Domínio para ONG: tudo o que você precisa saber para registrar o seu

Domínio para ong - tudo o que você precisa saber

Estar presente na internet tem se tornado cada vez mais importante para as organizações — inclusive para aquelas sem fins lucrativos. O motivo é claro: por intermédio da web é possível dar maior visibilidade à ONG, arrecadar recursos para projetos e aumentar o engajamento com o público, entre outras atividades.

Para isso, um dos primeiros passos é registrar um domínio para a organização. O domínio é um endereço personalizado que serve para que as pessoas acessem uma página na Internet. Para exemplificar, vamos imaginar que registramos o domínio minhaong.org.

Além de ser o endereço do site da ONG, o domínio também permite criar contas de e-mail profissionais para os colaboradores da organização. Portanto, usando o nosso exemplo, seria possível criar e-mails com o final @minhaong.org (em vez de um endereço gratuito, como @gmail.com).

Se você atua em uma organização sem fins lucrativos, veja a seguir quais são as extensões de domínio mais indicadas e como estabelecer uma presença online para a sua ONG.

Extensões de domínio para ONGs

Atualmente existem mais de 1500 extensões de domínio no mundo. No entanto, nem todas estão disponíveis para registro. Algumas são destinadas à empresas (ex: .bradesco), enquanto outras extensões atendem a segmentos específicos (ex.: .app.br, para aplicativos).

Esse também é o caso das organizações não governamentais, que possuem categorias de domínio apropriadas para esse tipo de organização. Não quero, com isso, dizer que não é possível uma ONG registrar um domínio .com, por exemplo. É perfeitamente possível fazê-lo. O que pretendo mostrar é que há opções mais adequadas e recomendadas.

Conheça a seguir quais são as extensões de domínio para ONGs e descubra qual delas é ideal para a sua organização.

.ORG.BR – extensão brasileira popular, porém restrita à ONGs formais

O .org.br é uma das mais populares extensões de domínio para ONG. Lançado em 1991 pelo Registro.br — entidade que controla e gerencia todos os domínios terminados em .br —, o .org.br tem sido a principal escolha entre as ONGs brasileiras. Há mais de 50.000 domínios ativos nesta categoria.

Por trás dos sites que utilizam o domínio .org.br estão organizações conhecidas e respeitadas, como é o caso do Instituto Alana (alana.org.br), apenas para citar um exemplo. O .org.br também é utilizado por associações comerciais e industriais (ex: Sesi, Senai), institutos e centros comunitários (ex: ICOM Floripa, CVV), fundações de empresas (ex: Fundação Bradesco), conselhos regionais (ex: OAB, CREA, CIEE), entre outros.

Captura de tela da página inicial do instituto Alana
O Instituto Alana utiliza um endereço com final .org.br.

Destinado exclusivamente a instituições não-governamentais sem fins lucrativos, o .org.br é uma das categorias nacionais que apresenta restrição no registro, assim como o .gov.br, o .edu.br e alguns outros. Para registrar um domínio .org.br é obrigatório apresentar documentação jurídica que comprove a natureza da instituição não governamental sem fins lucrativos.

Domínio .org.br custa R$ 40 por ano no site do Registro.br
Domínio .org.br custa R$ 40 por ano no site do Registro.br

Segundo informado nesta página do Registro.br, é analisado o registro do CNPJ na Receita Federal Brasileira, para verificar se a razão social, o nome fantasia e as atividades econômicas autorizadas são compatíveis com a categoria pretendida (e em alguns casos, com o nome de domínio pretendido).

Embora haja restrição no registro, o grande diferencial desta categoria de domínio é que ela confere grande credibilidade ao site da ONG, uma vez que para usar a terminação .org.br é preciso comprovar a finalidade da organização.

.ONG.BR – extensão brasileira nova e sem restrições

Lançado no segundo semestre de 2018, o domínio .ong.br oferece menos restrições no registro, e por isso atende a um número maior de organizações não governamentais brasileiras. A iniciativa é do NIC.br — Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR —, que entre outras atividades, controla o Registro.br.

ONGs, associações, comunidades e projetos voluntários de todos os tipos estão entre os que utilizam essa extensão de domínio. Um exemplo é este projeto voluntário de resgate, reabilitação, abrigo e adoção de animais em Minas Gerais: projetocaomer.ong.br.

Captura de tela da página inicial do site do projeto cãomer
Projeto cãomer é voltado para as causas animais e usa um domínio .ong.br

Em menos de dois anos desde o seu lançamento, a categoria já conta com quase 2.000 registros ativos. Apesar do número ainda pequeno, o .ong.br tem tudo para se tornar popular. Além de ser uma ótima extensão de domínio para ONG, quase não oferece restrições para registro e tem uma anuidade de R$ 40, se feita pelo próprio Registro.br.

