Como escolher um domínio para o seu site

como escolher um dominio

Dizem que na internet tudo começa com um domínio. Bem, escolher um domínio é de fato uma das etapas mais importantes na publicação de um site, já que sem um endereço ele não pode ser acessado pelos usuários. Por isso, dizemos que domínio é o endereço de um site na internet (ex: www.meusite.com.br).

Se por um lado, registrar um domínio é uma tarefa fácil, escolher o nome exige criatividade e cuidado. É preciso seguir boas práticas, pois da mesma forma que um bom domínio pode ajudar a alavancar seu negócio, um domínio ruim pode não trazer os resultados esperados ou até mesmo prejudicar o seu site.

A importância de escolher um domínio adequado

O domínio é tão importante quanto o nome da empresa. Afinal, o site é a versão online do negócio, e tudo que faz parte dele, inclusive o domínio, conta para a identidade da marca.

Além disso, com a popularidade da internet é cada vez mais comum que as pessoas tenham contato com o seu negócio primeiramente pelo domínio, antes mesmo de visitar o seu site ou ponto físico. Ou seja, a primeira impressão dessas pessoas virá do endereço que você escolheu, por isso é essencial saber escolher o domínio certo.

Se você quer registrar um domínio, mas não sabe qual o endereço ideal para o seu site, confira estas dicas sobre como escolher um domínio. 🙂

Dica #1 – Pense em palavras-chave, mas não abuse

palavra-chave

Se o site é de uma empresa, marca ou pessoa, utilize o nome dela como o seu domínio. Se não for possível, complemente-o com uma palavra-chave, mas cuidado para não exagerar.

Durante muito tempo, ter uma ou mais palavras-chave no domínio contribuía para o ranqueamento no Google. Mas essa prática perdeu força, à medida que o Google fez mudanças, que desfavoreceram sites que se encaixavam nesta categoria e que não eram de alta qualidade. É claro que ainda há benefícios em ter uma palavra-chave no domínio, mas não o suficiente para determinar a escolha do seu endereço. O que deve se levar em conta é o seu nome ou o nome do seu negócio.

Sendo assim, evite registrar um domínio do tipo www.estofadosdecourorj.com.br só porque você quer aparecer no Google para “estofados de couro” no Rio de Janeiro. Além disso não garantir uma boa posição nas pesquisas, este nome certamente não passará uma imagem profissional da sua empresa. Agora se o nome do seu negócio possui uma palavra-chave, como por exemplo, Doces da Ju, então tudo bem registrar o domínio docesdaju.com.br, pois este é o nome da empresa e é assim que ela é conhecida.

Outra situação em que é válido inserir uma palavra-chave é quando o nome da empresa ou da pessoa é muito comum e já foi registrado por terceiros. Vamos imaginar que você possua uma creche chamada Alfabeto. Dificilmente o domínio alfabeto.com.br estará disponível para registro, e se estiver, provavelmente será bem caro. Neste caso, escolher um domínio como crechealfabeto.com.br, por exemplo, pode ser uma ótima solução. Em geral, quanto mais específico for o seu domínio, maior a chance de você conseguir registrá-lo.

Dica #2 – Use um nome curto

nome curto de dominio

Crie um domínio curto, com poucas palavras. Dessa forma, será mais fácil para o usuário digitar o seu site corretamente. Se o seu domínio for longo e complexo, você corre o risco dos seus clientes digitarem o endereço errado e não encontrarem a sua página.

Além disso, um domínio curto ficará bem mais interessante e legível nas redes sociais e em materiais impressos, como panfletos e cartões de visita, e tornará mais fácil a divulgação boca-a-boca. Imagine que difícil ler e digitar um domínio como impressorasecartuchosreidainformatica.com. A propósito, o domínio deste site, por exemplo, é um pouco mais longo do que o ideal.

Lembre-se: neste caso, menos é mais!

Dica #3 – Escolha um nome fácil de lembrar

dominio facil de lembrar

Ter um domínio atraente e fácil de memorizar é muito importante para o sucesso do seu site. Por isso, evite abreviações, gírias e nomes difíceis de escrever, caso contrário seus clientes terão dificuldade em encontrar o seu site, e mais ainda, de indicá-lo aos seus amigos. Um domínio que é fácil de lembrar, também é fácil de compartilhar. 🙂

Um exemplo de domínio fácil de ser memorizado seria docesdaju.com.br enquanto um domínio difícil de lembrar seria 1000docinhos-caseiros-pra-vc.com.br. Veja que o primeiro é fácil de gravar, enquanto o segundo é bem mais difícil, por causa dos números, da abreviação de “vc” e dos hífens. Já sabe: registre um domínio fácil de lembrar.

