Erros comuns ao construir um site

Erros comuns ao construir um site
Construir um site é uma ótima ideia, mas pode parecer difícil para quem está fazendo pela primeira vez. É importante seguir algumas regras, que apesar de simples, podem passar despercebidas por aqueles estão começando na internet. Para ajudá-lo, mostraremos neste artigo alguns erros comuns que devem ser evitados ao construir um site.

Os tópicos que abordaremos neste artigo estão resumidos no infográfico abaixo. Continue a leitura e aprenda mais sobre cada um deles!

Erros comuns ao construir um site - infográfico

1. Navegação complicada

Não adianta ter um site, se os seus visitantes não encontrarem o que estão procurando. Isso acontece quando as seções não estão claras, os links parecem escondidos, os botões não estão visíveis e tudo parece fora do lugar.

Para organizar a navegação de um site é preciso que haja lógica e senso comum. Você já reparou que algumas estruturas se repetem em praticamente todos os sites? Essas boas práticas devem ser seguidas na hora de construir um site, para garantir uma experiência melhor para quem acessa.

Como acertar:

Mantenha o cabeçalho, o rodapé e o menu de navegação consistente em cada página. O usuário precisa conseguir acessar seu conteúdo com o menor número de cliques possível. Veja no site abaixo que o logotipo do site está no cabeçalho, seguido abaixo pelo menu do site. este é um ótimo exemplo de navegação fácil.

construir um site

2. Excesso de informação na home

A página inicial (home) frequentemente é a primeira página que os seus visitantes verão ao acessar o seu site. Por conta disso, é a sua oportunidade de causar uma boa impressão e fazer com que os visitantes continuem navegando. Se a sua home tiver muita informação e for visualmente poluída, é provável que eles se sintam desconfortáveis e abandonem o seu site.

Como acertar:

Hoje em dia, menos é mais. Você até pode oferecer muito conteúdo de qualidade em seu site, mas deve exibi-lo de uma forma simples e organizada. Na home, procure inserir menos texto e faça um uso equilibrado de imagens. No site abaixo, temos uma área principal destacando uma oferta e três seções menores com outras ofertas. Em todas elas há um bom equilíbrio entre imagem e texto.

conteudo-organizado-ok

3. Inexistência de chamada para ação

Ao construir um site, é importante que você tenha um objetivo. Quando o visitante acessa o seu site, qual ação você quer que ele tome? Talvez você queira que ele compre seu produto, faça um download, cadastre-se na sua newsletter ou compartilhe seu conteúdo? Um erro comum é não deixar o objetivo claro no site, fazendo com que o usuário fique confuso, sem saber o que fazer.

Como acertar:

Para ajudar o seu visitante a fazer o que você espera dele, tenha uma chamada para ação no site. Ele pode estar representado na forma de link ou botão e costuma trazer uma mensagem simples e direta como “Compre”, “Veja os produtos”, “Cadastre-se”, “Agende uma consulta” etc.. No site do Wix, o objetivo é fazer com que você inicie a criação do site, por isso usam um botão de destaque na página.

chamada-para-acao-ok-2

4. Conteúdo desatualizado

O seu site é a sua vitrine, portanto não dê a impressão aos visitantes de que você publicou o site e nunca mais o atualizou. Da mesma forma, os usuários querem ter certeza de que, ao entrarem em contato através do site, você de fato retornará. Ninguém perderá tempo fazendo isso se acreditar que o site está abandonado.

Além disso, a atualização do conteúdo do seu website também afeta o modo como você é ranqueado pelos mecanismos de busca. Quanto mais recente é o seu conteúdo, mais frequentemente ele é indexado pelo Google. Mesmo que seu site sirva apenas como um cartão de visitas, garanta ao menos que a data do copyright esteja atualizada no rodapé da página.

Como acertar:

Planeje-se para atualizar o seu site com alguma frequência, mesmo que não tenha muitas novidades. Se o seu site é institucional, troque algumas imagens ou mude o conteúdo em destaque. No mundo real, nenhum negócio tem sucesso se não estiver atualizado. O mesmo vale para o mundo virtual. Uma loja não troca sua vitrine com frequência? Renove sua “vitrine” na internet também. Ela é o seu melhor cartão de visitas.

5. Publicar o site sem revisão

Depois de tanto tempo envolvido com a criação do seu site, é comum que você deixe de notar pequenos erros no conteúdo relacionados a digitação, links quebrados, elementos desalinhados, entre outros detalhes. Publicar seu site sem revisão pode transmitir uma imagem negativa e de descuido da empresa, se houver erros e links quebrados no site.

Como acertar:

Por isso, antes de publicar o seu site, revise todo o conteúdo e depois peça à uma ou mais pessoas para fazerem o mesmo (de preferência com o perfil do seu público-alvo). Como ainda não estão familiarizadas com o seu site, essas pessoas poderão trazer uma nova perspectiva sobre o site e quem sabe novas sugestões de melhoria para o seu layout.

Depois disso, seu site já estará pronto para o sucesso! Se você quer criar um site, mas não sabe como começar, conheça o criador de sites, uma ferramenta útil para quem quer criar um site por conta própria, mas não tem conhecimento técnico.

Imagens: Wix

Por:

Tudo Sobre Hospedagem de Sites é um site independente e que se propõe a ser exatamente o que sugere seu nome: uma fonte de conhecimento relevante sobre o universo de hospedagem de sites.

2 Comentários

  1. Silvinha

    Oi!
    Há muito venho tentando vender na internet mas, não adianta ter um site e não conseguir colocar um botão de venda por cartão de crédito. Como faço isto? Dá p fazer no site do facebook? Se for um site independente, qual é a ordem…comprar um domínio com um, hospedagem com outro…qual a ordem? Acontece q só me interesso se puder fazer a venda online com cartão de crédito, de forma q caia no meu banco real, então isto é o principal, pq senão não vale a pena pagar nada.

    Obrigada,

    Silvinha.

    Responder
    • Redação

      Olá, Silvinha!
      Você precisa de um método de pagamento em seu site. Desenvolver algo do tipo sem ter conhecimento técnico pode ser muito complicado. Felizmente existem soluções prontas para vender online. Se você quiser apenas um botão de venda, pode usar uma solução como o PagSeguro, Mercado Pago ou o PayPal. Essas ferramentas também permitem que você crie um link de cobrança, ou seja, poderia vender pelo Facebook e gerar um link para o cliente pagar.
      Se você quiser uma loja online completa, pode dar uma olhada neste artigo: Plataforma de e-commerce SaaS.
      Outra alternativa é você criar um site e usar uma ferramenta como as que citei acima para fazer a cobrança.
      Vale lembrar que, em todos os casos, o meio de pagamento ficará com um percentual das vendas. Portanto, é interessante estudar as taxas para escolher aquele que seja mais interessante para você.
      Espero ter ajudado. Se tiver outras dúvidas, basta entrar em contato!
      Um abraço.

      Responder

Deixe um comentário