Criador de Site ou WordPress: qual o mais indicado para construir seu site?

criador de site ou wordpress

Se você está em dúvida sobre qual plataforma escolher para criar o seu site, não está sozinho. Atualmente há uma infinidade de ferramentas de criação de sites voltadas para quem deseja construir seu site por conta própria.

Entre as opções mais populares estão os criadores de sites e o WordPress. Ambas as ferramentas são fáceis de usar, baratas e versáteis, o que as torna ótimas alternativas para criar um site. Mas afinal, qual delas é mais indicada: criador de site ou WordPress? Neste artigo eu explico as diferenças e qual é mais interessante em cada caso. Vamos lá?

Qual é o conhecimento técnico de quem irá criar o seu site?

Este primeiro ponto parece irrelevante, mas é fundamental para a escolha da ferramenta. Se pretende criar o seu próprio site, deve levar em consideração o seu conhecimento técnico.

O criador de sites é ideal para qualquer pessoa que deseja construir o seu próprio site, mesmo sem entender de códigos e de design. Além de ser uma ferramenta muito fácil de usar, já oferece todos os recursos que você precisa para criar o seu site, incluindo temas e hospedagem.

Edição de tema no editor Wix
Editor Wix é um exemplo de como funciona um criador de sites

O WordPress também é uma ferramenta amigável, mas não possui o mesmo nível de facilidade de um construtor de sites. Exige maior conhecimento técnico, porque envolve configurações específicas para fazer o site funcionar, como por exemplo, a hospedagem de sites. Repare que estou falando da versão instalada do WordPress, e não do WordPress.com, este último bem mais parecido com um criador de sites. Caso queira se aprofundar nas diferenças entre as versões, sugiro a leitura do nosso post “WordPress.com X WordPress.org“.

Por outro lado, se você irá contratar um profissional ou empresa para criar o seu site, recomendo que opte pelo WordPress. É uma ferramenta muito mais flexível, escalável e robusta que um construtor de sites.

Site, blog ou loja virtual: qual tipo planeja ter?

O tipo de site que deseja criar também influencia na escolha da ferramenta ideal. Se planeja ter um site pessoal ou para o seu negócio, tanto o criador de sites quanto o WordPress são ótimas opções. Ambas as plataformas oferecem os recursos necessários para essa finalidade.

Por outro lado, se pretende criar um blog, o WordPress é de longe a melhor ferramenta. E aqui incluo todas as versões e modalidades (paga ou gratuita), já que usam o mesmo sistema de gerenciamento de conteúdo. Alguns construtores de sites oferecem o recurso de blog, mas é bem básico quando comparado ao WordPress. Veja aqui como criar um blog no WordPress.

Tela de edição de post dentro do WordPress.com
Tela de edição de post no editor do WordPress.com

Há ainda o Blogger, que tem como vantagens ser gratuito e permitir o uso de domínio personalizado, mas também é mais limitado que o WordPress. Caso queira entender melhor as diferenças entre as duas plataformas, recomendo a leitura do post: Blogger ou WordPress?

Caso planeje criar uma loja virtual, você tem outras opções além do criador de sites e do WordPress. As principais alternativas são:

  • Plataformas de lojas virtuais – são soluções que contam com temas, hospedagem e uma série de funcionalidades exclusivas para e-commerce. É como um criador de sites, porém voltado para vendas online. Há opções para todos os tamanhos de lojas virtuais, incluindo um plano gratuito.
  • Magento – é um gerenciador de conteúdo robusto, voltado para a criação de lojas virtuais customizadas. Apesar de muito usado, demanda mais recursos para desenvolvimento e manutenção, quando comparado à opção anterior.
  • WooCommerce (WordPress) – este plugin de e-commerce permite transformar um WordPress em uma loja virtual. É bastante popular e atende principalmente lojas virtuais de pequeno e médio porte.
  • Criadores de sites – algumas ferramentas oferecem planos de e-commerce que são ideais para sites que contam com venda de produtos digitais, serviços online ou pequenas lojas virtuais.
Exemplo de tema da Nuvemshop
Exemplo de tema da plataforma de e-commerce Nuvemshop

Qual é o nível de complexidade do seu site?

Os criadores de sites evoluíram muito e atualmente oferecem recursos profissionais diversos para quem deseja ter um site. A maioria das ferramentas permite que você personalize bem o seu site e adicione funcionalidades com apenas alguns cliques e sem escrever uma linha de código sequer. Antigamente isso só seria possível com a ajuda de um profissional.

Ainda assim, dependendo do seu projeto online, é provável que encontre limitações em um construtor de site.