Dica #4 – Evite números, hífens e acentos

caracteres acentuados

Seguindo a linha da dica #3, evite utilizar números, hífens e acentos no seu domínio. Além de ser mais difícil de memorizar e digitar, ele não passa uma imagem profissional do seu site. Infelizmente há muitos sites de baixa reputação que utilizam artifícios como esse para ganhar visibilidade com palavras-chave e isso acaba prejudicando a imagem de todos os sites que possuem esses tipos de caracteres no domínio.

Há algum tempo foi permitido o uso de acentos nos domínios, mas as pessoas não adotaram a ideia, uma vez que você não vê domínios com acento por aí (o domínio do banco Itaú, por exemplo, é itau.com.br). Ainda há empresas de hospedagem que não dão suporte no uso de acentos em serviços como o e-mail, ou seja, os e-mails com domínios acentuados simplesmente não funcionam. Se o nome da sua empresa ou marca tem acento, registre o domínio na versão acentuada e crie um redirecionamento (301) para o domínio sem acento, que deverá ser o domínio principal.

Dica #5 – Garanta o .com.br e .com (no mínimo)

.com e .com.br

Quando decidir o nome e for registrar o domínio, opte pelas terminações mais populares, como .com.br e .com, mesmo que você também registre em outras extensões (como .co, .net, .org ou até mesmo TLDs especiais, como .site, .guru entre outros). Essa dica é muito importante, pois os usuários já esperam encontrar um site em .com.br ou .com. Se possível, registre também variações da sua marca, como as que simulam erros de digitação (ex: itau.com.br e itua.com.br).

Estas são formas eficientes (e baratas) de proteger a sua marca de concorrentes e garantir que seus clientes encontrarão o seu site, mesmo se digitarem o endereço errado.

Lembre-se: ao registrar diversos domínios, utilize um domínio principal e trate os demais como domínios adicionais, redirecionando todos os acessos para o domínio principal.

Ainda sobre isso, pense duas vezes antes de registrar seu domínio em uma extensão pouco popular (ex: .net), se este mesmo domínio já existir em uma extensão .com ou .com.br. Pode parecer tentador registrar um domínio nessas circunstâncias, mas ao fazer isso você criará dois problemas: 1) você estará concorrendo com um site de mesmo nome, que receberá parte do tráfego destinado ao seu site, só porque os nomes são iguais; 2) dependendo do caso, você também correrá o risco de ser processado por uso indevido de marca. Não vale a pena arriscar!

Se você quiser um domínio já registrado, mas que não possua conteúdo publicado, pode ser que ele venha a ser liberado por falta de renovação. A cada ano, milhares de domínios são liberados só no Registro.br, entidade reguladora dos domínios com terminação .br. O Registro.br divulga a lista de domínios liberados para registro 3 vezes ao ano.

Dica #6 – Cuidado com os direitos autorais

homem pesquisando

Antes de registrar um domínio, faça uma pesquisa na internet e certifique-se que o nome que você escolheu não está protegido por direitos autorais, registrado ou sendo usado por outra empresa. Se você encontrar um domínio ou empresa com um nome bem parecido com o que escolheu, há chances de que ele tenha prioridade sobre essa marca, mesmo que não a tenha registrado, afinal ele começou a usar esse nome antes de você.

Dependendo do caso, isso pode resultar em um processo na justiça que custaria dinheiro e o seu domínio. A última coisa que você quer é perder o seu domínio depois de estabelecer a sua marca na internet. Por isso, todo cuidado é pouco.

Conclusão

Como vimos, escolher um domínio para o seu site é tão importante quanto escolher um nome para a sua marca. Você deve procurar um nome curto, fácil de ler, digitar e que seja único, assim como o seu projeto online.

Se este artigo foi útil para você, compartilhe-o com seus amigos e ajude mais pessoas a criarem seus sites. Se tiver alguma dúvida, deixe um comentário aqui, que teremos prazer em ajudar. Sucesso e boa sorte!

Por:

Profissional de marketing com mais de 10 anos de experiência na área digital e empreendedora no Tudo sobre Hospedagem de Sites. Apaixonada pelo universo digital, sonha com o dia em que qualquer pessoa poderá ter o seu site na internet.

3 Comentários

  1. MARIO LUCIO PEREIRA DA SILVA

    Muito obrigado as informações contidas no artigo e de muita relevância
    eu já tinha meu domínio a bastante tempo mas me esclareceu alguns pontos importantes.

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Que bom, Mario Lucio!
      Obrigada pelo feedback! 🙂

      Responder

Deixe um comentário