Como criar um site grátis no Google Sites

Como criar um site grátis no Google Sites

A cada ano, novas ferramentas digitais são lançadas no mercado para atender à crescente demanda por parte de profissionais e empresas que desejam entrar nesse universo. Uma dessas ferramentas é o Google Sites, que há alguns anos ganhou uma nova versão e vem conquistando cada vez mais adeptos.

Neste artigo, vou ensinar passo a passo como criar um site grátis no Google Sites, desde a criação da conta até a publicação do site na internet. Ao final, também vou comentar sobre como configurar um domínio próprio na ferramenta. Vamos lá?

O que é o Google Sites

Página de vendas do Google Sites

O Google Sites é uma ferramenta gratuita de criação de sites, disponibilizada pela Google. Com ela é possível criar um site e publicá-lo na internet de forma fácil e gratuita, em um endereço próprio — que opcionalmente pode usar um domínio personalizado.

Os sites criados no Google Sites funcionam bem em todos os dispositivos, de computadores a smartphones, e podem ser construídos de forma colaborativa. Qualquer pessoa pode usar o Google Sites gratuitamente, a partir de uma conta Google pessoal ou profissional. Outro recurso disponível é o controle sobre a visibilidade do site, que pode ser pública ou restrita a convidados.

A ferramenta está disponível para uso através da internet, não sendo necessário instalar nenhum programa no computador. Com uma interface simples e em português, a ideia é que qualquer pessoa possa criar um site no Google Sites, sem necessidade de conhecimento em design ou programação.

Além do Google Sites, a empresa é proprietária de outras ferramentas, como o Blogger, voltado para a criação de blogs, e o Google Domains, que atua em registro de domínios.

Passo a passo para criar um site grátis no Google Sites

De forma resumida, este é o passo a passo para criar um site grátis no Google Sites:

  1. Acesse o Google Sites
  2. Escolha um modelo pronto ou em branco para começar
  3. Escolha um tema para o site
  4. Edite o nome do site e o cabeçalho da página inicial
  5. Crie o menu e as páginas do site
  6. Insira o conteúdo no site
  7. Publique o site

No tutorial a seguir eu apresento cada passo em detalhes. Basta segui-los para também ter seu site publicado no Google Sites. 🙂

1. Acesse o Google Sites

Para começar a criar um site grátis no Google, é preciso entrar na ferramenta Google Sites. Para isso, acesse o endereço https://sites.google.com/ e faça login com uma conta Google gratuita (de uso pessoal) ou com uma conta G Suite (de uso profissional).

O primeiro passo para criar um site grátis no Google Sites é acessar a ferramenta
Tela de login Google – para acessar o Google Sites é preciso ter uma conta Google

Caso ainda não possua uma conta Google, clique na opção “Criar conta”, disponível no canto inferior esquerdo da tela. Siga os passos para criar sua conta Google e depois acesse o Google Sites.

2. Escolha um modelo pronto ou em branco para começar 

Ao realizar o login no Google Sites, a tela inicial da ferramenta é carregada. Essa tela reúne todos os sites criados na conta. Você pode criar diversos sites, se desejar. O próximo passo para criar seu site gratuito no Google é clicar no ícone de “+”, no canto inferior da tela, conforme ilustrado na imagem abaixo.

Tela inicial do Google Sites
Tela inicial do Google Sites

Em alguns casos, a tela inicial pode ser diferente e trazer modelos de sites para você escolher, conforme a imagem a seguir. Se isso acontecer, você pode usar um modelo “em branco” ou um dos modelos prontos oferecidos pela ferramenta. A vantagem de usar um modelo pronto é que ela serve como referência para a criação do seu site.

Galeria do Google Sites traz modelos prontos e em branco
Galeria do Google Sites traz modelos prontos e em branco

Para deixar o tutorial mais abrangente, eu optei por usar um modelo em branco. Ao clicar nessa opção, a ferramenta exibe um site vazio, conforme abaixo, que agora iremos personalizar.

