Servidor Dedicado

servidor dedicado
  • Tipo: Servidor Dedicado
  • Custo: a partir de R$ 450/mês
  • Indicado para: sites e aplicações com alto tráfego
  • Nível de dificuldade: médio/alto
  • Avaliação: hospedagem com recursos robustos e grande liberdade de customização. Por isso, possui custos muito superiores ao de uma hospedagem comum (compartilhada).
  • Onde contratar: conheça as empresas que oferecem Servidor Dedicado

O que é servidor dedicado?

Se você possui ou gerencia um site que apresenta um alto volume de tráfego, provavelmente já se deparou com alguns problemas como lentidão no carregamento do site ou site fora do ar. Este cenário, que já seria terrível por si só, pode ser agravado quando sua empresa está lançando uma nova campanha ou promoção, pois justamente quando você mais precisará que o seu site “aguente o tranco”, ele poderá te deixar na mão.

O que relatamos acima costuma ocorrer porque os recursos e especificações técnicas oferecidos na hospedagem compartilhada ou no servidor VPS não são mais suficientes para atender às necessidades do seu site, que cresceu e está exigindo, entre outras coisas, maior capacidade de processamento do servidor. É chegada a hora então de pensar em um upgrade de plano de hospedagem e, provavelmente, você precisará de um servidor dedicado para te atender nesta nova realidade.

Falando estritamente da máquina em si, um servidor dedicado é um computador utilizado para hospedagem de sites e que possui os mesmos recursos e capacidades de um servidor de hospedagem compartilhada. A (grande) diferença, nesse caso, é que o servidor será seu e de mais ninguém, ao contrário da hospedagem compartilhada, na qual você dividirá espaço e recursos com centenas de outros clientes. Esse fato é o que te proporciona muito (mas muito) mais poder em comparação com uma hospedagem comum.

Como o servidor dedicado funciona?

Se comparamos uma hospedagem compartilhada com viver em um apartamento com diversos vizinhos, um servidor dedicado é como ter uma casa só para você. Quando você escolhe um servidor dedicado na empresa de hospedagem, você está alugando o seu próprio servidor físico, reservado somente para hospedar seu site, aplicações e arquivos. Você pode utilizar todo o espaço para o seu site ou dividir os recursos e alugar os espaços para quem quiser.

Se comparamos uma hospedagem compartilhada com viver em um apartamento com diversos vizinhos, um servidor dedicado é como ter uma casa só para você

Como sabemos, ser dono de uma casa impõe uma série de compromissos. Assim como o morador de uma casa é responsável por escolher os móveis e decorar a casa conforme deseja, os clientes de servidor dedicado precisam escolher as configurações de software e hardware que desejam para a sua máquina. E se você ainda quiser ajuda para manter tudo em ordem, precisará investir um pouco mais para ter o serviço de gerenciamento.

O servidor dedicado é uma das opções de hospedagem mais caras do mercado, mas itens como segurança, customização e flexibilidade costumam valer o que custam para aqueles que possuem sites com grande tráfego.

Para quem o servidor dedicado é indicado?

Como mencionamos acima, o dedicado poderá ser indicado para qualquer site, blog, loja virtual ou aplicação que possui alto tráfego, ou seja, muitos visitantes diários, mas seu uso não é limitado a isso. Agências digitais e revendedores de hospedagem também podem alugar um servidor dedicado para hospedar seus próprios clientes ou revender o serviço de hospedagem de sites a terceiros. Ainda, empresas que desejam configurar uma intranet (rede de uso interno da empresa) poderão contar com um servidor dedicado para rodar seus sistemas e disponibilizar informações para todos os seus colaboradores, independente da localização geográfica.

Como configurar um servidor dedicado?

