Manutenção de sites: tudo que você precisa saber

Manutenção de sites
Não é difícil fazer um site hoje em dia. Na verdade, é bem fácil, graças a empresas especializadas e ferramentas que permitem que o usuário de fato “monte” o seu site, mesmo sem conhecimento técnico. Apesar dessas soluções prontas, é importante ficar atento para que seu site, mesmo depois de publicado, não dê dor de cabeça. Estamos falando aqui de proteções contra vírus e pessoas mal-intencionadas, por exemplo.

No artigo de hoje, falaremos sobre práticas de manutenção de sites que precisam ser seguidas e revistas constantemente para que a sua página não esteja apenas protegida de situações indesejadas, mas para que também seja um sucesso. Vamos lá?

Segurança do website

Esse é um fator que nunca pode ser deixado de lado. Primeiramente, é preciso se certificar de que o servidor (onde o site será hospedado) é seguro. As maiores empresas de hospedagem possuem formas de proteção avançadas, além de equipes especializadas em segurança de rede, mas nem todas são assim. Portanto, certifique-se disso para não comprometer a segurança do seu site.

Mas de nada adianta exigir proteções no servidor, se a máquina que acessa o site é insegura. Não se esqueça de utilizar antivírus eficientes, além de senhas fortes — uma senha fraca é uma porta aberta para a perda do website. A segurança não se trata de apenas uma atitude isolada, mas de uma série de ações em conjunto.

Hospedagem

Para garantir o bom desempenho do site, é imprescindível escolher uma boa hospedagem. Dentre outras coisas, ela precisa oferecer os recursos necessários para o seu site funcionar, excelente suporte e um serviço de qualidade.

Há diversos aspectos que você também precisa avaliar em uma hospedagem, como segurança, tempo de disponibilidade, velocidade, entre outros. Para se aprofundar, acesse nosso comparativo com as melhores empresas de hospedagem e veja o que considerar na hora de contratar uma hospedagem para o seu site.

Backup

Todas as informações que constam em um website, — fotos, textos e dados, por exemplo — precisam estar seguras, pois se desaparecem, podem causar o mau funcionamento da sua página. A primeira coisa quando se fala em segurança é o backup. Não estamos falando de uma proteção que combata invasões ou vírus, mas de uma prática que faz cópias das informações do seu site para que, caso um problema ocorra, a recuperação seja feita com rapidez e facilidade.

Imagine uma situação onde o servidor em que a página está hospedada passa por algum tipo de pane que acarreta na perda de todos os dados. Se não existir um backup, todo aquele conteúdo estará perdido para sempre. Dependendo do site, a falta de backup pode acarretar o fim de um negócio.

Verificação de links

Todos os links do seu site precisam funcionar corretamente. Como estamos falando das ligações entre uma página e outra, é comum surgir alguns links quebrados com o tempo, seja por conta de erros técnicos no site ou por atualizações indevidas de conteúdo.

Quando isso acontece, o usuário não consegue acessar o conteúdo da página e vê um “erro 404”. Esta situação é frustrante para o visitante e por isso deve ser evitada ao máximo pelo dono do site. Sendo assim, verifique sempre se os links do seu site estão funcionando corretamente e faça correções sempre que necessário.

Páginas desatualizadas

O site é a versão online da sua empresa. Portanto, ter uma página desatualizada é como ter na vitrine da sua loja as peças da coleção passada. Não faz sentido, a não ser que a loja esteja em liquidação, não é mesmo?

Uma página com informações antigas ou incorretas cria uma imagem negativa da sua marca para o visitante do seu site. É como entrar em uma loja física e ver as prateleiras empoeiradas, desorganizadas e com preços errados. Imediatamente duvidamos que a empresa fará um serviço de qualidade.

Sendo assim, mantenha seu site sempre atualizado e com as informações corretas. Desta forma, você garante uma ótima impressão da sua empresa para os seus visitantes. 🙂

Velocidade

Se o seu site está rápido no momento em que ele é colocado no ar, não espere que ele esteja assim depois de um ano ou dois. Com o aumento do número de páginas, pode ser que ele fique cheio de fotos, vídeos e outros recursos, e por consequência, lento. O aumento de acessos simultâneos também é uma situação que pode atrapalhar a velocidade.

Não deixe de fazer testes de velocidade periodicamente. Pode ser que a página esteja lenta, dificultando o acesso de seus usuários sem você saber.