Modelo em branco utilizado para criar um site grátis no Google Sites
Editor do Google Sites com modelo em branco

3. Escolha um tema para o site

Vamos iniciar a personalização do site pelo visual, escolhendo um dos temas oferecidos. Ao contrário dos criadores de sites pagos, a ferramenta da Google traz poucas opções de temas. Ainda assim, é possível criar um site grátis no Google Sites com um visual interessante e único.

O Google Sites disponibiliza 5 opções de temas, com estilos diferentes. Escolha o tema que mais tem a ver com o seu site. Para este tutorial, decidi criar um site de uma padaria fictícia e optei pelo tema “Diplomata”. Você pode clicar em cima de cada tema para vê-lo aplicado.

Para criar um site no Google Sites, escolha um dos temas oferecidos pela ferramenta
Acesse a seção “Temas” e escolha o visual que mais combina com o site que deseja criar

4. Edite o nome do site e o cabeçalho da página inicial

Construir um site do zero pode ser desafiador, por isso recomendo começar pelo mais fácil, até que se acostume com a ferramenta e tenha uma ideia mais clara de como quer o seu site. Por isso, o próximo passo é substituir o nome do site e o cabeçalho da página inicial.

Vamos editar o nome do site, o título da página e a imagem do cabeçalho
Vamos editar o nome do site, o título da página e a imagem do cabeçalho

Editando o nome do site

Primeiro, vamos inserir o nome do site, que será exibido em todas as páginas. Você pode inserir um logotipo ou apenas digitar o nome do site, clicando na respectiva área (ver número 1, na imagem acima).

Para subir seu logotipo na ferramenta, clique no campo, e em seguida, na opção “adicionar logotipo”. Se não tiver um e quiser criar, pode usar uma ferramenta de criação de logotipo, como a Logaster ou a Adobe Spark. Ambas oferecem versões gratuitas, que servem para usar em um site.

Ao clicar em “adicionar logotipo”, a janela de configurações é aberta e nela é possível fazer upload do logotipo e também de um favicon. O favicon é um ícone da sua marca, que aparece na aba do navegador web e em outros lugares. Para saber mais sobre o favicon, recomendo nosso artigo “Favicon: o que é e por que ele é tão importante em um site”.

Tela de configurações, onde é possível adicionar um logotipo ao site
Tela de configurações, onde é possível adicionar um logotipo ao site

Editando o título da página

Agora é hora de dar um título para a página inicial do seu site. Uma opção é inserir o nome e o slogan da empresa ou uma chamada com link para uma área importante do seu site. Essa é uma das primeiras coisas que o visitante verá ao acessá-lo.

Para fazer isso, clique na caixa existente e digite o título desejado. É possível fazer algumas personalizações no texto, como título, negrito, itálico, alinhamento e inserção de link.

Clique no título da página para editá-lo
Clique no título da página para editá-lo

Neste site fictício, optei por colocar o nome do negócio e um slogan de apoio. Veja que é possível usar mais de um tamanho de fonte na mesma área de texto, como mostra a imagem abaixo.

Exemplo de título customizado no Google Sites
Exemplo de título customizado no Google Sites

Redefinindo o fundo do cabeçalho principal do site

Com o nome do site e o título da página prontos, é hora de personalizar o cabeçalho principal do site. Para isso, clique na imagem e selecione a opção “Alterar imagem”, como abaixo. Se quiser subir uma imagem, clique em “Fazer upload”. Caso contrário, clique em “Selecionar imagem” e escolha uma das opções disponíveis, conforme detalho a seguir.

Alterando a imagem de fundo da página inicial do site
Alterando a imagem de fundo da página inicial do site

Ao clicar em “Selecionar imagem”, uma galeria de imagens será aberta. Nela também é possível selecionar uma imagem por URL, pesquisar uma imagem no Google ou acessar suas próprias imagens, salvas em álbuns ou no Google Drive.

