Os 30 anos do domínio .br, contados em números

Logotipo de 30 anos do domínio .br com fogos de artifício ao fundo

No mesmo ano em que a web completa 3 décadas de existência, no dia 18 de abril foi a vez de comemorar o aniversário de 30 anos de outro personagem importante da Internet brasileira: o famoso domínio .br.

Tecnicamente conhecido como um ccTLD, de country code top-level domain, ou domínio de topo de código de país, o .br chegou ao Brasil em 1989, antes mesmo da Internet se estabelecer por aqui. Para contar um pouco dessa história, decidi reunir neste artigo os acontecimentos mais importantes dessa extensão. Vamos lá?

Mais de 4 milhões de domínios registrados

No começo da história da extensão, em 1989, o .br era usado basicamente para identificar máquinas no ambiente acadêmico, e seus registros eram feitos de forma manual. Dois anos depois, em 1991, quando o acesso à Internet se estabelecia no Brasil, foi criada a estrutura de nomes sob o .br. Primeiro surgiram os subdomínios de universidades (ex: usp.br e ufmg.br). Em seguida, foram criadas algumas das categorias mais utilizadas até hoje, como gov.br (para uso do Governo), com.br (para empresas), net.br (genérico), org.br (para organizações sem fins lucrativos) e mil.br (para as forças armadas).

À medida que a web se expandia no país, o registro de domínios .br começou a crescer exponencialmente. Em janeiro de 1996, existiam apenas 851 domínios registrados. Em dezembro do mesmo ano, eram 7.507. Dez anos depois, em 2006, já havia 1 milhão de domínios .br registrados.

O crescimento do .br continuou ao longo dos anos, acompanhando a popularização da Internet no país, e alcançou 4 milhões de domínios registrados em 2018. No dia em que completa 30 anos, o .br tem exatos 4.034.171 domínios registrados.

Veja a evolução no registro de domínios .br na tabela abaixo. Os dados são atualizados diariamente pelo Registro.br e publicados nesta página da entidade.

Gráfico de registros de domínios .br desde 1995 - Fonte: Registro.br
Registros de domínios .br desde 1995 – Fonte: Registro.br

A história detalhada do .br é contada nesse vídeo curtinho e bem bacana, apresentado pelo diretor-presidente do NIC.br, Demi Getschko.

O 7º ccTLD mais registrado no mundo

O domínio .br é muito popular no Brasil, sendo usado por 92% das empresas que possuem website, de acordo com a pesquisa TIC Empresas 2017, do CGI.br (Comitê Gestor da Internet no Brasil), realizada pelo Cetic.br, do NIC.br.

Tanta popularidade contribuiu para que o .br ocupasse a 7ª posição no ranking mundial de domínios de topo de código de país. É uma posição bastante relevante, considerando que a lista é composta por mais de 300 ccTLDs.

Para dar uma ideia, atualmente o Brasil está à frente de países como França (.fr), Itália (.it), Austrália (.au) e Canadá (.ca). Já as primeiras 6 posições são ocupadas por Tokelau (.tk), Alemanha (.de), China (.cn), Reino Unido (.uk), Holanda (.nl) e Rússia (.ru). Esses dados são monitorados mensalmente pelo Cetic.br e divulgados através das publicações disponíveis no Panorama Setorial da Internet.

Mais de 120 categorias dentro do .br

Ao longo dos anos, o Registro.br ampliou a variedade de subdomínios disponíveis para registro e atualmente oferece aos brasileiros mais de 120 categorias de domínio .br.

As categorias de domínio se dividem em:

  • Genéricos – com.br, net.br, ong.br etc., atualmente com 94,13% dos registros.
  • Cidadesrio.br, sampa.br, poa.br etc., com 0,79%. Esta categoria foi criada em 2017 e os subdomínios foram escolhidos através de uma votação popular.
  • Pessoas jurídicas – org.br, ind.br, inf.br etc., com 2,65%.
  • Profissionais liberais – adv.br, eng.br, med.br etc., com 2,02%.
  • Pessoas físicas – blog.br, wiki.br etc., com 0,31%.
  • Universidades – edu.br e br, com 0,10%.

Considerando todas as categorias de domínio, o com.br é o mais popular, concentrando mais de 90% dos domínios .br registrados. Em seguida estão net.br e org.br, com 1,98% e 1,24%, respectivamente. Os dados são fornecidos e atualizados pelo Registro.br, departamento do NIC.br responsável pelas atividades de registro e manutenção dos nomes de domínios terminados em .br.

Por que registrar um domínio .br?

Há muitos motivos que fazem com que o .br continue sendo muito utilizado, mesmo com a entrada de novas TLDs no mercado. Entre eles está o preço estável (R$ 40 ao ano) e o serviço gratuito que permite direcionar o domínio para qualquer URL externa, como uma fanpage do Facebook ou um perfil no Instagram. Este último é um grande diferencial, principalmente para quem tem sua presença concentrada em uma rede social. Neste artigo explicamos como configurar o redirecionamento de URL no Registro.br.

Ao registrar um domínio .br você também contribui para o desenvolvimento de diversas ações e projetos em prol da infraestrutura da Internet no Brasil. Além de manter o serviço com qualidade técnica, o NIC.br — Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR — opera pontos de troca de tráfego, promove cursos gratuitos de capacitação para profissionais, dissemina o uso do IPv6 e produz pesquisas sobre o uso da Internet, entre outras atividades. Para conhecer mais, acesse esta página do NIC.br.

Agora que você conhece um pouco mais da história do .br, que tal registrar seu domínio nesta extensão brasileira?Acesse este comparativo e veja onde registrar seu domínio .br!

Tags:

Por:

Profissional de marketing com mais de 10 anos de experiência na área digital, já liderou e participou da criação de dezenas de sites e blogs, desde pessoais até de grandes empresas. É cofundadora e autora do Tudo sobre Hospedagem de Sites.

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados. Então, seu comentário não será exibido imediatamente após o envio.
Mas fique tranquilo(a), porque ele será respondido em breve. 😉