Melhor Criador de Sites – Ranking Agosto 2020

Procurando o melhor criador de sites? Veja a seguir a nossa seleção atualizada dos melhores criadores de sites para o Brasil, testados por especialistas em criação de sites.

# Criador de Sites Destaques Domínio
grátis 1º ano
Loja online E-mail
incluído
Preço* Link
1 Wix Excelente design e personalização
Inclui ferramentas de marketing
Ver detalhes
Sim Sim Não a partir de
6
Versão grátis
Visitar Site
2 WordPress.com Flexível e ótimo para blogs e sites
Personalização avançada e SEO
Ver detalhes
Sim Sim Não a partir de
12
Versão grátis
Visitar Site
3 HostGator Ótimo custo-benefício
Bom nível de personalização
Ver detalhes
Sim Sim Sim a partir de
4,49
Oferta Especial
Visitar Site
4 Locaweb Recursos básicos para sites
Teste grátis por 15 dias
Ver detalhes
Sim Sim Sim a partir de
6,90
Visitar Site
5 GoDaddy Inclui ferramentas de marketing
Teste grátis por 30 dias
Ver detalhes
Sim Sim Não a partir de
14,99
Visitar Site
6 Webnode Muito fácil de usar
Planos iniciais mais restritos
Ver detalhes
Sim Sim Sim a partir de
11,95
Versão grátis
Visitar Site
7 UOL Host Certificado SSL não incluído
Teste grátis por 7 dias
Ver detalhes
Não Sim Sim a partir de
29,90
Visitar Site
8 ukit Fácil de usar e bons recursos
Teste grátis por 14 dias
Ver detalhes
Não Sim Não a partir de
13
Visitar Site
9 Zyro Muito fácil de usar e funcional
Plano inicial com bom custo-benefício
Ver detalhes
Sim Sim Não a partir de
1,99
Versão grátis
Visitar Site
10 Site123 Fácil de usar e bons recursos
Não possui plano pago barato
Ver detalhes
Sim Sim Não a partir de
26,47
Versão grátis
Visitar Site

*Os preços e recursos informados nesta página servem apenas como referência. Essas informações poderão ser atualizadas nos sites das empresas, sem aviso prévio. Neste caso, sempre prevalecerão as informações contidas nos sites das empresas. A oferta de domínio grátis se refere à contratação de um plano anual.
**Parte das vendas realizadas com origem em nosso site gera uma comissão. Isso não influencia o posicionamento das empresas nem os preços praticados. Pelo contrário, algumas ofertas são oferecidas com exclusividade pelo nosso site. Esta é apenas uma forma de manter o nosso site e conteúdo gratuito para os nossos leitores.

Melhores criadores de sites

As empresas que você vai conhecer a seguir lideram o nosso ranking de melhor criador de sites porque oferecem uma ótima combinação de qualidade, recursos e preço.

1. Wix

Logotipo do Wix - considerado o melhor criador de sites por nossa equipe

O Wix↗ é o melhor criador de sites para o mercado brasileiro, por sua versatilidade e excelente custo-benefício. A ferramenta é fácil de usar e possui uma imensa variedade de temas e imagens de alta qualidade, resultando em um site profissional e atraente, que funciona em computadores e celulares (versão mobile). Além disso, o Wix permite customização avançada e possui recursos para diferentes segmentos de negócio, incluindo ferramentas de marketing, blog e loja virtual, totalmente adaptados para o Brasil.

A ferramenta Wix está disponível gratuitamente, já os planos pagos custam a partir de R$ 6 por mês e contam com muito mais recursos. Para começar, é preciso se cadastrar no site, de onde você tem acesso para testar a ferramenta gratuitamente, antes de contratar. O Wix conta com hospedagem incluída, certificado SSL gratuito, suporte técnico e garantia de reembolso em até 14 dias.

Visitar site Ler análise

2. WordPress.com

WordPress.com

O WordPress está entre os melhores criadores de sites, além de ser uma das plataformas de criação de sites mais utilizadas no mundo. A versão disponível em WordPress.com↗ é ideal para quem quer usar essa ferramenta em seu site, blog ou loja virtual, porém com a praticidade e facilidade de um criador de sites, com painel amigável e hospedagem e certificado SSL incluídos. É possível usar a versão gratuita do WordPress.com ou selecionar um dos planos pagos (a partir de R$ 12 por mês), que oferecem mais recursos.

A ferramenta é fantástica e ideal para sites de todos os tipos e tamanhos, desde blogs pessoais até sites e lojas virtuais de maior porte. Outros recursos avançados também estão liberados nos planos superiores, como a instalação de plugins e temas e o e-commerce. O suporte do WordPress.com funciona via chat e e-mail e a empresa oferece 30 dias para reembolso.

Visitar site Ler análise

3. HostGator

HostGator logo

O terceiro melhor criador de sites é da HostGator↗. A ferramenta é moderna, flexível e possui temas atraentes e responsivos. Além disso, conta com funcionalidades como blog e loja virtual, ambas simples, mas funcionais. Outro recurso importante é o e-mail profissional gratuito (que inclui de 5 contas até contas ilimitadas) e o espaço total de armazenamento, que começa em 25 GB (para site e e-mails).

O construtor de sites da HostGator tem um ótimo custo-benefício, com planos promocionais a partir de apenas R$ 4,49 por mês (55% OFF), sendo ideal para quem quer criar um site e contar com serviços adicionais gratuitos, como o e-mail profissional. Alguns planos vêm ainda com o 1º ano de domínio grátis e há suporte técnico 24 horas, via chat e e-mail, além de hospedagem e certificado SSL incluídos.

Visitar site Ler análise

4. Locaweb

Logo Locaweb

O criador de sites da Locaweb↗ está entre os melhores criadores de sites por ter um ótimo custo-benefício. Ainda que simples, a ferramenta é moderna e possui temas bonitos e responsivos (que se adaptam a computadores, tablets e celulares). Além disso, os temas já vêm com conteúdo de marcação, facilitando a personalização do site.

O construtor também possui a funcionalidade de e-commerce, além de contar com hospedagem e certificado SSL grátis. Já o recurso de blog não vem na ferramenta. Os diferenciais ficam por conta do e-mail profissional gratuito (2 a 10 contas de 10 GB) e do suporte 24h via chat, telefone e e-mail. Os planos promocionais custam a partir de R$ 6,90 por mês, sendo possível testar a ferramenta gratuitamente por 15 dias, sem compromisso.

Visitar site Ler análise

5. GoDaddy

godaddy

O criador de sites da GoDaddy↗ reúne simplicidade e funcionalidade. Em poucas horas é possível criar um site personalizado que funciona em qualquer dispositivo. A empresa oferece suporte técnico por telefone e um diferencial está na possibilidade de experimentar a ferramenta gratuitamente por um mês, sem compromisso.