A galeria de imagens é limitada. Já a opção de pesquisa no Google é conveniente, mas não a recomendo, por conta do risco de se usar imagens de terceiros, sem autorização. Para usar uma imagem gratuita, minha sugestão é que utilize bancos de imagem. Temos este artigo com uma seleção de 11 bancos de imagens gratuitos que você pode usar no seu site.

Outra opção é assinar um banco de imagens pago, como a Shutterstock, caso tenha uma demanda grande e recorrente por imagens, como a de uma agência, por exemplo.

Galeria de imagens é um dos recursos úteis para criar um site grátis no Google Sites
Galeria de imagens do Google Sites

Para criar este site grátis no Google Sites, vou utilizar o banco de imagens gratuito Unsplash. Ele é o meu preferido, pois tem uma boa variedade e as fotos são lindíssimas. O único porém é que está disponível apenas em inglês (nada que um tradutor não resolva). 

Ao inserir uma nova imagem no cabeçalho, ele já ficou bem diferente, como mostra a imagem abaixo.

Imagem inserida no banner da página inicial do site - Imagem: Unsplash
Imagem inserida no banner da página inicial do site – Imagem: Unsplash

Definindo o tamanho do cabeçalho

O cabeçalho já vem com um tamanho de banner padrão, mas caso queira mudar, o Google Sites permite 4 opções, que podem destacar mais a imagem ou até mesmo removê-la, se preferir. Basta clicar na imagem, e em seguida, em “Tipos de cabeçalho”. Escolha a seguir uma das opções, conforme a imagem abaixo. Ao clicar, a ferramenta simula o resultado, então você pode testar todas e ver qual prefere.

Opções de tamanho para o banner de uma página: capa, banner grande, banner e somente título

Dica: se a imagem do banner for muito importante, opte por “Capa”. Se quiser menos peso, mas ainda ter destaque, opte pelo “Banner grande”. Se a ideia for apenas ilustrar a seção, opte por “Banner”. Caso não queira nenhuma imagem, selecione “Somente título”. Eu optei por utilizar o banner grande na página inicial e o banner nas páginas internas.

5. Crie o menu e as páginas do site

Um site pode ter apenas uma página ou diversas páginas, de acordo com o seu tamanho e conteúdo. Para mostrar os recursos disponíveis ao se criar um site grátis no Google Sites, vamos construir novas páginas. Caso prefira ter apenas uma página, basta pular essa parte do tutorial.

Podemos considerar que um site simples precisa conter ao menos três tipos de informação, que podem ser transformados em páginas:

  1. Sobre o negócio (ex: Quem somos)
  2. Produtos ou serviços  (ex: O que fazemos)
  3. Contato  (ex: Onde estamos ou Fale conosco)

Vamos prosseguir dessa forma, clicando em “Páginas”, na seção à direita do editor do Google Sites, conforme a imagem abaixo. É nesta seção que você tem acesso a todas as páginas do site. Então clique no ícone “+” para criar uma nova página.

A seção “Páginas” é onde se cria uma nova página no Google Sites
A seção “Páginas” é onde se cria uma nova página no Google Sites

Ao criar uma nova página, preencha o nome dela (que também será exibido no menu). Como opção avançada, escreva o caminho personalizado (a URL) desta página. Por exemplo, uma página “Quem somos” poderia ter o caminho quem-somos. Esse caminho passa a fazer parte da URL daquela determinada página. Caso não escolha um caminho personalizado, o Google Sites o faz de forma automática.

Na seção de páginas é possível realizar diversas customizações, como definir uma página como inicial, adicionar subpáginas, duplicar e ocultar páginas da navegação. A propósito, o Google Sites permite criar até 4 níveis de subpágina, algo raro em ferramentas gratuitas. Minha recomendação é que evite criar subpáginas em excesso, para não prejudicar a navegação dos visitantes do seu site. Quanto mais simples e fácil de navegar no seu site, melhor.

6. Insira o conteúdo no site

Com as páginas do seu site criadas, é momento de preenchê-las com conteúdo. Essa tarefa é um pouco mais trabalhosa, mas nada que não se possa fazer em algumas horas, no caso de um site simples. Meu site fictício foi construído em apenas um dia (já este tutorial, levou vários dias… rs).

