O que é WHM: conheça este poderoso painel de controle para servidores de hospedagem

Tela de computador com os logotipos WHM cPanel ao centro.

Se você possui um site e utiliza um serviço de hospedagem, existem grandes chances de já ter lidado com um painel de controle. Em geral, eles oferecem os recursos básicos para administrar sites e e-mails hospedados na conta. No entanto, aqueles que gerenciam múltiplos sites no mesmo servidor precisam de soluções de controle mais robustas. E uma delas se destaca capacidade de gerenciamento e pelos recursos. Estamos falando do painel WHM.

Também conhecido como cPanel WHM, este painel de controle de hospedagem está entre os mais robustos do mercado e recebe novas funções e atualizações frequentemente. Quer saber mais sobre o painel WHM? Continue acompanhando este artigo!

O que é WHM

WHM é um software para servidores de hospedagem Linux e que foi criado com o objetivo de facilitar — através de uma interface gráfica — a execução das diversas tarefas que envolvem a manutenção de um servidor de hospedagem. A sigla WHM vem de WebHost Manager, cuja tradução livre poderia ser gerenciador de hospedagem web.

Muito mais do que um simples painel de controle, o WHM permite o gerenciamento de diversos aspectos do servidor, como servidor DNS, emissoras de certificado SSL, pacotes de recursos, dentre muitos outros. E um grande diferencial do WHM é a capacidade de criar e gerenciar subcontas de hospedagem. Esse aspecto o torna ideal para revendedores de hospedagem ou empresas que possuem diversos sites no mesmo servidor.

WHM e cPanel

Gráfico exibindo o logotipo do WHM com linhas ligando-o a diversos logotipos do cPanel, de menor tamanho, na parte inferior da imagem

Para gerenciar contas de hospedagem contidas no servidor, o WHM disponibiliza, para o cliente final, o painel de controle cPanel. É comum encontrar, ao procurar por serviços de hospedagem mais robustos, como revenda, VPS e dedicados, a opção de painel de controle cPanel/WHM. Isso significa que este plano oferece o painel WHM e, através dele, pode-se criar contas de hospedagem independentes, com acesso ao cPanel.

Portanto, o WHM é o painel “mãe”, aquele que é usado no dia a dia para gerenciar os aspectos maiores do servidor de hospedagem. Já o cPanel é o painel “filho”, usado para gerenciar uma conta específica de hospedagem dentro do WHM. Dentro de uma única instalação do WHM é possível ter diversas instâncias do cPanel.

O usuário que possui acesso ao WHM pode acessar e administrar todas as contas cPanel existentes no WHM. O contrário não ocorre: o usuário que possui acesso a uma conta cPanel não tem acesso ao painel WHM. Esta lógica de funcionamento permite que os acessos a uma conta específica do cPanel possam ser distribuídos entre clientes ou profissionais cuja abrangência se restringe a determinado site ou conta de hospedagem.

Talvez você esteja pensando que o WHM, devido a este funcionamento, deveria ser utilizado apenas por revendedores ou empresas de hospedagem, certo? Errado! Na verdade, o WHM é bastante interessante para qualquer profissional ou empresa que pretende gerenciar servidores e serviços mais robustos, já que ele permite o gerenciamento de aspectos avançados do servidor.

Dependendo do caso, o WHM pode ter acesso root, o que amplia ainda mais suas capacidades de configuração. O fato dele ser usado para criar subcontas cPanel é realmente valioso para revendedores e empresas de hospedagem, mas pode ser igualmente interessante para empresas que possuem diversos sites no mesmo servidor. Além disso, como veremos, este é apenas um dos aspectos do poderoso painel de controle WHM.

WHM e WHMCS

Gráfico exibindo o logotipo do WHM com linhas ligando-o a diversos logotipos do cPanel, de menor tamanho, na parte inferior da imagem. Ao lado do logotipo do WHM, há o logotipo do WHMCS, no topo da imagem.