A ferramenta conta com uma série de ferramentas de marketing e recursos de blog e loja virtual (a loja ainda não está totalmente adaptada para o Brasil), além de hospedagem e certificado SSL gratuitos. O domínio é gratuito por 1 ano a partir do plano anual; já o e-mail profissional não está incluído. De um modo geral, o criador de sites é uma boa ferramenta, com preços a partir de R$ 14,99 mensais.

Visitar site Ler análise

6. Webnode

webnode

O Webnode↗ está na lista de melhor criador de sites por sua simplicidade, facilidade de uso e versão gratuita. A ferramenta possui temas modernos e responsivos, e recursos de blog e e-commerce estão adaptados para o Brasil. Você ainda pode testar a ferramenta e publicar seu site na versão gratuita, se desejar.

Os planos gratuito e iniciais são mais adequados a sites pequenos e com pouco tráfego. Já as versões pagas possuem mais recursos e algumas contam com domínio e e-mail gratuito. Os planos variam desde o gratuito até o pago, que custa a partir de R$ 11,95 por mês. Todos os planos contam com hospedagem e certificado SSL, e clientes possuem ainda garantia de reembolso de 15 dias.

Visitar site

7. UOL Host

uolhost

O criador de sites UOL Host↗ ocupa a sétima posição entre os melhores criadores de sites. A ferramenta é moderna e possui temas profissionais responsivos (que se adaptam aos dispositivos), páginas ilimitadas e contas de e-mails gratuitas. O plano mais robusto conta ainda com blog, loja virtual e backup automatizado.

A ferramenta, disponível a partir de R$ 29,90 por mês, não está melhor posicionada no ranking de melhor criador de site por ter um preço de entrada superior à concorrência. Um exemplo é o certificado SSL, não incluído nos planos. A empresa oferece suporte 24/7 via chat, e-mail e telefone e permite testar gratuitamente, mediante um cadastro prévio.

Visitar site Ler análise

8. ukit

ukit

O ukit↗ é um construtor de sites fácil de usar e possui temas responsivos, que já vêm com conteúdo de marcação. Um diferencial é que a ferramenta permite uma quantidade ilimitada de páginas, visitantes e arquivos no servidor. Além disso, é possível experimentar a ferramenta gratuitamente e contar com 14 dias para reembolso.

Como pontos fracos estão algumas limitações de personalização do tema nos planos iniciais, o e-commerce restrito e a falta de e-mail no plano. Por outro lado, a ferramenta tem um custo acessível, com planos a partir de R$ 13 por mês no ciclo mais longo. Todos os planos contam com hospedagem e certificado SSL gratuitos.

Visitar site Ler análise

9. Zyro

zyro

O Zyro↗ foi relançado em 2020 e se destaca entre os melhores criadores de sites por sua simplicidade, eficiência e baixo preço de entrada. Com uma seleção de temas simples e elegantes, a ferramenta permite que qualquer pessoa crie um site profissional em poucos minutos. Este é ponto forte do Zyro, que também possui uma versão gratuita.

Os recursos de marketing e loja virtual estão disponíveis em planos pagos, sendo que a loja ainda não está adaptada para o mercado brasileiro. O melhor custo-benefício da ferramenta está nos planos iniciais, que custam a partir de US$ 1,99 por mês. Apesar do pagamento ser em dólar, a ferramenta está traduzida para o português.

Visitar site

10. Site123

site123

O Site123↗ ocupa a décima posição de melhor criador de sites por oferecer uma ferramenta fácil de usar, com versão gratuita e em português. Ainda que não seja tão moderna, a ferramenta conta com os recursos necessários para criar um site profissional. São oferecidos temas gratuitos, diversas opções de personalização e também hospedagem e certificado SSL.

A versão gratuita é das mais restritas, mas com um plano pago é possível ter acesso a recursos, como e-mail e loja virtual. O plano pago mais barato custa R$ 26,47 por mês e inclui 1 ano de domínio gratuito. A empresa oferece ainda uma garantia de 14 dias para reembolso.

Visitar site

Recursos comuns aos melhores criadores de sites

Melhor Criador de Sites - Como escolher um

Apesar das ferramentas listadas neste ranking serem diferentes entre si, eles reúnem características comuns e imprescindíveis que os colocam entre os melhores criadores de sites. São elas:

  • Possuem editores fáceis de usar e flexíveis, permitindo que qualquer pessoa crie um site por conta própria, mesmo sem conhecimento técnico.
  • Disponibilizam temas profissionais e variados, com versão mobile ou responsivos (que se adaptam às telas de celulares, tablets e desktops).
  • Permitem conectar um domínio personalizado (ex: seudominio.com), tornando seu endereço profissional e mais fácil de compartilhar.
  • Disponibilizam ferramentas de SEO, que permitem que o site seja encontrado e ranqueado por mecanismos de busca como o Google.
  • Fornecem um certificado de segurança SSL, aumentando a segurança do site e favorecendo o seu posicionamento nas pesquisas orgânicas.
  • Estão disponíveis no idioma português, facilitando o uso da ferramenta pelos usuários.
  • Oferecem recursos adicionais para quem precisa de mais funcionalidades, como blog, loja virtual, e-mail, Google Analytics, ferramentas de marketing, entre outros.

O que considerar ao escolher o melhor criador de sites

Como escolher o melhor criador de sites

Embora possam ser parecidos em muitos aspectos, nos detalhes os criadores de sites se diferem bastante entre si. Daí ser tão importante saber o que analisar ao escolher o melhor criador de sites.

Para que você não se sinta perdido ao analisar tantas ferramentas, listo abaixo os pontos que você deve considerar antes de tomar uma decisão.

1. Defina quais são as necessidades específicas do seu site

Cada ferramenta tem recursos e características próprias, que fazem com que seja o melhor criador de sites para uma determinada necessidade. Por isso, é preciso saber, antes de mais nada, o que seu site precisa para funcionar. Por exemplo, se deseja que o site contenha um blog, então essa funcionalidade é essencial no seu caso. Por outro lado, se não pretende ter uma loja virtual, pode desconsiderar esse recurso na ferramenta.

2.  Avalie os recursos de armazenamento e largura de banda

Apesar de muitas ferramentas oferecerem armazenamento e banda ilimitados, essa não é uma regra. Se o criador de sites que você planeja contratar tiver limitações, verifique se os recursos serão suficientes para o seu site e como seria um futuro upgrade de plano. Às vezes uma ferramenta oferece um preço muito baixo de entrada, mas os recursos são tão limitados, que em breve você precisará mudar de plano.

3. Analise com cuidado os recursos de blog e loja virtual, caso sejam importantes para o seu projeto

Quase todas as ferramentas oferecidas aqui no Brasil foram criadas em outros países. Por conta disso, nem sempre o ecommerce está adaptado ao mercado brasileiro, causando frustrações para quem está criando a sua loja virtual. Se a sua prioridade é a loja virtual, considere ferramentas especializadas em e-commerce, que oferecem soluções mais robustas para quem quer construir uma loja online. Já se o seu objetivo é ter um site com loja virtual, analise as ferramentas no detalhe e não se deixe levar só porque elas afirmam ter o e-commerce. Para esses casos, consideramos o Wix o melhor criador de sites entre as opções da lista.