Nesta etapa, vamos repassar todas as páginas do site, assim fica mais fácil entender o que precisa ser feito. A última página a ser customizada é a inicial (home), pois funciona como uma vitrine do site, que convida os visitantes a visitar as páginas internas.

Página Sobre

A página “Quem somos” ou “Sobre” é onde você apresenta o seu negócio, e se desejar, também a equipe (que opcionalmente pode ter sua própria página). Essa página deve conter um texto de apresentação, e uma ou mais imagens, podendo ser fotos, ilustrações ou vídeos. Idealmente, as imagens devem ser do próprio negócio, pois isso passa mais credibilidade e autenticidade. Para apoio, pode-se utilizar bancos de imagem.

No tema que escolhi, cada página possui um cabeçalho semelhante ao da página inicial. Para criar consistência, mantive o conceito visual em todas as páginas. Todo cabeçalho possui uma imagem ao fundo e o título da página centralizado, conforme a imagem a seguir.

Cabeçalho da página Quem somos
Cabeçalho da página Quem somos

Dica: para cada imagem inserida, adicione um texto alternativo para ela. Dessa forma, os leitores de tela podem “ler” a imagem para os usuários com problemas em vê-las. Esse texto também aparece quando uma imagem não é corretamente carregada pelo navegador. Basta clicar na imagem para ver a opção de texto alternativo. Escreva uma descrição da imagem que está inserindo (ex: pão sobre uma mesa de cor escura). Além disso, você também pode inserir legenda nas imagens que desejar

Criando seções com conteúdo

Abaixo do cabeçalho há um espaço em branco, onde o conteúdo deve ser inserido. Para facilitar a inserção do conteúdo, o Google Sites disponibiliza diversos layouts prontos para montagem da página. Basta escolher o layout desejado, clicar nele e editá-lo em seguida. Esta opção está disponível no menu direito do editor, na coluna “Inserir”.

Para montar uma página, utilize os layouts prontos do Google Sites
Para montar uma página, utilize os layouts prontos do Google Sites

Uma dica para montar uma página é usar títulos e intercalar textos e imagens. Dessa forma, o resultado fica mais interessante e menos monótono. Além de inserir seções (layouts), é possível também inserir imagens, caixas de texto, botões, divisores, carrossel de imagens, índices, entre outros. Abaixo está a página de exemplo que eu criei, usando alguns desses recursos.

Página “Sobre” do site fictício da padaria
Página “Sobre” do site fictício da padaria

Página de produtos e/ou serviços

Todo site de negócio — seja ele uma empresa, um prestador de serviços ou um profissional autônomo — precisa ter uma área para apresentar os produtos ou serviços oferecidos. Minha recomendação é que crie uma página dedicada a isso, porém essa regra pode ser quebrada se considerar que não há informação suficiente que a justifique.

Para exemplificar, criei a página “Nossos pães” e inseri uma pequena vitrine com os tipos de pães oferecidos. Para isso, usei um dos layouts prontos da ferramenta. Essa página pode ser mais extensa, caso haja muitos produtos ou serviços, ou ainda, conter subpáginas.

Página de produtos do site fictício da padaria
Página de produtos do site fictício da padaria

Página de Contato

Uma informação que não pode faltar em nenhum site são os dados de contato. Afinal, o visitante precisa conseguir entrar em contato, caso fique interessado no seu negócio. Como sugestão, podemos criar uma página e também inserir essas informações no rodapé, como veremos adiante.

No site da minha padaria fictícia, criei uma página para compartilhar diversas formas de contato: o endereço da padaria, os telefones (incluindo Whatsapp), o mapa, o horário de funcionamento e um formulário de contato. 

Basicamente, a página é composta de textos, um mapa e um formulário de contato. O texto você já sabe como inserir, então vamos ver como inserir um mapa e um formulário de contato.

