Gerenciador de arquivos da hospedagem: o que é e para que serve

Gerenciador de arquivos da hospedagem

Durante a administração de um site, seja ele pessoal ou profissional, em muitos momentos será necessário interagir com os arquivos que estão no servidor de hospedagem. Criar, editar ou apagar arquivos existentes na hospedagem podem ser tarefas necessárias, assim como fazemos em um computador pessoal.

Operações corriqueiras como as mencionadas acima podem ser realizadas de muitas maneiras. Uma delas é através do gerenciador de arquivos da hospedagem. Trata-se de uma ferramenta simples e intuitiva que permite realizar diversas operações nos arquivos de sua hospedagem.

Quer saber como funciona o gerenciador de arquivos da hospedagem e o que é possível fazer com ele? Continue acompanhando este artigo.

O que é um gerenciador de arquivos

Um gerenciador de arquivos é um programa cuja finalidade principal é administrar os arquivos do sistema, como o próprio nome sugere. Ele é encontrado na maioria dos sistemas operacionais da atualidade, o que inclui computadores pessoais, smartphones, tablets e também em servidores de hospedagem, para citar apenas alguns exemplos.

Neste artigo vamos tratar apenas no gerenciador de arquivos presente em uma hospedagem. Este tipo específico de gerenciador pode ser acessado utilizando qualquer navegador de internet (ex.: Chrome, Firefox, Internet Explorer). Sua finalidade, como vimos, é a administração dos arquivos no servidor.

A interface do gerenciador de arquivos costuma ser amigável ao usuário. Apesar do design da interface variar de uma empresa para outra, os ícones geralmente são facilmente reconhecíveis, pois tratam-se de elementos semelhantes aos usados em um computador pessoal. Assim, até mesmo usuários que estão usando pela primeira vez o sistema não terão dificuldades em reconhecer a maior parte dos ícones e botões de ação.

Gerenciador de arquivos da UOL Host

Gerenciador de arquivos da UOL Host

Qual o papel do gerenciador de arquivos na hospedagem

A função do gerenciador de arquivos da hospedagem é a de administrar todos os arquivos presentes no servidor de hospedagem, como o próprio nome já diz. Através dele é possível realizar diversas tarefas, como subir e baixar arquivos do servidor, editar, mover, apagar, renomear, entre muitas outras.

Para usuários que não são da área de tecnologia, o gerenciador de arquivos pode ser uma mão na roda no processo de publicação de um site. Vamos usar como exemplo, o recurso de baixar e subir arquivos. Esta função (upload/download), por si só, já é de grande utilidade, pois pode ser usada em substituição a recursos mais complexos, como um programa de FTP ou o intimidador terminal de comandos, para acesso SSH. A capacidade de enviar arquivos para o servidor permite, por exemplo, que um site armazenado em seu computador possa ser publicado na internet através do gerenciador de arquivos.

Além disso, nenhum programa especial precisa ser instalado para se usar o gerenciador de arquivos da hospedagem. Ele pode ser usado com qualquer um dos mais populares navegadores de internet, como por exemplo o Chrome, Firefox, Microsoft Edge, Opera, entre outros.

Como acessar o gerenciador de arquivos

Para usar o gerenciador de arquivos da hospedagem, o usuário deve primeiramente acessar o painel de controle da sua hospedagem. Para isso é necessário ter em mãos o login e a senha do painel de controle. A localização do recurso pode variar dependendo do painel de controle utilizado, mas certamente ele será encontrado no painel, caso este recurso seja oferecido pela empresa de hospedagem.

Link para o gerenciador de arquivos do cPanel

Link para o gerenciador de arquivos do cPanel

Vale mencionar que nem todas as empresas possuem um gerenciador de arquivos à disposição, mas a maioria oferece o recurso. Em hospedagens que contam com o painel de controle cPanel, por exemplo, este é um recurso padrão. Mesmo entre as hospedagens com painel de controle próprio o gerenciador de arquivos costuma estar disponível.

Como exceção, podemos mencionar serviços para usuários mais avançados, como hospedagem VPS, servidor dedicado ou cloud. Geralmente, nesse tipo de hospedagem, o gerenciador de arquivos não está disponível por padrão. Mas isso não é um problema, porque estes serviços são voltados para usuários mais avançados e que utilizam outras ferramentas para administrar os arquivos do servidor.