Para quem quer adicionar um blog ao seu site, saiba que nenhuma dessas ferramentas conseguirá ser superior ao WordPress nesse quesito, por melhor que seja. Sendo assim, se o blog tiver um papel muito importante no seu site, considere utilizar o WordPress. A plataforma foi originalmente criada para blogs, mas é amplamente utilizada como site (e até mesmo loja virtual). Com ela, você pode ter tudo isso na mesma plataforma. E dependendo da versão que escolher, poderá levar seu site com você para onde for e hospedar na empresa que quiser. Para saber mais sobre isso, veja nosso tutorial gratuito sobre como criar um site WordPress.

4. Não deixe de analisar o e-mail, se ele for importante para você

O e-mail é um recurso oferecido gratuitamente por poucas empresas, e a quantidade de contas e o espaço variam entre elas. Se para você o melhor criador de sites tem de contar com e-mail gratuito, verifique suas opções com atenção. Da mesma forma, se gostar muito de uma ferramenta que não tenha esse recurso, considere a possibilidade de contratar um serviço de e-mail profissional. Pode valer a pena!

5. Experimente a ferramenta, antes de contratá-la

A maioria dos melhores criadores de sites oferece versões gratuitas da ferramenta, ou possibilita que você experimente-as antes de contratar. Aproveite para testar as ferramentas que mais gostou, assim poderá escolher aquela com a qual você mais se identifica. Se não for possível testar grátis, veja se a empresa oferece um período para reembolso, caso fique insatisfeito com o produto. É uma forma de testar a ferramenta, sem correr riscos. O melhor criador de sites para uma pessoa, não é necessariamente o melhor para você, então testar é sempre uma boa prática. 🙂

E aí, mais seguro para escolher o melhor criador de sites para você? Qualquer dúvida ou sugestão, entre em contato com a gente!

Por:

Trabalha com Internet desde 2002, época em que os sites ainda engatinhavam no Brasil. Formada em marketing há quase 20 anos e com especialização em gestão empresarial pela FGV, sempre esteve envolvida em projetos digitais, nas pequenas e grandes empresas onde trabalhou. É apaixonada pelas possibilidades que a Internet oferece e adora experimentar novas ferramentas que auxiliem pessoas a criar sites por conta própria. Empreendedora digital desde 2015, se dedica a compartilhar conhecimento sobre criação e hospedagem de sites, como cofundadora e autora do Tudo sobre Hospedagem de Sites.

57 Comentários

  1. José Antônio

    Só uma palavra define seu trabalho:
    perfeição.
    A quem procurou ajuda resta a gratidão …
    Parabéns!

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      É muita gentileza sua, José Antonio!
      Não somos perfeitos, mas ficamos feliz em ter ajudado. Se precisar de algo mais, basta retornar. 🙂

      Responder
  2. claudio

    Obrigado pelo retorno.
    Eu ainda não me decidi tanto pelo serviço oferecido quanto pelo investimento, vendo produtos ecológicos fraldas e absorventes femininos, preciso e quero algo fácil de manusear tanto para mim que não entendo nada quanto para o cliente escolher as opções de modelos e estampa vi também a opção de ter algum video ou link de uso e texto de modo de usar. Você me indica o wordpress ou wix? Obrigado

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Oi, Claudio!

      Entre as duas opções, o Wix é a solução que oferece mais simplicidade para configurar e também possui templates que são bem amigáveis para os usuários. Quanto aos recursos que mencionou, o Wix permite inserir vídeos para cada produto, além de textos e fotos. Eles têm até uma ferramenta que cria vídeos com base nas imagens do produtos e que pode ser editado antes de ser publicado. Já o WordPress ganha em possibilidades de personalização e escalabilidade. Nesta opção, o e-commerce funciona através do plugin WooCommerce. Seja na versão do WordPress.com (ou na instalada), será preciso configurar os aspectos e integrações da loja virtual, enquanto no Wix isso é feito de forma mais amigável para o proprietário do site.

      Por fim, existem ainda as lojas virtuais, que funcionam como os criadores de sites, porém são voltados para vendas online. Entre as opções, há ferramentas com versão ou período de teste gratuito e com planos iniciais entre R$ 30 e R$ 50. Vou deixar o link do nosso artigo sobre isso aqui, caso queira saber mais sobre essas opções: https://tudosobrehospedagemdesites.com.br/plataforma-de-e-commerce-saas/.

      Qualquer outra dúvida, fique à vontade para perguntar.

      Responder
  3. Nicolau

    Estou querendo montar um site de prestação de serviços profissionais. Estes serviços podem ser prestados à distância. Estive olhando no Wix e achei o de serviços profissionais muito simples e me pareceu que no meu caso, apesar de ser serviços profissionais, teria de fazer no modelo de loja virtual. O objetivo é ter vários campos na página principal (cerca de 30 a 60) onde descreveria o serviço e o valor. Posteriormente a escolha do serviço e pagamento, precisarei que o cliente, nesse mesmo espaço ou num quadro ou página do site, preencha as informações que precisarei para fazer o serviço ou um link para que anexassem e pudessem me enviar a documentação necessária (uma forma de não dar trabalho ao cliente em preencher informações). Só prestarei o serviço à distancia depois de receber o valor proposto. Será que consigo algum criador de sites ou terei de fazer um site com um especialista?

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Oi, Nicolau!

      Se você planeja vender seus serviços no site, realmente precisará de um plano com loja virtual. Pelo que descreveu, no entanto, acredito que consiga resolver com um criador de sites. Ou pelo menos pode valer a pena tentar, antes de contratar um especialista (embora esta última opção também tenha suas vantagens, como economizar tempo e obter um resultado bacana, quando tudo dá certo).

      Quanto ao formulário que o cliente precisaria preencher, existem algumas alternativas que você pode tentar implementar e que evitariam a necessidade de partir para uma solução mais complexa. Uma delas seria usar o recurso de formulário (próprio da ferramenta ou do Google). Você poderia criar um ou mais formulários e inserir no site (na página que considerar adequada) ou enviar o link do formulário no e-mail de confirmação de compra do serviço. O formulário do Google, por exemplo, permite anexar arquivos, então isso também resolveria a questão do upload. Sem saber os detalhes, fica difícil dar mais orientações, mas é uma questão de você avaliar se faz sentido, considerando o seu tipo de negócio.

      Quanto ao número de serviços, também levaria isso em consideração ao escolher a ferramenta. Talvez seja interessante usar uma que permita inserir filtros ou algum tipo de organização que facilite a análise e escolha do usuário. Além das ferramentas inseridas nesta página, há também as lojas virtuais prontas, que contam com mais recursos específicos para e-commerce. Temos uma lista nesta página: Plataformas de e-commerce (lojas virtuais).