Além do cPanel, o WHM também possui outro “filho”. Trata-se do painel WHMCS. A sigla WHMCS representa WebHost Manager Complete Solution e este é um complemento do WHM voltado principalmente para empresas de hospedagem de sites e revendedores.

O WHMCS oferece um painel para gestão de clientes, cobranças automáticas, integração com serviços de registro de domínio, sistema de tickets de suporte, dentre outros. Além disso, o cliente final (cliente do revendedor) também tem acesso a um painel financeiro, onde pode controlar o serviço de hospedagem que contratou com o revendedor.

Ao contrário do cPanel, que está presente em todas as instalações do WHM, o WHMCS precisa ser instalado à parte e deve ser integrado manualmente ao WHM. Muitas empresas que oferecem planos de revenda, VPS e servidor dedicado com o WHM oferecem uma licença gratuita para o WHMCS. Caso isso não ocorra, a licença deve ser adquirida à parte.

Recursos gerais do WHM

O WHM é um painel de controle poderoso para servidores de hospedagem. Vamos conhecer a seguir, alguns de seus principais recursos. Vale mencionar que a lista de funcionalidades do WHM é extensa e não caberia em um único artigo. Vamos nos concentrar, portanto, naquelas que são mais úteis para o dia a dia do administrador da hospedagem.

Visão geral do painel WHM

A página inicial do WHM, acessada sempre após o login no painel, exibe uma visão geral das funções do painel. Na área principal da página, estão disponíveis links para o gerenciamento das contas de hospedagem presentes no painel e também para o gerenciamento do servidor.

Como podemos visualizar na imagem abaixo, tem-se acesso fácil às funções de criação de novas contas de hospedagem, listagem de contas, criação de pacotes de hospedagem, central de revenda, ferramentas de transferência e backups. Na área de gerenciamento do servidor, o gerenciador de processos, de serviços e o relatório de uso do disco (armazenamento) estão disponíveis.

Página inicial padrão do painel WHM
Página inicial padrão do painel WHM

A visão padrão do WHM é voltada principalmente para o gerenciamento das contas de hospedagem contidas no servidor. Se o usuário desejar ter este acesso inicial voltado para aspectos de gerenciamento do servidor, pode alterar a página inicial para a versão “clássica”. O link para esta visualização está disponível no canto superior direito da página e, uma vez selecionado, altera os links da página inicial. Dentre as funções exibidas na visualização clássica, estão links para a configuração do servidor, reboot, status do sistema, configuração de DNS, dentre muitas outras.

Veja, na imagem abaixo, a visualização clássica da página inicial do WHM.

Página inicial na visão “Clássica”
Página inicial do WHM na visão “Clássica”

É importante mencionar que todos os links da página inicial também estão disponíveis no menu lateral. A página inicial reúne apenas uma seleção de links úteis e importantes. Aliás, para aqueles que nunca usaram o WHM, o menu lateral é especialmente emblemático, pois ele possui uma miríade de opções e recursos. Dá para se ter uma noção do poder do WHM apenas visualizando as opções do menu lateral. A imagem abaixo exibe as opções do menu lateral do WHM na versão 84.

Menu lateral do WHM, com todas as seções fechadas
Menu lateral do WHM, com todas as seções fechadas

Cada um dos itens presentes no menu possui diversas subopções. É possível visualizar os sub-menus clicando diretamente no item ou abrir todos os subitens de uma só vez ao clicar na seta para baixo, presente no topo do menu lateral. A seta para baixo exibe todos os subitens, enquanto a seta para cima recolhe todos eles.

Funcionamento da abertura e fechamento de seções no menu lateral
Funcionamento da abertura e fechamento de seções no menu lateral do WHM

Os itens do menu lateral também podem ser filtrados utilizando-se a caixa de busca no topo do menu.