Dica: se você tem um negócio local, vale a pena criar também uma página no Google Meu Negócio, para ser encontrado com mais facilidade nas pesquisas. Nesse artigo a gente explica o que é e como cadastrar sua empresa no Google Meu Negócio.

Inserindo um mapa

É muito fácil inserir um mapa no Google Sites. No menu lateral direito, basta acessar a seção “Inserir” e clicar em “Mapa”, como na imagem abaixo.

Menu do Google Sites aberto indicando o link para inserção de um mapa

Com a janela de mapas aberta, insira o endereço desejado e clique no botão “Selecionar”. O mapa então é inserido no site e pode ser movido e redimensionado como desejar. O visual do mapa é o padrão do Google e não pode ser alterado.

Insira o endereço no mapa para que ele apareça no site
Insira o endereço no mapa para que ele apareça no site

Inserindo um formulário de contato

É comum inserir um formulário pelo qual os visitantes podem entrar em contato. A maneira mais simples que encontrei de fazer isso no Google Sites é através do recurso de formulários do próprio Google. Ele está disponível no menu lateral, na seção “Inserir”.

Antes de inserir um formulário no site, é preciso criá-lo. Para isso, entre no seu Drive (onde estão armazenados os arquivos da sua conta Google) e clique em Criar > Formulários Google, como ilustrado abaixo.

Utilize o recurso de formulários do Google para inserir um formulário no Google Sites
Utilize o recurso de formulários do Google para inserir um formulário no Google Sites

Com o editor de formulários aberto, insira os campos desejados e personalize o layout, dentro das poucas opções oferecidas. Ao concluir, salve o formulário.

Exemplo de formulário de contato criado pelo Formulários Google
Exemplo de formulário de contato criado pelo Formulários Google

Após este passo, o formulário fica disponível na ferramenta do Google Sites. Lembrando que a conta Google precisa ser a mesma ou ter acesso ao formulário criado. Ao inserir o formulário, ele pode ser redimensionado e movido na página, de modo que fique harmônico. Embora sua aparência não seja das melhores, com um jeitinho ele fica ok no site.

Veja abaixo o resultado final da página “Onde estamos” que eu criei para o site da padaria.

Página de contato do site fictício da padaria
Página de contato do site fictício da padaria

Editando o rodapé

Outro recurso disponível aos usuários do Google Sites é a edição do rodapé. Sites maiores podem usar o rodapé para inserir um menu secundário, além do principal. Negócios locais podem repetir as informações de contato, para que fiquem acessíveis em todas as páginas. Enfim, são muitas as possibilidades de personalizar um rodapé.

No exemplo da padaria, optei por inserir o endereço e o horário de atendimento e também os ícones das redes sociais, de modo que a informação fique visível em todas as páginas.

Rodapé editado

Para editar o rodapé, basta clicar na área e inserir os elementos que desejar. Existe ainda a opção de ocultá-lo.

Para inserir os ícones das redes sociais no site é preciso clicar na opção “Incorporar” (na seção “Inserir”) e então colar um código HTML na janela. Se desejar, você pode utilizar a ferramenta AddThis, que é gratuita. Nela, a opção que utilizei foi a de “Follow Buttons”, que permite que os visitantes sigam as suas redes sociais. Todas as informações são inseridas no AddThis, que gera um código HTML para ser colado nessa janela.

Janela de inserção de código HTML do Google Sites
Janela de inserção de código HTML do Google Sites

Página inicial (Home)

Agora que temos as páginas internas prontas, podemos finalizar a construção da página inicial. O motivo pelo qual eu deixei ela por último é porque a home funciona como uma vitrine do site. É nela que destacamos o que há de mais importante.

Uma forma prática de garantir que os principais assuntos entrem na home é criar uma seção para cada página interna. E nela inserir as informações mais importantes, e também um botão ou link, permitindo que o visitante continue a navegação. Posteriormente você pode adicionar elementos exclusivos à home, para que ela fique ainda mais interessante.