      Recomendo que experimente as ferramentas que mais se encaixam no que precisa, aproveitando que a grande maioria oferece teste ou versão gratuita. Assim poderá ter uma boa ideia do que é melhor para você.

      Boa sorte e sucesso!

      Responder
  4. Deise

    Olá Thatiana, tudo bem?
    Amei o seu artigo e ele foi muito exclarecedor. Vi que ele é mais voltado para sites, blogs… Estou abrindo uma loja virtual, um e-commerce de roupas e produtos infantis, e acho que tem outras plataformas voltadas para este publico né?! Gostaria de uma plataforma que eu pudesse começar pequena mas que tivesse opção de crescimento. Neste mesmo site, gostaria de poder dar dicas, citar curiosidades, novidades, etc… Pesquisei alguns como Wix, Nuvemshop e Loja Integrada, mas não consegui definir qual é a melhor para comercar pequeno com a opção de expandir futuramente. Qual seria sua sugestão? Desde já obrigada

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Tudo bem, Deise? Obrigada pelo feedback! 🙂

      Sim, existem ferramentas voltadas para a criação de lojas virtuais e que, por isso, contam com mais recursos. Nós listamos as mais populares neste artigo, que inclui as ferramentas que citou e mais algumas. Entre elas, no entanto, há diferenças importantes que podem fazer com que uma ou outra seja mais adequada à sua necessidade. Vou comentar abaixo sobre as 4 principais: Loja Integrada, Nuvemshop, Wix e Tray.

      A Loja Integrada tem a vantagem de ter um plano gratuito. Por outro lado, construir uma loja virtual por conta própria nessa ferramenta não é nada fácil. Existem temas à venda, que facilitam essa questão, porém eles custam a partir de R$ 350. Ou seja, é um custo inicial que pode ser alto para quem está começando.

      A Nuvemshop, por sua vez, oferece temas profissionais de forma gratuita e a ferramenta é muito mais fácil de usar. Dá para notar que eles se preocuparam com usuários que estão abrindo sua primeira loja. O ponto negativo é que cobram uma pequena comissão por venda (atualmente de R$ 1,99 no plano inicial). Em contrapartida, eles não impõem limitações de produtos ou visitas. Pode ser uma opção interessante para quem quer começar com um custo mais baixo. A ferramenta disponibiliza 30 dias gratuitos de teste.

      O Wix é uma ótima ferramenta e em alguns casos funciona bem como loja virtual. Como, por exemplo, quando se quer unir site, blog e loja virtual no mesmo lugar. Um portfólio pequeno de produtos ou serviços se encaixaria bem nesse perfil. No seu caso, se for uma loja com muita variedade de produtos, cores e tamanhos, o Wix pode não ser ideal. Contudo, a vantagem do Wix é que se pode criar e testar as funcionalidades do e-commerce antes de contratar o plano. Além dos temas de loja virtual, que são bonitos e profissionais.

      Já o Tray é uma ferramenta de e-commerce com muitos recursos e temas profissionais gratuitos. A empresa é parte do grupo Locaweb, líder em hospedagem no Brasil. É possível experimentar a ferramenta antes de contratar.

      Outra opção que não está nessa lista, mas existe, é o WordPress.com. Ele é um dos indicados entre os criadores de sites, mas funciona para lojas virtuais também. Para uma loja virtual que também tem site e blog, pode ser uma boa alternativa. É possível testar gratuitamente, mas o plano que conta com e-commerce é mais caro que todos os outros que comentei.

      Ah, todas essas opções permitem começar bem pequeno e expandir futuramente. E entre elas, apenas o WordPress e o Wix possuem blog.

      Qualquer outra dúvida, basta retornar. Boa sorte e sucesso com a loja!

      Responder
      • Deise

        Obrigada pelo retorno Thatiana

        Então só pra ficar claro, para o meu negócio que teria algumas, sugestões, curiosidades, etc… A sugestão seria as que têm opção de blog, no caso a WordPress ou Wix. Você sabe me dizer se é possível inicial com uma plataforma e posteriormente migrar para outra que tenha esta opção?
        Pergunto isto, porque gostei bastante do que a Nuvemshop oferece, apesar do custo de comissão.

        Obrigada

        Responder
        • Tathiana Sobroza
          Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

          Oi, Deise!
          Como loja virtual, a Nuvemshop é mais interessante mesmo. Uma alternativa para solucionar essa questão seria criar um blog em outra ferramenta (ex: WordPress ou Blogger) e inserir um link no menu da loja para o seu blog, que ao ser clicado, abriria em uma nova aba. É uma maneira de unir o melhor dos dois mundos. Quanto à sua pergunta, infelizmente em quase todas essas ferramentas o processo de migração é bastante trabalhoso e manual. Isso, porque as ferramentas são construídas de formas distintas e não “se falam” entre si.
          Na sua situação eu consideraria utilizar o blog em uma ferramenta externa e faria o link no menu da loja. Caso queira uma opção gratuita de blog e que permita usar domínio personalizado (ex: blog.sualoja.com), a opção mais indicada seria o Blogger. Neste artigo eu ensino como criar um blog no Blogger. Caso contrário, optaria pelo WordPress. 🙂

        • Deise

          Thatiana, amei as dicas.

          Mais um vez, agradeço seu retorno tão prestativo.

          Abs.

        • Tathiana Sobroza
          Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

          Que bom, Deise! Fico feliz. Obrigada e muito sucesso! 😀

    • Claudio

      Oi Tathiana o que você acha do kyte.com me interessei por ele por aceitar pagamento por sumup e fale um pouco da market UP obrigada graças a você entendi mais sobre o assunto

      Responder
      • Tathiana Sobroza
        Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

        Oi, Claudio!
        Que bom que pude ajudar.
        O kyte.com.br é um serviço um pouco diferente dos criadores de sites que listamos nesta página. Apesar de também permitir a criação de um site gratuito e oferecer uma solução de venda online, a proposta do Kyte é disponibilizar um sistema de pedidos online e de gestão para ser usado pelo celular. Ele funciona somente via aplicativo e permite realizar vendas e pedidos com ou sem Internet. Portanto, para quem realiza vendas de forma presencial (e não somente online) é uma solução bem interessante. A MarketUp também oferece uma solução mais ampla de gestão do negócio, incluindo entre os seus recursos, a loja virtual.
        Já os criadores de sites são ferramentas em que você pode publicar seu site e ele ficará disponível para ser acessado pelos usuários, através da Internet. Alguns deles também oferecem loja virtual.
        Não sei qual é o seu negócio, mas acho que a ferramenta ideal depende muito de como você planeja realizar as suas vendas e quais recursos necessita. Se estiver em dúvida, pode valer a pena testar, aproveitando que a maioria oferece um plano gratuito. Boa sorte e sucesso!