A configuração do servidor dependerá do modo como o mesmo é fornecido pela empresa de hospedagem. Por exemplo, o servidor poderá ou não ser entregue com um painel de administração. Em planos não-gerenciados, o contratante será o responsável pela sua manutenção, instalação de serviços adicionais e upgrades. Nesse caso, o administrador do servidor deverá possuir pelo menos algum conhecimento na operação de servidores com linha de comando. Já em planos gerenciados, o servidor é entregue com um painel de controle que o ajudará em diversas configurações do sistema. Em servidores dedicados Linux, geralmente o cPanel é o painel utilizado. Em servidores Windows, o painel Plesk costuma ser a opção.

Independente da escolha, um servidor dedicado oferece inúmeras possibilidades de configuração. É possível instalar praticamente qualquer sistema compatível com o sistema operacional do servidor e também utilizar bancos de dados igualmente compatíveis.

Como escolher um plano de hospedagem dedicada?

Antes de escolher o melhor servidor dedicado para você, é importante determinar qual será a sua utilização (finalidade), incluindo o nível de utilização dos recursos. No caso de sites com muita audiência, é importante também fazer uma previsão de como será o crescimento da audiência. Essa informação lhe ajudará a dimensionar a quantidade de recursos que será necessária a médio/longo prazo.

Com essas informações em mãos, considere os seguintes aspectos antes de contratar o seu dedicado:

#1 – Recursos e especificações

Verifique o sistema operacional necessário para rodar sua aplicação, se Windows ou Linux. Se Linux, qual a distribuição devo escolher? A distribuição oferecida é a mais indicada para o sistema que pretendo hospedar?

Além disso, atente-se aos itens básicos do servidor: espaço de armazenamento, quantidade de memória RAM, capacidade de processamento e tráfego mensal máximo oferecido pela empresa. Verifique se os limites desses recursos terão algum impacto em sua aplicação. Ainda, no caso da quantidade de memória RAM, verifique se existe a possibilidade de aumento de memória e quanto esse upgrade custará. Dependendo de seu uso, um upgrade de memória poderá ser necessário em alguns meses ou anos.

#2 – Preço

Faça uma comparação de preços. No entanto, o menor preço não deverá ser o fator decisivo.

A gama de preços é grande e o alto custo de um dedicado poderá impactar diretamente em seu negócio. Por isso, é importante avaliar, dentre a quantidade de recursos desejados, se o investimento valerá a pena. Procure pelas mesmas especificações em diferentes empresas e faça uma comparação de preços. No entanto, o menor preço não deverá ser o fator decisivo. Se uma empresa oferece o mesmo servidor por um custo maior do que as outras, descubra se existe algum diferencial na entrega que possa valer a pena.

#3 – Suporte técnico

Como nos outros tipos de hospedagem de sites, procure saber quais são os canais de suporte oferecidos pela empresa e o seu horário de funcionamento. A empresa oferece suporte em português? O suporte é 24h? Possui telefone? Leve em consideração estes aspectos antes de decidir-se.

Verifique também até que ponto vai o suporte técnico do seu dedicado. Muitas empresas não oferecem suporte algum para sua aplicação, limitando-se a questões relacionadas à rede e disponibilidade, mas é possível encontrar empresas que oferecem suporte à parte para sistemas hospedados em seu servidor. Contar com suporte técnico especializado e confiável pode ser a salvação de seu negócio em alguns momentos, principalmente se você não possui um setor ou fornecedor técnico confiável.

#4 – Política de reembolso e cancelamento

É verdade que ninguém deseja contratar um serviço para cancelá-lo em seguida, mas infelizmente isso pode acontecer, portanto, é algo que devemos considerar antes da contratação do dedicado. Caso o serviço seja cancelado e ainda exista algum crédito, o mesmo será devolvido pela empresa? Existe reembolso total (garantia de satisfação) no primeiro mês? Considere estas questões para comparação entre as empresas nas quais estiver inclinado a contratar.