No topo do menu há uma caixa de busca, onde é possível filtrar as seções
No topo do menu há uma caixa de busca, onde é possível filtrar as seções

Agora que temos uma visão geral do painel WHM, vamos conhecer algumas das principais funções do WHM. Lembrando que seria impraticável abordar aqui todos os recursos do WHM, pois, como vimos, as opções são inúmeras. No entanto, acredito que ainda assim é possível ter uma boa ideia sobre o funcionamento do WHM nos tópicos a seguir.

Configurações gerais do servidor

O primeiro item visível no menu lateral do WHM é a seção de configurações do servidor. As configurações básicas do servidor devem ser realizadas nesta área, mais especificamente na opção Basic WebHost Manager Setup. Alguns dos recursos fundamentais do servidor são definidos aqui, como por exemplo o IP (v4 ou v6) e os nameservers do servidor.

Configuração básica do servidor
Configuração básica do servidor no painel WHM

Nos demais itens da seção, também é possível encontrar opções para alterar a senha root do servidor, configurar estatísticas de uso, cron jobs (tarefas recorrentes), entre outras. Um terminal também pode ser usado diretamente no navegador, sem a necessidade de configuração de acesso SSH em um terminal externo, embora esta opção também seja possível.

Um terminal com acesso root está disponível dentro do WHM
Um terminal com acesso root está disponível dentro do WHM

Há ainda a possibilidade de alterar as configurações padrão do servidor, como o número máximo de envio de e-mails por hora, opções do PHP, entre muitas outras.

Atualizações automáticas no WHM

O WHM possui a capacidade de realizar atualizações de versão automaticamente, o que facilita muito o dia a dia do administrador do servidor. Na seção de preferências de atualização (Update Preferences), pode-se escolher qual camada de lançamento será instalada automaticamente. A versão estável mais recente está configurada por padrão.

É possível definir a camada de versão que o WHM receberá a cada atualização
É possível definir a camada de versão que o WHM receberá a cada atualização

As atualizações estão configuradas para serem feitas automaticamente, mas isso pode ser alterado, se necessário. Mesmo com as atualizações automáticas, pode ser necessário reiniciar o servidor eventualmente, para a conclusão de determinada instalação. Este reboot é manual e, quando se faz necessário, um aviso é exibido no topo direito das páginas do painel.

Um aviso é exibido no topo direito do painel sempre que existe a necessidade de reinicialização para conclusão de atualizações
Um aviso é exibido no topo direito do painel sempre que existe a necessidade de reinicialização para conclusão de atualizações

O reboot do servidor é um procedimento que geralmente leva poucos minutos.

Controle e criação de contas de hospedagem (cPanel)

Como mencionamos anteriormente, o WHM gerencia diversos aspectos do servidor. No entanto, para poder efetivamente hospedar sites, é necessário criar uma ou mais contas de hospedagem. Estas contas recebem, cada uma, um painel cPanel próprio. O login desta conta cPanel pode ser enviado para eventuais clientes ou administradores da conta. O login de acesso ao cPanel não permite acesso ao painel WHM. No entanto, o usuário que administra o WHM tem acesso à todas as contas cPanel criadas no painel.

Ao acessar a área Account Information, no menu lateral, tem-se acesso a diversas funções relacionadas às contas de hospedagem presentes no servidor. A primeira subopção (List Accounts) exibe todas as contas cPanel existentes no servidor e também permite a criação de novas.

Lista de contas cPanel existentes na instalação do WHM
Lista de contas cPanel existentes na instalação do WHM

Para ter acesso ao cPanel de uma conta, basta clicar no ícone “cP”, na coluna cPanel. O acesso ao cPanel dispensa o uso de senhas para o usuário do WHM. Portanto, basta clicar no ícone para ter acesso a qualquer uma das contas cPanel existentes no servidor.