        Responder
        • claudio

          Obrigado pelo retorno.
          Eu ainda não me decidi tanto pelo serviço oferecido quanto pelo investimento, vendo produtos ecológicos fraldas e absorventes femininos, preciso e quero algo fácil de manusear tanto para mim que não entendo nada quanto para o cliente escolher as opções de modelos e estampa vi também a opção de ter algum video ou link de uso e texto de modo de usar. Você me indica o wordpress ou wix? Obrigado

  5. Paulo

    Muito bom o artigo. Bem informativo! Eu queria saber se você consegue me dar informações quanto aos sites e plataformas que geram os melhores relatórios de marketing digital para um e-commerce. Saberia me dizer? Me parece que algumas dessas opções da lista têm enquanto outras nem tanto. Valeu!

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Oi, Paulo! Obrigada.
      Algumas ferramentas, como o Wix e a GoDaddy, possuem soluções de marketing digital “embutidas”. A grande maioria também tem integração com ferramentas como o Google Analytics e o Search Console. Mas não sei se é essa informação que procura. Se puder especificar quais relatórios de marketing digital você procura, talvez eu possa ajudar mais. Você também pode dar uma olhada nessas plataformas de lojas virtuais, que são totalmente voltadas para as necessidades de e-commerce. 🙂

      Responder
  6. Vânia

    Excelente artigo!
    Tenho um site gratuito no Wix, não fiz o upgrade ainda pois acho o site lento. Trabalho com vídeos e coloquei links do you Tube (são uns 40), mas demora para aparecer… É assim mesmo em geral ou tem alguma opção de construtor de site mais ágil?

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Vânia! Obrigada. 🙂

      Existem muitas variáveis que podem ter contribuído para essa velocidade, então é difícil responder diretamente à sua pergunta. De qualquer modo, acho que há pontos que podemos avaliar para tentar resolver essa questão que colocou. Por exemplo, os 40 vídeos estão na mesma página? Se sim, devemos considerar que cada embed é um script de terceiros (Youtube) dentro da página, o que contribui para o tempo de carregamento total (ainda que um embed seja muito mais leve que o vídeo propriamente dito). Se for isso, talvez reduzir o número de vídeos por página fosse uma alternativa a considerar. Outra seria criar imagens estáticas dos vídeos, que ao clicados, carregariam o vídeo em lightbox, por exemplo.

      Se tivesse que indicar uma ferramenta que tem chance de funcionar melhor que o Wix nesse quesito seria o WordPress (a versão em WordPress.com também permite testar gratuitamente). As demais ferramentas listadas aqui eu não acredito que serão melhores do que o que já tem, pois em geral elas não foram construídas para atender esse tipo de necessidade (grande quantidade de vídeos). Para ter controle sobre o código, de modo a melhorar ainda mais a performance, você poderia ir para uma solução como o WordPress instalado, porque aí escolhe seu servidor de hospedagem e pode configurar soluções adicionais para melhorar o carregamento das páginas. No entanto, é uma solução mais complexa e que demanda maior conhecimento técnico. O Wix também tem essa opção de edição avançada de código, mas não sei te dizer se resolveria. Se quiser saber mais sobre o WordPress, recomendo este nosso artigo sobre a ferramenta.

      Sobre o carregamento da página, não sei como está medindo essa lentidão, mas pode ser interessante acompanhar o desempenho da sua página em uma ferramenta gratuita como o GTmetrix ou o PageSpeed Insights. Apesar de conter muitos aspectos técnicos, dá para ter uma ideia de “antes” e “depois”, caso faça as alterações que sugeri (ou outras) na página que mencionou.

      Espero ter ajudado! Qualquer outra dúvida, basta retornar.

      Responder
        • Tathiana Sobroza
          Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

          Que bom. Disponha!

  7. rogério damasceno

    Olá boa noite. Gostei muito das sua explicações e gostaria de sua opinião. Estou começando a desenvolver meu trabalho como afiliado de produtos digitais, então, queria saber de você, qual seria o melhor para utilizar, tendo em vista que quero trabalhar mais com mini sites no início, e mais para frente, criar uma estrutura com blog, site, integração com redes sociais e tudo mais. Qual sua orientação de trabalho? Principalmente para não me perder durante o processo. Desde já, agradeço a atenção.

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Boa noite, Rogério!

      Sobre a questão dos mini sites, se a ideia é que tenham domínios diferentes (ou que sejam independentes de alguma forma), acredito que terá dificuldade com os criadores de sites. Todos os planos são voltados para apenas 1 site, e portanto permitem incluir apenas um domínio. Não vejo como conseguiria publicar mini sites independentes em uma ferramenta como essa, a não ser que fosse contratar planos separados, cada um para um domínio ou subdomínio, o que não faria sentido ao meu ver.

      Para ter mais liberdade e flexibilidade na criação dos mini sites, site e blog, e também com o gerenciamento do domínio e subdomínios, a melhor opção seria o WordPress instalado, ou seja, que você utiliza em uma hospedagem de sites. É verdade que ele dá um pouco mais de trabalho no começo, mas para o negócio que está criando é a ferramenta mais adequada. E os preços, para quem faz por conta própria, podem até sair mais em conta do que os planos mais flexíveis dos criadores de sites.

      Nós criamos este tutorial ensinando o passo a passo para criar um site no WordPress, que acredito que poderá te ajudar: https://tudosobrehospedagemdesites.com.br/como-criar-um-site-wordpress/.

      Se tiver mais alguma dúvida, basta comentar por aqui. 🙂

      Responder
  8. Piedade Gonçalves silvestre

    Olá!!
    Eu pretendo criar um site pessoal no qual passaria a publicar certos conteúdos para questões de estudos em variados níveis de formação, mas estou a encontrar muitas dificuldades em criá-lo. já procurei por ajudas mas mesmo assim não resultou em nada.

    por isso vesolvi enviar esse comentário para o vosso site a fim de encontrar uma solução!

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Piedade!
      O primeiro passo para criar um site é escolher uma ferramenta. Na tabela acima você encontra diversas opções, desde gratuitas a pagas. Além dessas opções, temos ainda o Blogger e o Google Sites, que oferecem soluções 100% gratuitas. Uma vez que tenha escolhido uma ferramenta, você irá fazer um cadastro e começar a criar o seu site. Cada criador de sites funciona de uma maneira, mas a maioria é fácil de usar, não sendo necessário nenhum conhecimento técnico. Se durante esse processo, você tiver novas dúvidas, pode entrar em contato que nós a ajudaremos. 🙂

      Responder
  9. Eduardo

    Bom dia Tathiana!
    Gostei de suas explicações. Sou leigo no assunto e estudando a possibilidade de fazer um blog esotérico com funcionalidades como hotmart e não queria um blog que pusesse de forma unilateral banners. Qual voce me recomendaria?
    Obrigado

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Bom dia, Eduardo. Obrigada!

      Inserir anúncios do Hotmart no blog é simples e você poderá fazê-lo em praticamente qualquer ferramenta. Já o Google Adsense pode ser mais restrito e não é permitido, por exemplo, no WordPress.com, que conta com sua própria plataforma (WordAds). O Blogger, por sua vez, permite o Google Adsense e até facilita a integração.