Vírus e ataques hacker

Podemos entender essa parte como um complemento ao tópico de segurança. Um ataque hacker acontece quando uma pessoa mal-intencionada descobre alguma brecha de segurança no seu website e começa a agir.

Os objetivos são diversos, mas podemos citar alguns: roubo de informações (que pode ser dados bancários de clientes ou informações de usuários), disseminação de malwares (instalam algo no seu site, que por sua vez infectará as máquinas dos usuários) ou o simples fato de destruir a sua página.

Uma coisa importante é trabalhar com ferramentas (programas) e plataformas bem documentadas e utilizadas por um grande número de pessoas, pois assim que surge uma brecha, ela é rapidamente fechada com uma atualização de sistema.

Dessa forma, em conjunto com backup e segurança do website, não deixe de manter todas as ferramentas do website atualizadas. Estamos falando da melhor forma de evitar que a sua página sofra algum tipo de ataque.

Manutenção de sites

Como você pôde ver, um trabalho bem organizado deve ser feito para manter a sua página segura e eficiente. Em muitos casos, a manutenção do site pode ser feita por conta própria, seguindo boas práticas de mercado, como as que apresentamos neste post.

Para sites maiores ou lojas virtuais, é recomendado ter um profissional dedicado que fique encarregado da gestão da página.

Dito tudo isso, nada de criar o website e deixá-lo parado, sem atenção. Se você está interessado em saber mais sobre a manutenção de sites, leia nosso artigo: O que é backup e por que isso é vital para o meu site? Boa leitura!

Publicado originalmente em 21/06/2016 - Atualizado em 15/03/2018

Por:

Tudo Sobre Hospedagem de Sites é um site independente e que se propõe a ser exatamente o que sugere seu nome: uma fonte de conhecimento relevante sobre o universo de hospedagem de sites.

4 Comentários

  1. Cícero Rodrigues de Almeida

    Vocês estão me cobrando coisas que eu não devo, nunca fiz assinatura nenhuma ou pedido do tipo de serviço que vocês oferecem. nem mesmo o nome a qual vocês se dirigem, não é o meu. Portanto tomem providencias para solucionar este problema. Não aceito tal débito

    Responder
    • Redação
      Equipe Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Cícero,
      Nós não prestamos nenhum tipo de serviço, pois somos apenas um site de conteúdo. Se puder fornecer mais detalhes sobre a sua cobrança, podemos tentar lhe ajudar a entrar em contato com a empresa responsável.
      Ficamos à disposição.

      Responder
  2. cris milioli

    Oi.. contratei uma empresa em fev. para fazer um site .. paguei caro 6.000$ e ela por sua vez demorou pra entregar e qdo entregou em agosto precisamente comecei a usá-lo e agora pedi para inserir um código para remarketing no site e ela alega que tem que pagar. Pois bem .. então pedi para fazer correção de umas coisas que estavam vindo erradas através do contato, e tbém negou.. vindo a se desvincular da hospedagem e de tudo dizendo para procurar outro pessoa que o faça. Tem alguma lei ou instrução que possam me dar. Obrigada

    Responder
    • Redação
      Equipe Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Cris!

      Você chegou a assinar algum contrato ou recebeu uma proposta por escrito que especificasse os serviços prestados após a entrega do site? Cada empresa ou profissional trabalha de uma forma, então depende muito do que foi acordado entre vocês. O que posso afirmar é que, uma vez que um site é entregue e aprovado pelo cliente, é comum que ajustes posteriores sejam cobrados. Há empresas que cobram mensalidades e em contrapartida oferecem um número de horas ou um pacote de ajustes que o cliente pode solicitar gratuitamente. Em outros casos, a empresa cobra de forma avulsa, apenas quando o cliente quer fazer algum ajuste. Por outro lado, se o site foi entregue com problemas, é responsabilidade da empresa corrigi-los gratuitamente. Afinal, você pagou por um site que funcione, e não que venha com erros.

      Minha recomendação seria que você tentasse um acordo com essa empresa. Mas se não conseguir e se sentir lesada, sugiro que converse com um advogado e veja se há alguma alternativa legal para isso. Outro caminho, talvez menos trabalhoso e oneroso, seria encontrar um profissional ou empresa para realizar esses ajustes. Dependendo de como o seu site foi construído (ex: WordPress), você terá uma oferta grande de profissionais para cuidar do seu site.

      Espero ter ajudado, mas qualquer dúvida entre em contato. Boa sorte! 🙂

      Responder

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados. Então, seu comentário não será exibido imediatamente após o envio.
Mas fique tranquilo(a), porque ele será respondido em breve. 😉