Vantagens de um servidor dedicado

Escolher uma hospedagem dedicada trará inúmeras vantagens em relação a uma hospedagem de sites tradicional. Listamos a seguir as principais vantagens que você terá ao optar por este tipo de serviço:

  • Configurar o sistema operacional, hardware e software de acordo com as suas especificações;
  • Fazer reboots, upgrades ou atualizações de acordo com o dia e horário que desejar;
  • Gerenciar o servidor como administrador (nível root), facilitando a manutenção do servidor, site e aplicações;
  • Hospedar um ou mais sites de alto tráfego, controlando e definindo os recursos de cada um;
  • Organizar, disponibilizar e armazenar um grande volume de dados;
  • Hospedar outros sites e criar sua própria revenda de hospedagem.

Os servidores dedicados também possuem a vantagem de estarem fisicamente localizados no data center do seu provedor de hospedagem. Nele você está melhor protegido contra quedas de energia, lentidão na rede e outros problemas de desempenho, pois o seu servidor utilizará a infraestrutura de proteção da empresa, que inclui redundância de energia (contra quedas de luz) e cabos de rede de alta velocidade. Além disso, você ainda economiza no longo prazo, porque não precisará comprar nenhum hardware, software ou investir na infraestrutura necessária para manter o servidor. Se necessário, os upgrades podem ser feitos de acordo com a sua demanda.

Limitações de um servidor dedicado

Não há dúvidas de que os servidores dedicados oferecem os melhores recursos e desempenho disponíveis no mercado, mas eles também possuem algumas limitações:

  • Custo – contratar um servidor dedicado certamente vai lhe custar uma boa grana todo mês; não é a toa que este tipo de hospedagem está entre as opções mais caras do mercado;
  • Downtime (tempo fora do ar) – como você é o único responsável pelo seu servidor, caso hajam problemas em software ou hardware que derrubem o servidor, o seu site ficará offline também. Naturalmente, data centers possuem redundâncias de energia e acesso de dados, mas nada é 100% à prova de problemas.
  • Necessidade de conhecimento técnico – servidores dedicados exigem um nível mínimo de conhecimento técnico, pois muitos planos vêm apenas com o sistema operacional instalado. A não ser que você seja familiarizado com o gerenciamento de servidores, tenha uma equipe técnica ou contrate o serviço de gerenciamento à parte, você provavelmente achará o setup e gerenciamento do servidor, um desafio.

Os servidores dedicados são o que há de melhor em liberdade de configuração e controle, mas não são a escolha ideal para todos. A decisão por um dedicado deve ser feita apenas para sites que necessitam de recursos avançados, e que podem arcar com os custos. É preciso levar em consideração a possibilidade de custos extras para upgrades de hardware e suporte à parte. Certifique-se de ler os termos de serviço antes de contratar e faça a melhor escolha.

Empresas que oferecem servidor dedicado

HostGatorÉ possível escolher o sistema operacional (Windows ou Linux). Também são disponibilizados de 2 a 5 IPs dedicados, dependendo do plano. A partir de R$ 459,99/mês. Site em português.Ver site
GoDaddyServidores gerenciados por padrão em todos os planos e ativação imediata. Sistemas operacionais Linux ou Windows. Opções a partir de R$ 319,98/mês no primeiro mês. Site em português.Ver site
DreamHostPlano inicial com 4 GB de memória RAM e 1 TB de armazenamento. Servidores gerenciados por padrão, com uptime garantido de 100%. A partir de US$ 149/mês. Site em inglês.Ver site
Media TemplePlanos com 128 GB de memória RAM e 1 TB de armazenamento em disco de SSD. A partir de US$ 2.000/mês. Site em inglês.Ver site
InMotionPlano inicial a partir de US$ 99,99/mês, com 8 GB de memória RAM e HD SSD de 50 GB, com 5 IPs dedicados incluídos.Ver site
LocawebServidores Windows ou Linux, todos com processadores Intel. Os planos variam de 12 GB de RAM, indo até 96 GB, e é possível escolher o HD do tipo SAS ou SATA, com variações de velocidade de 7200 a 15000 RPM. A partir de R$ 905/mês.Ver site
KinghostEscolha entre dois planos, com servidores Windows ou Linux, memória de 4 GB, tráfego ilimitado e largura de banda de 2Mbps. A partir de R$ 850/mês.Ver site

Esperamos ter ajudado em sua escolha de servidor. Se ainda tiver alguma dúvida, deixe um comentário e faremos o possível para ajudá-lo!