Painel cPanel acessado via WHM
Painel cPanel acessado via WHM

Para criar uma nova conta de hospedagem, basta selecionar a opção Create a New Account, no topo da lista de contas. Vale lembrar que, para a criação de uma nova conta, é necessário ter um pacote de hospedagem definido. Um pacote de hospedagem limita o uso do espaço em disco, transferência mensal, número máximo de contas de e-mail, entre outros aspectos. Este é um recurso especialmente interessante para revendedores ou para agências que possuem muitas contas de clientes no mesmo servidor.

Para a criação de um novo pacote de hospedagem, basta acessar a área Packages -> Add a Package. Se nenhum pacote de hospedagem tiver sido criado, o WHM cria a nova conta sob o pacote padrão, que possui todos os recursos ilimitados.

Seção para criação de pacotes de hospedagem
Seção para criação de pacotes de hospedagem

Personalização da interface do cPanel

A interface que estamos vendo nestas imagens é o layout padrão do WHM/cPanel. Porém, é possível entregar um painel cPanel completamente personalizado com o nome da empresa, logotipo e até mesmo com um estilo diferente. As opções de personalização estão disponíveis sob a área cPanel, no menu lateral.

Área para customização das contas cPanel
Área para customização das contas cPanel

Além disso, outros temas básicos para o cPanel estão disponíveis no painel, também sob a área cPanel. Pode-se escolher entre a interface básica (que é a que estamos vendo nestes exemplos), a escura (Dark), a clara (light) e a retrô.

Estilos disponíveis na instalação padrão do WHM
Estilos disponíveis na instalação padrão do WHM

Emissão e gerenciamento de certificados SSL

O painel WHM permite o gerenciamento completo de certificados SSL para todos os domínios existentes no servidor, o que inclui aqueles presentes em todas as contas de hospedagem cPanel. Através da ferramenta, é possível instalar certificados SSL emitidos e/ou adquiridos por terceiros e também gerar novos automaticamente. Os fornecedores de certificados SSL disponíveis por padrão são o Let’s Encrypt e o cPanel by Sectigo.

Opções de provedores de certificado SSL no WHM
Opções de provedores de certificado SSL no WHM

Na aba Manage SSL Hosts é possível visualizar todos os domínios e subdomínios existentes no servidor, bem como o status do certificado SSL de cada um deles.

Gerenciamento dos certificados SSL presentes no servidor
Gerenciamento dos certificados SSL presentes no servidor

Backups no WHM

O WHM possui uma seção de backups bastante completa e com inúmeras possibilidades de configuração. É possível criar uma rotina automática de backups em qualquer frequência desejada, escolher incluir todas ou apenas algumas contas cPanel, definir o tratamento das bases SQL, dentre outras funções. Estas opções estão disponíveis sob a aba Backup Configuration, no menu lateral.

Configuração de backups no WHM
Configuração de backups no WHM

Outro ponto interessante e fundamental para a realização de backups profissionais é a capacidade de enviar os backups para servidores externos. Dessa forma, se houver alguma falha física no servidor ou no disco, os backups estão a salvo em outro local. Aliás, enviar os backups para um servidor externo é altamente recomendado.

Após a realização de um backup, pode-se enviar o arquivo de backup para outro servidor usando diversos protocolos. Rsync, FTP e SFTP são alguns deles. Também é possível usar o Google Drive ou uma instância Amazon S3 para tal. Uma vez configurado, este processo é feito automaticamente, após cada backup.

Opções de envio dos backups para servidores externos
Opções de envio dos backups para servidores externos

Monitoramento do servidor

O WHM possui uma ampla capacidade de monitoramento do servidor, sendo possível definir serviços específicos para serem monitorados. O status destes serviços ficam visíveis no painel, sob a opção Service Status. Para facilitar a identificação de problemas, o administrador do WHM pode configurar alertas — por e-mail, SMS e outros canais — para ser avisado sempre que um serviço específico não estiver ativo. Outras opções de notificação também podem ser configuradas, como a expiração de um certificado SSL, suspensão de uma conta cPanel, limite de envio de e-mails excedido, apenas para citar alguns exemplos.

