso não tenha sucesso, que procure saber qual flexibilidade você possui para hospedar em outra empresa, que não a dele.

      Espero que as sugestões deem certo. Qualquer outra dúvida é só comentar. Boa sorte! 🙂

      Responder
  5. Marlon

    Gostaria de parabenizar o(s) administrador do site pelo ótimo trabalho e ajuda, a forma que você(s) explicam deixa tudo bem claro de forma que dá pra entender tudo. Parabéns!

    Responder
    • Redação
      Equipe Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Obrigado, Marlon!
      Ficamos felizes com o feedback! 😀

      Responder
  6. Priscila

    olá, muito interessante seu site, mas me tire uma duvida estou em duvidas em algumas empresas, quero revender hospedagem para sites de empresas, loja virtual, e meu maior forte é sistemas web. qual me recomendaria. Obrigado

    Responder
    • Redação
      Equipe Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Priscila!
      O primeiro passo para escolher seria verificar se a revenda é compatível com os sistemas que você desenvolve. Sabendo quais empresas oferecem compatibilidade, você poderá comparar os critérios que listamos para chegar a uma decisão: espaço em disco, tráfego, disponibilidade e suporte são alguns dos critérios que você deve avaliar para escolher uma empresa que lhe atenda. No caso de revender lojas virtuais, é importante checar também a questão do certificado SSL, que você precisará para publicar lojas virtuais para seus clientes. Sobre isso, é interessante levantar os custos do certificado para encontrar uma maneira de viabilizar a revenda para seus clientes.
      Para saber mais, leia o tópico Como Escolher, onde entramos em detalhes sobre o assunto.
      Um abraço e boa sorte!

      Responder
  7. Ítalo Honorato

    Quero vender planos de criação de sites institucionais de empresas locais e pequenas, e de criação de e-comerce para pequenos e médios negócios (por exemplo, venda de bolinhos, de peças de bicicletas por uma loja num ponto movimentado da cidade (que tem 500 mil habitantes), venda de comida delivery por restaurante que só tem o telefone como meio de venda), e para profissionais autônomos (por exemplo, encanador, engenheiro) como forma de publicidade para estes. Neste caso, eu iria até o potencial cliente, mostraria as vantagens do negócio, criaria o site e gerenciaria as questões técnicas. Vejo uma boa oportunidade de negócio nisso. Você acha que a Revenda da HostGator e boa para começar?
    E você acha que essa ideia pode ter potencial empreendedor?

    Responder
    • Redação
      Equipe Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Ítalo!
      Sim, acredito que a Revenda de hospedagem HostGator poderá lhe atender perfeitamente nesta empreitada.
      Quanto ao potencial empreendedor de sua ideia, ela me parece ótima e com grandes chances de sucesso! 😉
      Boa sorte em seu negócio!

      Responder

Deixe um comentário