15 Comentários

  1. Renato

    Ola, ótima matéria!
    Ainda ficou uma duvida aqui entre servidores dedicados ou cloud para nosso caso aqui, que é o de um estúdio indie de desenvolvimento de jogos e precisamos de servidores pra multiplayer online, naquele estilo do Counter Strike, Quake e cia.
    Será qual seria o melhor tipo de servidor pra esse caso, considerando que no começo não teremos alto fluxo diário/ mensal ai?

    Responder
    • Redação

      Olá, Renato!
      É difícil apontar o melhor sem conhecer a fundo o projeto. Mas como você tem expectativa de ter baixo tráfego, talvez deva considerar um VPS ou uma cloud. Apesar de terem diferenças entre si, em ambos é possível aumentar os recursos da hospedagem, se necessário.
      Um abraço e boa sorte!

      Responder
  2. Carlos

    Um site com 25 mil visitas diarias, 10 mil caixas de e-mail com limite de 1gb cada, precisaria de qto de espaço e qto de trafico ?

    Estas especificações seria usada para definir qual plano contratar

    Responder
    • Redação

      Olá, Carlos!
      O tráfego não é tão alto assim e uma hospedagem compartilhada poderia te atender, a princípio. Pelo que descreveu, o problema seria a quantidade de caixas de e-mail. Considerando que precisa de 1 GB para cada caixa, se todas as 10 mil usassem este espaço, seriam necessários 10 Terabytes para armazenar essa quantidade de e-mails, o que é bastante coisa. Talvez uma saída para isso seja criar as contas de e-mail com um espaço padrão menor e ir aumentando conforme a necessidade.
      O tráfego se enquadra de maneira semelhante, talvez o e-mail seja mais problemático do que o site.
      É difícil apontar uma solução para o seu caso sem conhecer em detalhes o projeto. Mas talvez você possa considerar hospedar o site em um lugar e o e-mail em outro. Assim, você conseguiria contratar uma hospedagem não muito cara para o site e poderia usar mais recursos no serviço de e-mail.
      Se puder dar mais detalhes do projeto, podemos tentar ajudá-lo de maneira mais efetiva.
      Um abraço.

      Responder
  3. UNNa

    Ola boa tarde gostaria de saber qto é a hospedagem de um avchat, entrada de users com radioe webcans

    Responder
    • Redação

      Olá, Unna!
      Nós não prestamos o serviço de hospedagem em si, apenas publicamos conteúdo sobre hospedagem e assuntos relacionados. Portanto, recomendamos que verifique diretamente com a empresa que está interessado em contratar para conseguir uma cotação.
      Para rodar o AVChat, você precisará de basicamente duas coisas:
      1 – Uma hospedagem para o seu site (que contém o chat)
      2 – Um servidor VPS ou dedicado para instalar o media server.
      Segundo informado na documentação, três tipos de media server são suportados:
      – Red5 (gratuito e open source)
      – Wowza (comercial)
      – Adobe Media Server (comercial)
      É possível instalar o AVChat em qualquer VPS, dedicado ou hospedagem cloud.
      Espero ter ajudado! Precisando de outras informações, basta entrar em contato.
      Um abraço.

      Responder
  4. Taian

    O que é alto volume de tráfego?
    Recebo em média 500 visitas/dia, quarta-feira passada bati a meta de 2100 visitas/dia.
    No meu mercado é altíssimo, mas na internet talvez não seja tão alto assim.

