11 dicas para tornar a experiência do usuário (UX) incrível

dicas experiência do usuário

A experiência do usuário (UX) é um dos fatores mais importantes quando se pensa no sucesso de um site. Se ela não for agradável, o usuário não retornará e, de quebra, ainda terá uma impressão ruim do seu endereço virtual. Felizmente, algumas técnicas simples têm grande impacto, tornando esta experiência agradável e potencialmente fidelizadora. Por isso, veja a seguir 11 dicas para tornar a experiência do usuário incrível!

Coloque-se no lugar do usuário

Pense nos sites que você navega: o que você gosta em uma navegação? O que faz com que você retorne? Quais são os elementos atrativos? E o que faz com que você não queira voltar de jeito nenhum?

Ao responder essas perguntas, você se colocará na posição do usuário. Embora sua experiência pessoal não possa servir de parâmetro definitivo para seu site — afinal, deve-se pensar no visitante —, ao praticar esse exercício você conseguirá perceber quais são os pontos em comum de diversos sites atrativos, de modo a criar uma boa experiência para os seus próprios usuários.

Faça com que a navegação seja intuitiva

Se você já esteve em um site complicado, no qual se perdeu mais de uma vez, sabe o quão frustrante pode ser procurar uma informação, terminar com outra e não atingir seu objetivo inicial. Por isso, estruture e hierarquize seu site de modo que a navegação seja guiada e intuitiva.

Seu usuário precisa conseguir retornar a qualquer momento para uma página de interesse e precisa fazer isso de maneira fácil.

Ofereça uma busca funcional

Busca

Mesmo com a navegação intuitiva, seu usuário pode desejar procurar algo específico no seu site de maneira praticamente instantânea. Para isso, ele utilizará o campo de busca, então é melhor que esse campo esteja disponível e funcionando.

Um campo simples de busca normalmente é mais do que suficiente, mas é importante garantir que ele realmente ofereça resultados relevantes para que seu usuário encontre o que precisa mais facilmente.

Adapte o seu site ao mobile

Como não dá para saber se o usuário acessará seu site de um computador de mesa no trabalho ou do smartphone no metrô, é muito importante que seu site seja adaptado à navegação mobile.

Além de contar pontos a favor com o Google, isso permite que seu usuário possa entrar no seu site de qualquer lugar. Para isso, é necessário ter um design responsivo — ou seja, que funcione em todas as plataformas.

Garanta um carregamento rápido

Você tem cinco segundos para atrair e convencer seu usuário a ficar no seu site. Se ele demorar um segundo a mais para carregar, você terá 11% a menos de visualizações de páginas. Além disso, 25% dos usuários deixarão o site se ele demorar mais do que 4 segundos para carregar e 74% abandonarão seu site se ele demorar mais do 5 segundos para carregar na versão mobile.

Então, se você quer oferecer uma boa experiência será preciso garantir um carregamento rápido. Opte por elementos mais leves e não entupa o site de coisas de modo a favorecer a agilidade.

Use espaços em branco

Por falar em não entupir seu site, ele precisa “respirar”! E, para isso, os espaços em branco são os grandes aliados. Tanto no conteúdo em si como nos elementos visuais, você deve deixar alguns espaços em branco, sem nada para atrapalhar.

Isso cria um ponto de “descanso” para o usuário não ser bombardeado com informações e elementos demais, deixando a navegação mais fluida e confortável.

Tenha cuidado com o contraste

Bem no começo da internet, sites com fundo preto e fonte verde fluorescente eram tendências e até mesmo faziam sucesso. Entretanto, a menos que você queira regredir 20 anos no tempo, isso deve estar fora de questão.

Por isso, tome muito cuidado com o contaste, como entre cores muito vibrantes ou muito parecidas. Isso dificulta a leitura do site e prejudica a experiência. Na dúvida, opte por um fundo branco, ele é sempre melhor.

Ofereça conteúdo relevante e de qualidade

O seu usuário pode estar procurando uma informação, uma novidade ou mesmo uma forma de entretenimento ao entrar no seu site. Independentemente da motivação, ele busca por uma coisa: conteúdo.

Por isso, é importante que você ofereça conteúdo relevante e de qualidade. Se a questão é falar de produtos, garanta que estejam disponíveis especificações e informações, como fotos, detalhes e outras questões. Se o usuário está em busca de conteúdo produzido por você, ofereça a ele artigos e peças de qualidade e que o ajudem de alguma forma.

Corrija os links quebrados

Erro 404

Error 404: quem é que nunca encarou essa mensagem em um site? Embora isso seja natural, você não deve deixar que links quebrados, sobre os quais você já tomou conhecimento, permaneçam incorretos.

Assim, sempre que notar que um link não direciona para lugar nenhum ou que possui algum erro, conserte-o o mais rápido possível. Ah, e não se esqueça de criar uma página de erro funcional para quando essas situações inevitáveis acontecerem.

Não realize redirecionamentos inconvenientes

Muitos sites insistem em redirecionar o cliente para onde ele não deseja. Se o cliente clicou em determinado link, ele espera ir para algo relacionado ao que foi prometido. Se, em vez disso, ele é direcionado para algo que não tem nada a ver, o resultado é insatisfação e abandono de página.

Por isso, não realize redirecionamentos inconvenientes sob nenhuma hipótese e quando for redirecionar garanta que seja algo realmente relevante para o cliente — e sempre com a possibilidade de ele retornar para onde deseja.

Não foque apenas na conversão

Por mais tentador que seja criar um site repleto de chamadas para ação e estimulando a conversão a qualquer custo, é muito importante lembrar que do outro lado da tela estará uma pessoa com vontades e anseios a serem atendidos. Por isso, o ideal é não focar apenas na conversão, mas sim em garantir uma navegação humanizada e focada na máxima satisfação do cliente.

Isso se reflete em um site com visual bonito na medida certa, rápido, eficiente e principalmente útil ao propósito inicial de navegação. Assim, a conversão — qualquer que ela seja — se torna uma etapa natural.

Conclusão

Para tornar a experiência do usuário incrível você primeiro precisará pensar como um usuário. Em seguida, é preciso otimizar questões como navegação, tempo de carregamento e adaptação mobile e diminuir fatores como excesso de contraste, de elementos ou de redirecionamentos. Ao encontrar tal equilíbrio, seu site será muito mais atrativo e interessante para o usuário.

Você já coloca em prática alguma das dicas comentadas acima? Onde você anda errando na estratégia de seu negócio? Comente e participe!

Publicado originalmente em 12/06/2016 - Atualizado em 22/10/2017

Por:

Tudo Sobre Hospedagem de Sites é um site independente e que se propõe a ser exatamente o que sugere seu nome: uma fonte de conhecimento relevante sobre o universo de hospedagem de sites.

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados. Então, seu comentário não será exibido imediatamente após o envio.
Mas fique tranquilo(a), porque ele será respondido em breve. 😉