O domínio .ong.br pode ser registrado tanto por pessoas físicas quanto pessoas jurídicas, bastando apresentar um CPF ou um CNPJ. Sendo assim, qualquer grupo, comunidade ou pessoa que tenha uma causa pode ter um site com o final .ong.br. Considerando a enorme quantidade de iniciativas beneficentes informais no país, essa extensão de domínio é ideal para esse grupo.

Por outro lado, as entidades registradas em .org.br seguem protegidas, uma vez que seus nomes de domínio com final .ong.br só podem ser registrados pela própria organização (ex.: o domínio alana.ong.br só pode ser registrado pelo proprietário do domínio alana.org.br).

.ORG – extensão genérica usada por organizações de todo o mundo

A extensão .org é bastante antiga e popular, tendo sido lançada em 1985. Até o momento, já foi usada por mais de 10 milhões de websites em todo o mundo, de diversos segmentos.

Sua popularidade é ainda maior por ser um domínio internacional. Veja que o .org não está associado a um país, como no caso do .org.br, que está diretamente ligado ao Brasil. Para se aprofundar sobre o assunto, confira o artigo: O que é TLD, gTLD e ccTLD?

Por não oferecer nenhuma restrição, o .org é utilizado por diferentes tipos de organizações e indivíduos interessados em ter um domínio nessa extensão. Ainda assim, durante décadas o .org foi a extensão escolhida por organizações não governamentais de todo o mundo e até hoje é o endereço de ONGs renomadas, como o WWF e a Wikipédia (pt.wikipedia.org).

O domínio internacional .org custa entre R$ 25 e R$ 50 por ano e está disponível em diversas empresas de registro de domínio.

Página inicial do site br.wikipedia.org
Wikipédia é um exemplo de site que utiliza o domínio .org

.NGO/.ONG – extensão internacional nova, porém restrita

Os domínios .ngo e .ong foram lançados em 2015 exclusivamente para organizações não-governamentais de qualquer lugar do mundo. Ao contrário do .org, nenhum outro tipo de organização pode registrar um domínio nessa extensão.

Os termos NGO e ONG têm o mesmo significado, porém em idiomas diferentes. NGO é o acrônimo de non-governmental organization enquanto ONG é a variação para os idiomas espanhol, francês, italiano, românico e português. No Brasil, ONG significa organização não-governamental.

Logotipos das extensões .ong e .ngo
Logotipos das extensões .ong e .ngo

Ambas as extensões são vendidas em conjunto. Sendo assim, ao registrar um domínio .ong, automaticamente é reservado o mesmo domínio com final .ngo, e vice-versa. Dependendo da sua área de atuação, você pode usar as duas extensões para atender a públicos de países diferentes.

Para registrar um domínio .ngo/.ong é preciso passar por um processo de verificação, onde é necessário comprovar que é uma entidade não-governamental legalizada. A organização pode estar localizada em qualquer lugar do mundo e ser de qualquer área de trabalho. Apenas é preciso que ela atenda aos seguintes critérios:

  • Atuar com base no interesse público.
  • Ser uma organização sem fins lucrativos.
  • Não ser controlada por um governo.
  • Ser independente e apartidária.
  • Estar em funcionamento.
  • Ser uma organização estruturada.
  • Cumprir a legislação.

Para ver todos os detalhes sobre os critérios de elegibilidade, acesse este link da PIR (Public Interest Registry).

As ONGs que registram domínios .ngo/.ong também são incluídas na comunidade OnGood, que reúne outras ONGs e é parte da PIR, entidade responsável por essas extensões.

Qual extensão de domínio escolher para sua ONG

O primeiro passo para identificar qual domínio é apropriado para a sua organização é verificar como a ONG está constituída.

ONG informal, comunidade ou pessoa física

Caso seja uma ONG informal ou algo mais simples — como apenas uma comunidade ou pessoa em torno de uma causa —, existem duas opções interessantes: o .ong.br e o .org.

Nenhuma dessas extensões oferece restrição e podem ser registradas por organizações e pessoas diversas. Outras questões podem fazer com que uma ou outra opção seja melhor, como o preço, a associação do endereço com o país (.br) e a possibilidade de ter privacidade do domínio (este disponível somente em extensões internacionais, como o .org). Cabe a você avaliar e identificar o que é mais apropriado.