    Responder
    • Redação

      Oi Taian, obrigado pela pergunta. O número de acessos diários que recebe não é considerado um alto volume de tráfego para uma hospedagem (nem mesmo nos dias maior volume de acessos). No entanto, é importante considerar outros fatores, igualmente importantes, como o comportamento desses acessos. Se o seu tráfego é uniforme ao longo do dia, é bem provável que uma hospedagem compartilhada atenda plenamente as suas necessidades. Por outro lado, se o seu site possui um tráfego irregular, com picos de acesso, uma hospedagem compartilhada pode não ser suficiente, pois ela possui restrições quanto ao uso dos recursos do servidor. Claro que esse uso depende de uma série de fatores, como o tipo de site que você tem, o quão otimizado ele está, entre outros. Um site que permite downloads, ou que possua imagens e vídeos em alta resolução, consumirá muito mais recursos do que um site institucional, ainda que ambos recebam o mesmo número de visitas.
      Dependendo dos picos de tráfego, nem mesmo um dedicado pode ser suficiente, pois apesar de robusto, ele tem uma quantidade de recursos definida. Sites com esse perfil costumam funcionar melhor em hospedagens do tipo Cloud, que são mais elásticas e permitem que você pague pela utilização. São muitos os modelos de Cloud no mercado, mas a ideia geral é essa. Espero ter ajudado, mas qualquer dúvida estamos à disposição. 🙂

      Responder
  5. RICARDO G SOUZA

    Qual o melhor provedor para isso?
    Estou sofrendo com a Locaweb, vc indicaria algum?

    Responder
    • Redação

      Olá, Ricardo! O melhor dedicado depende das suas necessidades de recursos e gerenciamento. Nós listamos algumas opções neste artigo, que talvez possam te atender no que precisa. 🙂

      Responder
  6. Rodrigo

    Olá.
    Irei criar um site para distribuição de videos on demand. Será em torno de 3, 4 videos por mês, com duração de 20 a 30 minutos cada. O tráfego poderá ser alto, não se limitando a uma região específica.
    Qual dos planos você me recomenda? O compartilhada ou a,dedicada? Obrigado

    Responder
    • Bill Bordallo

      Olá, Rodrigo!
      Tanto pela quantidade de espaço que você irá utilizar para armazenar os vídeos quanto pelo alto tráfego, a hospedagem compartilhada certamente não será indicada.
      O dedicado lhe atenderá, mas terá um alto custo inicial. Se estivesse no seu lugar, consideraria fortemente a Hospedagem Cloud. Você terá um investimento inicial menor e poderá crescer à medida que for necessário.
      Um abraço e boa sorte!

      Responder
  7. Ítalo Honorato

    Ahh sim, e é claro que nem toda população visitaria o site. A dúvida aqui está no fato de que ao lançar o site poderá haver alto tráfego.

    Responder
  8. Ítalo Honorato

    Qual valor seria esse alto volume de tráfego?
    Você acha que um e-comerce que vende só para uma cidade de 500 mil habitantes pode começar tranquilamente com um Plano M compartilhado da HostGator? E terá necessidade de pular para um Dedicado, de preferência da HostGator?

    Responder
    • Redação

      Olá, Ítalo!
      Em geral, lojas virtuais de negócios locais, não exigem muito do servidor e poderiam estar hospedadas em uma hospedagem compartilhada, com exceções. No entanto, essa análise deve envolver outras variáveis, como a configuração da plataforma (se estará otimizada para não sobrecarregar o servidor com muitas requisições) e, como você citou, os possíveis picos de acesso em eventuais promoções e divulgações. Caso queira se preparar para picos de acesso, vale a pena das uma lida em nosso artigo sobre hospedagem cloud, que são uma solução mais interessante nesse caso. Quanto à escolha da empresa, essa é uma questão que também deve ser analisada sob diversos aspectos. Fizemos um artigo sobre como escolher uma boa hospedagem que acredito que poderá lhe ser útil.
      Esperamos ter ajudado! Boa sorte com o site!
      Um abraço.

      Responder

Deixe um comentário