Por ser mais flexível e robusto, o WordPress permite que você customize inteiramente o seu site. Seja adicionando funcionalidades por meio de plugins ou desenvolvendo a sua própria solução, é possível fazer quase tudo em um WordPress. Inclusive a quantidade de plugins é muito superior ao que é oferecido em um construtor e a possibilidade de customização é incomparável. Vale ponderar, no entanto, que quanto maior a complexidade de um projeto, maior a necessidade de investir recursos, como tempo e dinheiro.

Lista de plugins disponíveis no WordPress
O WordPress conta com mais de 56.000 plugins gratuitos e pagos

Para exemplificar a diferença entre criador de site e WordPress, imagine que você precise criar uma página para orçamento que calcule um preço em tempo real, com base nas respostas do usuário. No WordPress você poderá desenvolver este formulário, com a ajuda de um desenvolvedor. No criador de sites você dificilmente conseguirá desenvolver uma solução customizada, pois a ferramenta é bem mais “engessada”.

Quanta flexibilidade o seu site necessita?

Agora é o momento de pensar no futuro do seu site. Você pretende mantê-lo do mesmo tamanho ou é um projeto que deve crescer em tamanho e volume de acessos?

Se a ideia é ter um site institucional ou de um negócio local, qualquer uma das ferramentas atende às necessidades. Por outro lado, se o seu objetivo é evoluir com o site e crescer em audiência, vale a pena pensar duas vezes. O criador de site até permite algum crescimento, mas de forma restrita. A maioria possui limites de espaço e tráfego, que você precisará respeitar. Sem falar nas outras limitações que a própria ferramenta impõe.

Já o WordPress (instalado) pode ser inteiramente customizado. E os recursos de espaço e tráfego são bem mais flexíveis, pois dependem da hospedagem utilizada. Em outras palavras, uma vez que o site cresça em recursos e audiência, basta migrar de hospedagem para uma que atenda às novas necessidades. O WordPress pode continuar sendo a plataforma do site.

No criador de sites, se o seu site ultrapassar os limites do plano mais robusto, você precisará criar o seu site em outra ferramenta. Neste modelo, não é possível migrar o seu site, pois ele só funciona dentro da empresa fornecedora da plataforma. O WordPress, por sua vez, é gratuito e de código aberto, e pode ser hospedado em qualquer empresa.

Qual a importância do SEO para você?

Para responder esta pergunta, pense no seguinte: o sucesso do seu site depende fortemente das visitas de usuários que estão pesquisando sobre o seu segmento no Google? Ou é um site para o público que já conhece você ou o seu negócio?

Se ao publicar o seu site, você espera alcançar um grande volume de acessos com origem no Google, de forma orgânica (ou seja, sem pagar por anúncios), então SEO é muito importante para você. Se o seu objetivo é se relacionar com a sua audiência e seus clientes atuais, que já o conhecem, então SEO não tem um papel tão fundamental no seu site.

SEO é uma sigla para Search Engine Optimization, que basicamente trata de boas práticas para ter o seu site otimizado para os mecanismos de busca. O que você precisa saber é que a maioria dos criadores de sites oferece um SEO mais básico quando comparado ao WordPress, considerada uma das ferramentas mais amigáveis para os buscadores.

Sendo assim, se SEO é fundamental no seu projeto, não pense duas vezes: vá de WordPress. 😉

Quanto pretende investir no site?

Como em qualquer projeto, o dinheiro pode ser um fator limitador. Sobre isso, é importante saber que o investimento necessário para criar um site difere entre o criador de sites e o WordPress.

Em geral, o criador de sites costuma ser a opção mais econômica. Para usá-lo, é preciso pagar uma mensalidade, que funciona como um aluguel da ferramenta. Os planos variam bastante de preço, mas há opções na faixa de R$ 6 a R$ 15 mensais, além de versões gratuitas (mais limitadas). Ao contratar o plano, você tem acesso à uma variedade de temas para usar no site e em alguns casos o primeiro ano de domínio também sai de graça. Nesta modalidade, o investimento inicial do seu site é bem baixo, porque o custo para começar é basicamente a mensalidade e o seu tempo.

Comparativo criadores de sites

Ao escolher o WordPress, existe a opção de contratar um profissional ou agência para construir o seu site, ou fazê-lo por conta própria. Caso opte pela terceirização, o custo da criação pode ir desde R$ 500 até muito mais que isso, dependendo do projeto. É preciso ainda contratar uma hospedagem de site, que custa em média R$ 10 mensais, e um domínio, por volta de R$ 50 anuais. Se quiser comprar um tema premium para o seu site, terá um custo adicional de 30 a 80 dólares, pagos uma vez.

Podemos ver que, no caso do WordPress, o investimento inicial tende a ser mais alto do que o construtor de sites. Porém, à longo prazo, o custo do WordPress pode cair consideravelmente, ainda mais se o seu site for simples e você mesmo fizer a manutenção.