ONG formalmente constituída e em atividade

Caso seja uma ONG legalizada e com a documentação em dia, é interessante registrar em uma extensão mais restrita, uma vez que confere mais credibilidade a este tipo de organização. Neste caso, somam-se às demais opções as terminações .org.br e .ngo/.ong.

A extensão .org.br é a mais utilizada por ONGs formais no Brasil, e a mais fácil e barata para registrar, por isso indicaria como sendo a melhor opção. Salvo se for uma ONG com atuação global e que precisa de um endereço internacional, não considero o .ngo/.ong uma alternativa interessante. Até mesmo por conta do preço, como falarei adiante.

Quanto custa e onde registrar um domínio para ONG

O valor de um domínio muda conforme a extensão escolhida e também conforme a empresa que está fazendo o registro. Mas para dar uma ideia, apresento abaixo uma referência de valores de mercado nesse momento:

  • .org.br e .ong.br – R$ 40 por ano pelo Registro.br (entidade que mantém os domínios .br).
  • .org – R$ 26,99 no 1º ano, pela HostGator, com renovação a R$ 44,99.
  • .ong/.ngo – US$ 25,99 por ano, pela enom.
Página de registro de domínios no site da HostGator
Página de registro de domínios no site da HostGator

Compare outras opções neste ranking de empresas de registro de domínio.

É possível conseguir um domínio gratuito para ONGs?

Muitas ONGs vivem com poucos recursos e nem sempre podem arcar com custos como o de um domínio ou uma plataforma para manter um site no ar. Por isso, qualquer ajuda nesse sentido é muito valiosa.

Infelizmente não existe —  pelo menos eu desconheço — uma forma de conseguir um domínio personalizado de forma gratuita para ONGs. Talvez possa haver alguma organização disposta a cobrir os custos de registro, mas desconheço qualquer iniciativa feita pelas empresas que registram domínio.

Se a sua ONG não tiver recursos para manter um domínio personalizado, recomendo que não deixe de criar um site para ela por causa disso. Utilize uma plataforma de criação de sites gratuita e tenha um endereço personalizado dentro do domínio da ferramenta (ex: minhaong.wordpress.com). Não é o endereço mais bonito, mas cumpre a mesma finalidade. O Wix, o WordPress.com, o Webnode, o Blogger e o Google Sites são boas soluções sem custo.

Minha ONG tem um domínio personalizado. O que faço?

Se a sua organização já registrou um domínio, mas ainda não o utiliza, há pelo menos duas ações que você pode colocar em prática.

Crie um site para sua ONG

Com um domínio personalizado, você pode criar um site para sua organização e publicá-lo neste endereço. Mesmo que utilize uma plataforma gratuita, o fato de estar em um domínio próprio gera mais credibilidade. Ferramentas como Blogger e Google Sites são gratuitas e permitem o uso de domínio próprio. Se você quer ir além, pode conferir esses criadores de sites pagos que oferecem ainda mais recursos.

Crie e-mails profissionais para os colaboradores

Outra forma de usar o domínio é criar e-mails personalizados para os colaboradores da organização. Sobre isso eu tenho ótimas notícias! O Google possui um programa em que oferece o G Suite gratuitamente para ONGs. Saiba o que é e como participar neste artigo sobre o G Suite para organizações sem fins lucrativos.

Caso a sua ONG ainda não esteja estabelecida formalmente — ou sequer seja uma organização desta natureza —, ainda assim você pode ter um e-mail profissional de forma gratuita. Confira este artigo e aprenda a criar um e-mail profissional gratuito no Zoho Mail!

É isso! Espero que este artigo tenha sido útil para você e que possa conseguir o domínio que deseja para a sua ONG. Caso tenha alguma dúvida ou comentário, deixe sua mensagem que terei prazer em ajudar. 🙂

Crédito imagem topo: adaptação de vetor cedido por Freepik. 
 

Tags:

Por:

Trabalha com Internet desde 2002, época em que os sites ainda engatinhavam no Brasil. Formada em marketing há quase 20 anos e com especialização em gestão empresarial pela FGV, sempre esteve envolvida em projetos digitais, nas pequenas e grandes empresas onde trabalhou. É apaixonada pelas possibilidades que a Internet oferece e adora experimentar novas ferramentas que auxiliem pessoas a criar sites por conta própria. Empreendedora digital desde 2015, se dedica a compartilhar conhecimento sobre criação e hospedagem de sites, como cofundadora e autora do Tudo sobre Hospedagem de Sites.

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados. Então, seu comentário não será exibido imediatamente após o envio.
Mas fique tranquilo(a), porque ele será respondido em breve. 😉