      Sobre impedir a veiculação de banners (ou qualquer anúncio) pela ferramenta, a melhor maneira de evitar isso é usando um plano pago ou uma ferramenta totalmente gratuita, como o Blogger. No entanto, essa veiculação depende muito da ferramenta. Na maioria dos casos, eles veiculam apenas assinaturas dos seus próprios produtos, como o Wix e o WordPress.com, por exemplo. Sendo assim, é uma questão de pesar os prós e contras de cada opção e escolher aquela que atende melhor às suas necessidades. Se quiser total controle sobre os anúncios, escolha o Blogger ou uma ferramenta paga. Se não se importar com chamadas ou banners da própria ferramenta, um plano gratuito pode ser suficiente.

      E já que pretende criar um blog, vale a pena considerar uma ferramenta que funcione bem para esta finalidade. Neste caso, minha primeira opção, sem dúvidas, seria o WordPress, e a segunda seria o Blogger, como uma alternativa quando se procura uma ferramenta fácil, totalmente gratuita e que permite o uso de domínio próprio, mesmo que tenha outras limitações.

      Caso se interesse pelo WordPress, vou deixar este artigo que explica sobre as versões do WordPress e ensina o passo a passo para criar um blog na ferramenta: https://tudosobrehospedagemdesites.com.br/como-criar-um-blog-no-wordpress/ 🙂

      Responder
  10. Fernando

    Olá, tudo bem? Achei ótimo seu artigo e me ajudou bastante. Bom, quero criar um site de notícias, penso num layout minimalista, mas que contenha espaços para possíveis anunciantes. Você me indicaria algum criador de sites que eu teria essa possibilidade com mais facilidades?

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Fernando! Que bom que gostou. Obrigada!

      Para um site de notícias, recomendo que utilize o WordPress. A plataforma é bem preparada para esse tipo de site, em que se faz publicações frequentes e veiculação de anúncios. É importante, no entanto, ressaltar que o WordPress conta com duas versões.

      A do WordPress.com, que indicamos nesta página, é a mais fácil de usar, pois já vem com a hospedagem incluída e o gerenciamento é simplificado, como em um criador de sites. Além disso, o WordPress.com conta com uma versão gratuita. Por outro lado, ela também é mais limitada que a outra versão (WordPress.org). Por exemplo, ela não permite o uso do Google Adsense (apenas do WordAds, que é da mesma empresa).

      Já a versão instalada, do WordPress.org, oferece muito mais flexibilidade, mas também demanda mais atenção, já que a hospedagem precisa ser contratada à parte e a manutenção é de responsabilidade total do usuário. Essa versão é um pouco mais trabalhosa, mas vale a pena para quem quer investir no site como um negócio. Existe ainda a possibilidade de começar na versão .com e futuramente migrar para a .org.

      Vou deixar alguns links de artigos do site, caso queira se aprofundar. Neles explicamos as versões do WordPress, como criar um site ou um blog e também indicamos soluções de hospedagem para quem opta pela versão instalada.
      O que é o WordPress e quais as suas vantagens na criação de um site
      Tutorial: como criar um site WordPress em 4 passos
      Como criar um blog no WordPress – Tutorial completo
      Motivos para criar seu site no WordPress
      Lista com todos os posts sobre o WordPress
      Melhores hospedagens para WordPress

      Uma alternativa gratuita e mais simples, mas que se adequa à proposta de um site de notícias, é o Blogger. Apesar de ser um pouco ultrapassado, é muito utilizado por blogueiros e também foi criado inicialmente com essa finalidade (de postagens frequentes). Por ser uma ferramenta do Google, também é super fácil integrá-la com o AdSense. Se quiser se aprofundar, temos este artigo comparando as duas ferramentas.

      Espero ter ajudado. Sucesso!

      Responder
      • Vanessa

        Boa tarde. O wix tem muito problema com ranqueamento? Para negócios locais isso seria relevante? Obrigada

        Responder
        • Tathiana Sobroza
          Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

          Boa tarde, Vanessa!
          O Wix já teve esse reputação, mas isso felizmente ficou no passado. A ferramenta evoluiu ao longo dos anos e atualmente é bastante amigável aos mecanismos de busca. Além disso, o Wix oferece diversas funcionalidades voltadas para essa questão. Neste artigo do Wix você tem uma visão geral sobre como funciona o SEO na ferramenta.
          Para negócios locais, além do site, recomendo o cadastro no Google Meu Negócio, que explicamos em detalhes neste artigo. 🙂

    • B.

      Boa matéria. Mas pode me dizer qual(is) o(s) melhor(es) contrutor(es) de sites, gratuitos e pagos, que tenham ferramentas de automação de marketing digital no plano, como listas de email, etc? A proposito vi q o Terra ta com oromoção… o que vc acha do Terra empresas ja que ele nao aparece nessa lista? Obrigad! Aguardo respostas.

      Responder
      • Tathiana Sobroza
        Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

        Olá!
        São poucos os criadores de sites que contam com ferramentas próprias de automação de marketing digital. Um deles é da GoDaddy, outro é o Wix e tem ainda o Mailchimp, que só não está na lista porque não tem um custo-benefício tão bom, em função do dólar. De qualquer modo, é possível utilizar ferramentas de automação externas junto com o criador de sites escolhido, embora seja um pouco mais trabalhoso.
        Quanto ao Terra Empresas, considero a ferramenta simples para o preço cobrado (R$ 19,90 por mês – só o 1º mês é R$ 10,90). O valor só se torna um pouco mais interessante para quem planeja utilizar as caixas de e-mail fornecidas gratuitamente no plano (1 conta de e-mail com 20 GB e 9 contas com 5 GB cada). De qualquer forma, ela tampouco conta com automação de marketing.

        Responder
  11. Márcio

    Boa tarde. E o do terra, você recomenda pra e-commerce que de artesanato que está começando agora?

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Boa tarde, Márcio!
      O criador de sites do Terra é bem básico e não é indicado para e-commerce. Se a ideia é ter um site que inclua venda online, qualquer uma das opções abaixo terá essa funcionalidade, sendo o Wix a menos limitada. Caso queira montar uma loja virtual, recomendo que dê uma olhada nessa lista de plataformas de e-commerce, que contam com soluções prontas e ótimo custo-benefício. Com elas você terá mais recursos dedicados ao e-commerce do que nos criadores de sites.

      Responder
  12. Willian

    Ola, tudo bem?
    Obrigado por suas avaliações são muito dinamicas e ajudam a definir muitas coisa, para você qual o melhor perfil dos indicados para vendas em loja online?