Usando o site de exemplo, da padaria, a estrutura da home ficou assim:

  • Cabeçalho (que fizemos no início do tutorial).
  • Seção sobre a padaria (imagem, texto e botão para a página “Quem somos”).
  • Seção com carrossel de imagens da padaria (opcionalmente, pode-se inserir links nas imagens para páginas internas).
  • Faixa de texto convidando os usuários a visitar a padaria (com link para a página “Onde estamos”).
  • Seção sobre os produtos (imagem, texto e link para a página “Nossos pães”).
  • Seção de depoimento de clientes (texto em colunas).
  • Rodapé (texto e ícones de redes sociais, como nas demais páginas).

Essa estrutura é apenas uma forma de organizar uma página inicial. Na verdade, as possibilidades de personalização são muitas. Aproveite que os conteúdos podem ser facilmente duplicados, arrastados e redimensionados para experimentar à vontade.

Veja como ficou abaixo o resultado da página inicial que criei para o nosso site fictício (clique na imagem para vê-la ampliada).

Página inicial do site fictício da padaria
Página inicial do site fictício da padaria

Outras configurações disponíveis ao criar um site grátis no Google Sites

Apesar de ser uma ferramenta simples, o Google Sites oferece muitos recursos. Como não cheguei a demonstrar todos no tutorial, cito abaixo alguns que também considero importantes:

  • Inserção de vídeos do Youtube;
  • Incorporação de documentos, apresentações, gráficos e planilhas do Google;
  • Exibição de agenda;
  • Inserção de índice, botões e texto recolhível;
  • Configurações de compartilhamento do site; e
  • Configuração do Google Analytics.

Da lista acima, gostaria de destacar dois recursos, que valem uma explicação detalhada.

Compartilhamento do site com outras pessoas

Ao criar um site no Google Sites, ele pode ser público para qualquer pessoa ou visível apenas para um ou mais usuários convidados. Embora normalmente os sites fiquem visíveis na internet, este nem sempre pode ser o caso. Uma empresa pode criar um site com suas políticas internas e permitir que apenas os colaboradores o acessem.

Também é possível usar este recurso para convidar outros usuários a colaborar com o site. Isso permite que você tenha a ajuda de outras pessoas na criação e atualização do seu site.  

Para visualizar ou alterar o compartilhamento de um site, clique no ícone de compartilhamento, no menu superior do editor, ao lado do ícone de configurações. Com a janela aberta, selecione a opção de acesso desejada e clique no botão “Concluído”.

Compartilhamento do site permite torná-lo visível a todos ou apenas a convidados
Compartilhamento do site permite torná-lo visível a todos ou apenas a convidados

Análise com o Google Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita que mostra as estatísticas de visita ao seu site. Com ela é possível saber quantos usuários visitaram o site, de onde acessaram, qual dispositivo utilizaram, entre muitas outras coisas. Recomendo que a utilize em seu site.

Habilitar essa ferramenta no Google Sites é bem fácil. Basta acessar a área de configurações, clicar na seção “Análise” e então inserir o código de rastreamento do Google Analytics, no campo correspondente. A imagem abaixo ilustra esse passo. Caso ainda não tenha uma conta do Google Analytics, veja como criá-la neste tutorial do Google.

Janela de inserção do código do Google Analytics no Google Sites
Janela de inserção do código do Google Analytics no Google Sites

7. Publique o site

Finalmente estamos com o site pronto para ser publicado na internet. Agora vem o passo final: clicar no botão “Publicar”! 🙂

Neste momento, é hora de escolher um endereço para o seu site. Na versão com domínio gratuito, o endereço tem a seguinte estrutura: https://sites.google.com/view/ seguido do nome do seu site. No meu exemplo, seria https://sites.google.com/view/padariadopensador. Não é um endereço muito bonito, verdade? Mas é uma opção válida para quem quer criar um site grátis no Google Sites.