Operações comuns no gerenciador de arquivos da hospedagem

Quando mencionamos o gerenciador de arquivos de uma hospedagem não estamos falando de um programa específico e padronizado. À exceção do cPanel, que é usado por diversas empresas, podemos encontrar diferenças entre os gerenciadores de arquivos de cada empresa.

Gerenciador de arquivos da Hostinger

Gerenciador de arquivos da Hostinger

Apesar disso, podemos listar tarefas comumente encontradas em um gerenciador de arquivos de hospedagem. Mesmo em casos nos quais a interface muda de uma empresa para outra, os recursos citados abaixo geralmente estão presentes em todas elas, por se tratar do propósito principal da ferramenta. São eles:

  • Transferir arquivos entre o seu computador e o servidor de hospedagem (download/upload);
  • Excluir (apagar) arquivos do servidor;
  • Criar arquivos e pastas no servidor;
  • Editar arquivos do site (código-fonte);
  • Mover arquivos para uma pasta diferente da atual;
  • Renomear arquivos e pastas;
  • Copiar arquivos e pastas (duplicar);
  • Alterar permissões dos arquivos e pastas;
  • Visualizar o conteúdo de arquivos;
  • Compactar/descompactar arquivos;
  • Visualizar a estrutura de pastas do servidor.
Ações disponíveis do gerenciador de arquivos do cPanel

Ações disponíveis do gerenciador de arquivos do cPanel

Limitações do gerenciador de arquivos da hospedagem

Apesar de oferecer recursos de grande utilidade, o gerenciador de arquivos nem sempre é a ferramenta mais adequada para a realização de determinadas tarefas. Quando estamos lidando com arquivos muito grandes ou um grande número de arquivos para serem transferidos, o gerenciador de arquivos pode não ser o mais indicado.

Essa limitação se deve ao fato de que as transferências são feitas via HTTP em um gerenciador de arquivos web. Este é o protocolo usado para navegação em sites na internet e ele não foi feito com a finalidade de transferência de arquivos. Para isso, o protocolo indicado é o FTP, que é o acrônimo de File Transfer Protocol, ou Protocolo de transferência de arquivos, em português.

Tela de upload de arquivo - cPanel HostGator

Tela de upload de arquivo – cPanel HostGator

Além disso, o gerenciador de arquivos também possui limitações referentes à linguagem de programação e ao servidor onde está hospedado. Isso pode interferir, por exemplo, na quantidade de memória disponível para a transferência dos arquivos, que pode ser inferior à necessária para a realização de determinadas operações.

O usuário que chegar próximo ao limite de uso da ferramenta poderá experimentar lentidão na navegação, baixa velocidade de upload/download e até mesmo a interrupção das transferências. Esse tipo de acontecimento certamente contribui para a perda de produtividade na realização de tarefas que deveriam ser simples e corriqueiras. Nesse caso, deve-se optar por outras ferramentas, como um programa de FTP ou acesso SSH.

Para quem o gerenciador de arquivos da hospedagem é indicado

O gerenciador de arquivos é indicado para qualquer pessoa que precisa administrar os arquivos do servidor de hospedagem e que deseja uma interface amigável para isso. Especialmente pessoas que não são da área de TI e não possuem conhecimento técnico avançado vão se beneficiar com o gerenciador de arquivos da hospedagem.

Como mencionamos anteriormente, usuários com conhecimento intermediário/avançado terão mais agilidade no dia a dia ao optar por ferramentas mais parrudas, como um programa de FTP ou o terminal.

Conclusão

Neste artigo, apresentamos o gerenciador de arquivos de uma hospedagem de sites. Esta ferramenta cujo objetivo é administrar os arquivos presentes em um servidor, pode ser encontrada na maioria das empresas de hospedagem de sites da atualidade.

Vimos também que, apesar de sua facilidade de uso, o gerenciador de artigos pode não ser a ferramenta mais indicada para todos os cenários, principalmente quando precisamos transferir arquivos muito grandes ou uma grande quantidade deles.

Se você está se sentindo confiante e quer dar uma passo adiante na administração da sua hospedagem, leia o artigo Entenda o que é FTP e como usá-lo no seu site.

Ficou com alguma dúvida ou possui algo a acrescentar? Deixe um comentário e participe!

Por:

Designer, desenvolvedor web e um dos fundadores do Tudo sobre Hospedagem de Sites. Entusiasta do WordPress e apaixonado por tecnologia em geral. Acredita que a internet está ajudando a tornar o mundo um lugar melhor de se viver. =)

Deixe um comentário