    Grande abraço 🙂

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, William!
      Obrigada pelo comentário. Os criadores de sites listados aqui são indicados para quem deseja ter um site com recurso de loja virtual. Entre eles, o Wix e o WordPress.com são os mais interessantes. No entanto, se o foco principal é a loja virtual, recomendo outras ferramentas voltadas para essa finalidade. Nesse artigo nós listamos as plataformas de loja virtual mais conhecidas. Diversas permitem testar gratuitamente e outras até oferecem planos iniciais gratuitos.
      Sucesso com a loja! 🙂

      Responder
  13. Thiago

    Olá, eu gostaria de um site em que depois de ter um bom número de acessos, eu pudesse colocar alguns anúncios, por meio do google adsense, qual destas plataformas me permitiria isso ? desde já, agradeço.

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Thiago!

      Considerando o seu objetivo de monetizar o site com o Google Adsense, minha recomendação é que utilize outras opções, como o WordPress instalado (que é diferente do WordPress.com e que explicarei a seguir) ou o Blogger (caso procure uma opção gratuita). Os criadores de sites listados nesta página são indicados para sites de negócios ou pessoais, não sendo ideais para sites que geram muito tráfego e que tenham como finalidade monetizar no AdSense. Para te dar uma ideia, o Wix tem este App do Adsense, mas muitos clientes reportam bugs e limitações. Já o WordPress.com não permite instalar o Google Adsense (no lugar, ele oferece seu próprio sistema WordAds – veja mais aqui). As demais ferramentas são ainda mais restritas que essas duas, então não acho que valha a pena.

      Já o WordPress instalado, que é o que usamos neste site, oferece muita flexibilidade e escalabilidade. Dá um pouco mais de trabalho para instalar e manter, mas se você quer fazer desse site um negócio, é um investimento que vale a pena. Se a sua intenção é fazer por conta própria, você pode seguir este tutorial que fizemos sobre criar um site em WordPress e entrar em contato com a gente caso tenha alguma dúvida. Em termos de custo, você vai ter a hospedagem, de R$ 3 a R$ 15 por mês (veja aqui boas opções de hospedagem), o domínio (aprox. R$ 40 por ano) e o tema e os plugins do site, caso opte por versões pagas.

      Caso queira uma ferramenta mais fácil e barata, pois o projeto não é algo que quer investir nesse momento, mas que ainda assim permita inserir o Google Adsense, eu aconselho o Blogger (https://www.blogger.com/). É uma plataforma antiga, mas que ainda funciona e que permite o uso de domínio personalizado, algo que você quase não encontra nas ferramentas gratuitas.

      Espero ter ajudado! Boa sorte e sucesso com seu site.

      Responder
    • Camile

      Olá! Estou com uma dúvida que não consigo encontrar resposta… Tenho domínio e hospedagem comprada na Hostgator, mas achei que o criador de sites deixou a desejar, então gostaria de saber se é possível criar o site em outra ferramenta e “levá-lo” para o Hostgator. Se caso seja possível, em quais sites eu conseguiria usar só o criador?

      Responder
      • Tathiana Sobroza
        Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

        Olá, Camile!
        No seu caso, recomendo experimentar o WordPress. A ferramenta, que é gratuita, está disponível na HostGator e pode ser instalada com o auxílio do instalador automático. Este tutorial que fizemos explica os passos para criar seu site na HostGator usando o WordPress: https://tudosobrehospedagemdesites.com.br/como-criar-um-site-wordpress/.
        Umas das muitas vantagens de usar o WordPress nessa modalidade (instalada em uma hospedagem) é que você poderá levar seu site para onde desejar, algo que não é possível quando usamos um criador de sites.
        Qualquer dúvida que tenha durante o processo, basta nos retornar. 🙂

        Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Oi, Renata!
      O Google Sites é uma ferramenta boa, mas que tem muitas restrições, por isso não está listada aqui. Por outro lado, se busca uma solução gratuita e que permita usar domínio personalizado, é uma ótima opção. Se quiser saber mais sobre a ferramenta, recomendo ler este artigo que publiquei recentemente sobre o Google Sites. Qualquer outra dúvida, basta comentar. 🙂

      Responder
  14. Susana

    Olá!
    Pretendo criar meu primeiro site e depois, com o tempo, se o negócio prosperar (se Deus quiser) talvez mude de plataforma. A minha dúvida, é qual das ferramentas vcs me indicam para depois eu não ter dor de cabeça na hora de mudar, por exemplo.

    abraço!

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Susana!

      Infelizmente qualquer mudança de plataforma costuma ser trabalhosa. Na maioria dos casos não há compatibilidade entre as ferramentas e uma boa parte da mudança acaba sendo manual. Além da migração de todo o conteúdo, tem a questão das URLs, que precisam ser mantidas na nova ferramenta, ou redirecionadas, para que não se perca nenhum posicionamento e tráfego do Google. Se o seu site for pequeno, essa mudança será bem menos trabalhosa, mas quanto maior for o site, maior será o trabalho. Isso sem contar que dificilmente será possível migrar todas as informações, como comentários de usuários, por exemplo.

      Se quiser facilitar esse processo, minha sugestão é que considere uma evolução dentro da própria plataforma (de gratuito para pago) ou escolha plataformas que “se falem”. Um exemplo é o WordPress.com, que começa gratuito, mas tem planos pagos e também tem uma opção instalada, que sai mais em conta que a versão hospedada pela ferramenta (veja todas as diferenças aqui neste artigo). Neste caso, daria para começar numa versão inicial do WordPress.com e um dia migrar para a versão instalada (WordPress.org), à medida que o site necessitasse de mais recursos ou funcionalidades. Outra opção é migrar do Blogger para o WordPress, que é um pouco trabalhoso, mas possível de fazer.

      Resumindo: se seu site for pequeno, essa mudança será menos trabalhosa e talvez até faça mais sentido recriar o site na nova plataforma (já usando seu aprendizado no primeiro site). Se seu site tiver muito conteúdo ou conteúdos de terceiros (como comentários), ou não quiser correr risco de ter de refazer o site, sugiro que opte pelo WordPress ou por uma ferramenta que tenha planos robustos, para você continuar crescendo dentro da plataforma.

      Espero ter ajudado! Abraços e sucesso com o site. 🙂

      Responder
  15. Angelo Carlos

    Olá!! sou iniciante, e fico apreensivo na questão da criação do site e a inclusão das fotos. Principalmente na parte de e commerce / envio /pagtos/etc. Para um iniciante parece um labirinto. Tem um tipo help On Line / suporte, quando nas dúvidas do desenvolvimento. Essa é uma das minhas preocupações.
    At.
    Angelo Carlos

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Angelo!

      Entendo a sua preocupação e vou tentar te ajudar. 🙂

      Você procura uma ferramenta de loja virtual que tenha suporte para você tirar suas dúvidas durante o desenvolvimento? Se sim, posso dizer que você terá suporte das empresas listadas nesta página, porém talvez ele não cubra todas as suas dúvidas. Como iniciante, talvez você também precise estudar à parte, consultando os artigos de ajuda disponíveis no site da empresa que escolher. Dependendo da complexidade da sua loja, pode até ser necessário contratar alguém com experiência em desenvolvimento ou webdesign.