As demais configurações disponíveis antes da publicação são:

  • URL personalizado – aqui é inserido seu domínio personalizado, caso o tenha (se for o seu caso, recomendo seguir as instruções que darei adiante).
  • Quem pode ver meu site – defina aqui se o site deve ficar visível para qualquer pessoa ou restrinja a visibilidade apenas aos usuários convidados. Esta é a mesma opção de compartilhamento, que mencionei anteriormente.
  • Configurações de pesquisa – deixe o campo desabilitado se quiser que os mecanismos de busca (ex: Google) mostrem o seu site nos resultados de pesquisa. Caso não queira que o site fique visível, marque essa opção (pode ser útil enquanto você ainda está criando o seu site). A qualquer momento você pode alterar essa opção.
Após criar o site no Google Sites, é hora de configurar a publicação do site
Configurações de publicação do Google Sites

Com todas as configurações feitas, basta salvar e clicar em “Publicar”. Pronto, seu site finalmente está na internet. E o melhor, acessível em todos os dispositivos. Quer ver? Dá uma olhada em como ficou o site da nossa padaria. Se preferir, navegue no site! Ele tá publicado neste link. 🙂

Montagem do site criado no tutorial sobre como criar um site grátis no Google Sites
Montagem do site publicado e adaptado para os dispositivos smartphone, tablet e computador desktop

Como criar um site com domínio próprio no Google Sites

Como comentei, o endereço padrão dos sites publicados pela ferramenta do Google não é nada prático. Além de longo, é difícil de memorizar e de divulgar em materiais impressos e digitais. 

Para resolver esse problema é preciso usar um domínio personalizado, cuja estrutura é parecida com www.dominio.com. Além de ser mais interessante, é uma ótima maneira de dar um endereço profissional para o seu site.

Se você ainda não tem um domínio, pode registrar o seu em uma empresa especializada, por um valor de cerca de R$ 40 anuais. Há domínios ainda mais baratos, por menos de R$ 5, mas é preciso ficar atento ao valor de renovação. Nesse comparativo você conhece os melhores sites para comprar seu domínio.

Uma vez registrado o domínio, você já pode conectá-lo ao seu site. Para ajudá-lo nesse processo, siga nosso tutorial e configure seu domínio personalizado no Google Sites.

Prós e contras de criar um site grátis no Google Sites

Criar um site no Google Sites traz diversas vantagens e não é a toa que essa ferramenta tem tido sucesso entre muitos usuários. 

Entre as vantagens podemos citar:

  • Facilidade de uso;
  • Gratuidade;
  • Possibilidade de usar domínio personalizado;
  • Temas responsivos;
  • Certificado SSL gratuito (https); e
  • Integração fácil com outras ferramentas do Google.

Por outro lado, o Google Sites também possui diversas limitações, tais como:

  • Quantidade reduzida de temas;
  • Pouca liberdade para editar a aparência e os elementos do site;
  • Funcionalidades simples;
  • Inexistência dos recursos de blog e loja virtual; e
  • Integrações limitadas com ferramentas externas.

Em resumo, podemos dizer que o Google Sites é uma ótima ferramenta para criar um site simples e funcional. No entanto, para sites mais elaborados ou com funcionalidades específicas ele deixa a desejar. 

Caso precise de mais recursos ou flexibilidade, vale a pena considerar um criador de sites pago ou uma ferramenta como o WordPress. Conheça aqui os melhores criadores de sites ou veja como criar um site no WordPress.

Espero que tenha gostado deste tutorial e que ele te ajude a criar um site grátis no Google Sites. Se tiver alguma dúvida ou queira compartilhar suas impressões sobre a ferramenta, deixe um comentário e terei prazer em responder! 🙂

Tags: ,

Por:

Profissional de marketing com mais de 10 anos de experiência na área digital, já liderou e participou da criação de dezenas de sites e blogs, desde pessoais até de grandes empresas. É cofundadora e autora do Tudo sobre Hospedagem de Sites.

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados. Então, seu comentário não será exibido imediatamente após o envio.
Mas fique tranquilo(a), porque ele será respondido em breve. 😉