Em resumo: se você precisa criar um site e o dinheiro está curto, opte pelo criador de site ou WordPress, mas crie o site por conta própria. Você pode aprender mais sobre o assunto no nosso tutorial sobre como criar um site no WordPress ou nesse curso de WordPress gratuito.

Afinal, o que escolher: criador de site ou WordPress?

Como vimos, a ferramenta mais indicada para criar o seu site depende de diversos fatores. De quem irá construir o site, do valor disponível para investir e do tipo de site que pretende criar.

Se você se identificou com o criador de sites, conheça nosso ranking dos melhores criadores de sites. Se o WordPress é a ferramenta ideal, mas você não tem conhecimento técnico, aproveite e aprenda a criar um site WordPress neste tutorial gratuito.

Boa sorte com o seu projeto! Qualquer dúvida deixe um comentário. 🙂

Tags: ,

Por:

Trabalha com Internet desde 2002, época em que os sites ainda engatinhavam no Brasil. Formada em marketing há quase 20 anos e com especialização em gestão empresarial pela FGV, sempre esteve envolvida em projetos digitais, nas pequenas e grandes empresas onde trabalhou. É apaixonada pelas possibilidades que a Internet oferece e adora experimentar novas ferramentas que auxiliem pessoas a criar sites por conta própria. Empreendedora digital desde 2015, se dedica a compartilhar conhecimento sobre criação e hospedagem de sites, como cofundadora e autora do Tudo sobre Hospedagem de Sites.

15 Comentários

  1. Felipe

    Que ARTIGO!

    Muito obrigado, muito esclarecedor Tathiana!

    Parabéns pelo trabalho.

    Abraços,
    Felipe

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Que bom que gostou, Felipe!
      Muito obrigada pelo feedback. 🙂
      Abraços!

      Responder
  2. Carla

    Obrigada pela informação! Estava em dúvida e você até já deu o passo-a-passo para criar no wordpress <3 obrigada!

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Que bom, Carla! 🙂
      Esse tutorial do WordPress tá novinho em folha. Espero que seja útil pra você!
      Qualquer dúvida sobre a criação do site, pode deixar um comentário lá no tutorial que a gente te ajuda. <3

      Responder
  3. Claudio

    Boa tarde, Tathiana
    Parabéns pelo artigo.
    Verifiquei que a WordPress oferece opção com hospedagem de apenas 1 site, enquanto que a HostGator tem planos de hospedagens de até 5 sites e com preços mais baixos. Sabe informar o motivo na diferença de valores?
    Pretendo ter dois sites, um que fará o relacionamento com os clientes e outro de e-commerce. A falta do certificado SSL no HostGator ou em outra empresa é algo que devo me preocupar?
    Att.
    claudio Leite

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Boa noite, Claudio. Obrigada pelo comentário!
      Os serviços do WordPress e da HostGator que você comparou são diferentes. O WordPress a que se refere é o WordPress.com, um serviço parecido com o de criador de sites, em que a empresa fornece tudo para o cliente: temas, hospedagem, SSL etc. Já a HostGator vende a hospedagem para WordPress, com adicionais dependendo do plano. Na HostGator você precisa instalar, configurar e gerenciar todos os aspectos do seu site. É verdade que esse plano facilita o trabalho, pois traz várias conveniências. Sobre o preço, no geral o WordPress.com realmente fica bem acima da média quando comparada com as empresas de hospedagem. Ainda mais se considerar o melhor plano, que permite instalar plugins como o WooCommerce (para quem deseja criar um e-commerce). Esse plano custa R$ 83 por mês. Para saber mais sobre o WordPress.com, veja este artigo que fizemos sobre ele: WordPress.com – conheça esta poderosa ferramenta gratuita de criação de sites.
      Sobre o SSL, no e-commerce ele é imprescindível, pois há troca de dados sensíveis entre o usuário e o site, que precisam ficar protegidos de interceptação. E mesmo no outro site, é altamente recomendável. O SSL está se tornando cada vez mais importante em todos os tipos de site e já é considerado fator de ranqueamento no Google.
      Espero ter conseguido ajudar, mas qualquer dúvida é só deixar um novo comentário!

      Responder
  4. Douglas

    Boa tarde

    Uma duvida!

    Eu adquirindo o Plano Business do WordPress tem limite se e-commerce que posso criar ou apenas 1?

    Ou seja, o plano custa hoje R$ 83,00 anual, com o meu usuário eu posso comercializar digamos que 10… e-commerce?