Status dos serviços no WHM
Status dos serviços no WHM

Também está disponível no painel o status do servidor web Apache e um log diário de processos e uso de CPU. Este log fica armazenado e é possível navegar pelo histórico, o que pode ser especialmente interessante para identificar eventuais anomalias no uso de CPU e o seu causador.

Log diário de processos do servidor
Log diário de processos do servidor

Na área System Health, a saúde do sistema pode ser monitorada, sendo possível visualizar todos os processos em andamento no servidor, bem como terminá-los diretamente pelo painel, sem que seja necessário acessar o terminal.

Gerenciador de processos do servidor
Gerenciador de processos do servidor

O relatório de uso do disco (armazenamento) também está disponível nesta seção.

Relatório de uso do disco no WHM
Relatório de uso do disco no WHM

Como obter o WHM

O WHM é um software pago, portanto, não é possível simplesmente instalá-lo em um servidor. Ele pode ser obtido de duas maneiras: através da compra de uma licença ou por intermédio de uma empresa de hospedagem.

A licença para uma instalação única do WHM custa 15 dólares por mês, sendo que o preço por instalação é reduzido gradativamente para empresas de hospedagem, de acordo com o número de instalações utilizadas. A compra de licenças é a melhor opção para empresas de hospedagem. Se você contratou um servidor (VPS, Cloud ou Dedicado), com acesso root não-gerenciado, esta também é a única forma de obter o WHM. Veja todas as licenças disponíveis aqui.

Para revendedores, agências, profissionais da internet ou para outros tipos de uso, o mais indicado é contratar um plano de hospedagem que inclui o painel WHM no pacote. Dessa forma, a empresa que fornece o serviço fica responsável pelo pagamento da licença. Empresas que possuem milhares de clientes, como é o caso das maiores empresas do ramo, pagam um preço bem mais em conta para uma licença individual.

É comum encontrar planos de hospedagem compartilhada que disponibilizam o cPanel como painel de controle. Nesta modalidade, entretanto, o WHM não está disponível, por se tratar de um plano com recursos limitados.

Para encontrar planos de hospedagem que utilizam o WHM, deve-se procurar por serviços mais robustos, como Revenda, VPS, Cloud e Servidor Dedicado. Vale mencionar também que o nível de permissões do WHM pode variar, dependendo do plano escolhido. Somente o WHM com acesso root permite a configuração total de todos os recursos do servidor. Esta modalidade (root), geralmente não está disponível em planos de revenda compartilhados, mas apenas em planos mais robustos de VPS e Dedicado.

Conclusão

Como vimos, o WHM é um poderoso painel de controle para gerenciar servidores de hospedagem. Altamente recomendado para quem deseja revender serviços de hospedagem, o sistema também atende muito bem aqueles que precisam gerenciar serviços de hospedagem mais robustos, como VPS e servidores dedicados.

Se você está procurando por uma hospedagem que inclua o WHM no pacote de serviços, confira as melhores opções em custo-benefício para Servidores Virtuais Privados (VPS), Revenda de Hospedagem e Servidores Dedicados. Aproveite também nossos descontos exclusivos antes de contratar. 😉

Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário e será um prazer ajudá-lo(a)!

Tags:

Por:

Designer, desenvolvedor web, músico — e um dos fundadores do Tudo Sobre Hospedagem de Sites. Desde 2010 vem atuando na área de hospedagem de sites, tendo ajudado centenas de pessoas a encontrarem as melhores soluções para seus projetos online. É um entusiasta do WordPress e acredita que a Internet pode transformar a vida das pessoas através do conhecimento. Desde 2013 compartilha sua experiência sobre hospedagem e criação de sites no TSHS. É responsável pela área de infraestrutura e desenvolvimento do site e autor dos artigos e tutoriais técnicos do blog.

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados. Então, seu comentário não será exibido imediatamente após o envio.
Mas fique tranquilo(a), porque ele será respondido em breve. 😉