    Responder
    • Redação
      Equipe Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Douglas,
      O plano Business/Negócios do WordPress.com custa o equivalente a R$ 83 por mês e é cobrado em uma parcela única anual, no valor de R$ 996.
      Este plano é limitado a um site, ou seja, não é possível instalar mais de um WordPress. Para cada site adicional é necessário contratar um novo plano.
      Se você deseja comercializar sites e instalações do WordPress, recomendo que considere adquirir uma revenda de hospedagem. Em geral, hospedagens de sites não permitem que o serviço seja revendido, a não ser que se trate de uma revenda.
      Espero ter ajudado. Se tiver outras dúvidas, basta entrar em contato.
      Abraços.

      Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Muito obrigada, Bruna! ❤️

      Responder
  5. Yoná

    Oi Tathiana!!!!

    Adorei seu artigo mas como sou, totalmente, leiga não consegui identificar qual a melhor opção para meu projeto.
    Pretendo fazer um site de relacionamento pet, onde as pessoas farão um cadastro dos seus pets com foto e posteriormente buscas de pretendentes mais adequados (por raça e localidade). Por este serviço de busca, pretendo cobrar uma assinatura mensal.
    O que você me sugere? Detalhe, eu mesma pretendo fazer!! 😀

    Obrigada e sucesso pra vcs!

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Oi, Yoná!
      Obrigada pelo comentário e que legal o seu projeto! 🙂
      Pelo que entendi, você vai precisar de uma funcionalidade de assinatura (membership). Para isso, o WordPress é mais indicado, já que possui diversas opções de plugins, gratuitos e pagos. O criador de sites Wix tem um app parecido, chamado “Login de membros”. Ele é gratuito, mas oferece mais restrições que as soluções do WordPress.
      Caso opte pelo WordPress, encontrará diversas listas de plugins no Google (você pode pesquisar por “wordpress membership plugin” ou algo do tipo). Não tenho experiência com esses plugins, então recomendo que veja as avaliações antes de contratar ou instalar qualquer um deles.
      Por último, como você disse ser totalmente leiga, pode ser que precise da ajuda de um desenvolvedor ou alguém familiarizado com o WordPress para implementar essa funcionalidade e até mesmo criar o site para você. Criar um site pode ser fácil, mas sites como o seu costumam demandar um pouco mais de desenvolvimento.
      Boa sorte e sucesso!

      Responder
  6. Aline

    Olá Tathiana, gostei muito do artigo e tb de outros que essa equipe escreve. Observei que o WordPress é a melhor opção e vi um artigo mais atual explicando o passo a passo da criação de um site; mas sou leiga no assunto e ainda estou pensando em como fazer isso. E queria, se possível, que fizesse um comparativo entre Wix ou Godaddy? qual é melhor? obrigada e parabéns pelo trabalho de vcs.

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Oi, Aline!
      Obrigada, fico feliz que tenha gostado. 🙂
      Se entendi bem, você tem vontade de criar um site usando o WordPress, mas ainda está insegura sobre como fazer isso, certo? Você chegou a ver nosso artigo ensinando a criar um site no WordPress? Acredito que possa ajudá-la. O link é este: https://tudosobrehospedagemdesites.com.br/como-criar-um-site-wordpress/. Outro artigo bacana para entender melhor sobre o WordPress é este: https://tudosobrehospedagemdesites.com.br/wordpress/.
      Agora comparando o Wix e o criador de sites da GoDaddy, na minha opinião o Wix é melhor. O Wix é mais fácil de usar que o criador da GoDaddy e possui temas mais bonitos e modernos. Além disso, todos os planos do Wix possuem versão mobile, enquanto na GoDaddy este recurso só está disponível a partir do plano intermediário (Business). Na questão do e-mail os dois praticamente empatam porque o Wix não oferece e-mail gratuito e a GoDaddy oferece apenas o 1º ano de e-mail. Outra questão está relacionada aos preços; os planos da GoDaddy possuem um preço de entrada e outro de renovação, então é preciso ficar atenta ao comparar os planos das empresas. Já no Wix é possível começar gratuitamente e somente depois contratar um plano pago, caso goste da ferramenta.
      Para concluir, acho o Wix melhor que o criador de sites da GoDaddy, mas há muitas opções de construtores de sites, caso opte por este tipo de plataforma. Temos uma página comparando as principais ferramentas, que talvez seja útil. Este é o link: https://tudosobrehospedagemdesites.com.br/melhor-criador-de-sites-comparativo/.
      Não sei qual plataforma deverá escolher para criar o seu site, mas se eu puder ajudar em algo mais, basta entrar em contato. Ficarei feliz em ajudar! Boa sorte! 🙂

      Responder

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados. Então, seu comentário não será exibido imediatamente após o envio.
Mas fique tranquilo(a), porque ele será respondido em breve. 😉