      Caso opte por fazer por conta própria, uma forma de fazer isso com menos risco é testar uma ferramenta que permita iniciar gratuitamente, como o Wix, o WordPress ou a GoDaddy. Assim você tem a chance de experimentar as funcionalidades antes de fazer qualquer investimento. Para ver mais opções de lojas virtuais, recomendo este nosso artigo. Lá tem outras ferramentas que também permitem testar gratuitamente, como a Nuvemshop e a Loja Integrada.

      Boa sorte!

      Responder
    • Sidnei

      Olá Tathiana.
      Excelente a sua avaliação.

      Quero fazer um site de advocacia internacional que atende Brasil, Portugal e Espanha.

      Porém não sei qual melhor site usar, porque tem que ter a função de troca de idiomas.

      Atualmente vivo na Espanha mas não quero pagar em euro e sim em real.

      Obrigado pela ajuda.

      Responder
      • Tathiana Sobroza
        Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

        Olá, Sidnei. Obrigada!

        A maioria das ferramentas que listamos acima possui o recurso de multi-idioma, porém com algumas diferenças, que detalho abaixo:

        • Wix – oferece um recurso multi-idioma já a partir do plano gratuito. Funciona bem e é fácil de usar, mas alguns conteúdos de Apps ainda não podem ser traduzidos. A lista dos conteúdos está neste link de ajuda do Wix.
        • WordPress.com – oferece 3 opções para criar um site multilíngue, incluindo a possibilidade de usar um subdomínio (ex: pt.dominio.com – para uma versão em português). Eu diria que é a ferramenta com mais alternativas, mas também a menos intuitiva entre elas. Este vídeo do WordPress.com detalha essas possibilidades.
        • Locaweb – oferece o recurso, porém através de um plugin adicional, que custa R$ 9,90 por mês (mais detalhes aqui).
        • UOL Host – também oferece o recurso, mas somente na versão superior do plano.
        • Webnode – possui o recurso multi-idioma, mas ele está disponível apenas em planos Premium (pagos) (detalhes neste artigo da empresa).
        • Ukit – também permite criar um site multi-idioma, desde o plano gratuito, porém é preciso ativar o recurso com o suporte técnico (mais informações nessa postagem da empresa).
        • HostGator – não oferece o recurso de multi-idiomas.
        • GoDaddy – não oferece o recurso de multi-idiomas.

        Todas as empresas acima oferecem planos com pagamento em Real.

        Espero ter ajudado, mas qualquer outra dúvida, basta comentar. Sucesso com a escolha!

        Responder
  16. Marcos Gimenez Queiroz

    Obrigado pela sua presteza. Suas intervenções têm auxílio muitas pessoas. Eu sou uma delas. Excelente trabalho realizado. Recomendei o seu site para meus amigos. Desejo -lhe Sucesso em tudo.

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Muito obrigada, Marcos! Fico feliz em saber que pude ajudar.
      Sucesso também para você e obrigada pela recomendação. 🙂

      Responder
  17. Lady

    olá
    tenho.um.projeto social que contempla com uma festa, adolescentes carentes. Porém é preciso que eles envie a história pra mim, numa espécie de.formulário.
    qual.site vc indica pra este projeto, e que eu possa utilizar o.fly do.projeto como.imagem principal e ter uma galeria com.as fotos das festas já contempladas?

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Oi, Lady!
      Que projeto mais bacana. Parabéns pela iniciativa! 🙂
      Você vai encontrar esses recursos em praticamente qualquer criador de sites. Se o projeto social não dispõe de verba para contratar uma ferramenta, sugiro que use a versão gratuita de uma dessas: Wix, WordPress.com ou Webnode. O Blogger também pode ser uma opção se você quiser usar um domínio próprio (ex: projeto.org.br), mas ele é mais voltado para blogs.
      Se precisar de mais alguma ajuda, é só comentar.

      Responder
  18. Sérgio

    Olá pessoal, boa tarde!

    Estou em busca da melhor solução de criação de site e email para a minha empresa de consultoria (representação) e treinamento. É uma empresa de serviços com clientes potencialmente no exterior.
    Qual site vocês sugerem nesse caso?

    Obrigado,

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Olá, Sérgio. Boa tarde!

      Pelo que explicou, entendo que seja um site institucional, que precisará estar disponível em mais de um idioma (já que tem clientes potenciais em outros países).

      Na minha opinião, as melhores opções seriam:

      1. WordPress (instalado) – essa opção é a que te dará mais flexibilidade para criar o site, pelo melhor custo-benefício. Você terá liberdade para instalar temas e plugins (ex: formulário, idioma etc.) e poderá customizar o que desejar, usando a versão instalada e gratuita do WordPress. Um ponto desfavorável é que provavelmente precisará contratar um profissional ou empresa para criar o seu site e fazer as configurações necessárias de domínio e hospedagem (ou investir algum tempo fazendo essas tarefas – veja um tutorial aqui). Um custo extra que você terá nessa solução é com a hospedagem do seu site (veja aqui as empresas com melhor custo-benefício). Em compensação, você poderá usar o serviço de e-mail gratuito da hospedagem, se desejar.

      2. WordPress.com – é a opção ideal para quem quer fazer o site por conta própria. Nessa solução, você tem acesso às mesmas funcionalidades do WordPress instalado, mas não precisa lidar com tantas questões técnicas. O ponto negativo é que para ter toda essa liberdade de customização é preciso contratar um dos planos mais caros. Em contrapartida, a hospedagem está incluída no preço e talvez você economize com a contratação do profissional. Já o e-mail precisa ser contratado à parte. Esse review traz mais informações sobre a ferramenta.

      3. Wix – esse criador de sites é o mais fácil de usar e tem um bom custo-benefício, por isso entra como opção. Ele também possui o recurso de multi-idioma, embora alguns apps e recursos para negócios atualmente ainda não ofereçam a possibilidade de tradução total. O e-mail pode ser contratado à parte.

      Existem outros criadores de sites, inclusive neste ranking, porém são mais limitados e podem deixá-lo na mão, principalmente quanto à função de multi-idioma. É uma questão de avaliar se vale a pena arriscar.

      Quanto ao e-mail, algumas hospedagens oferecem o serviço de e-mail profissional gratuito (o que seria aplicável na opção 1), mas isso não significa que você não pode usar um serviço à parte. O G Suite é um serviço que a gente usa e indica como a melhor opção de e-mail. Se quiser ver mais opções, recomendo esse ranking de provedores de e-mail profissional.

      Espero ter ajudado! Se precisar de mais alguma informação, basta retornar o comentário! 🙂

      Responder
  19. Marcos Gimenez Queiroz

    Vou criar um site da minha revista, com noticias nacionais e internacionais, com seções variadas como saúde, educação etc. Permitindo interações dos leitores, para denuncias, reclamações. Terão fotos e videos. Não sou técnico em TI, sou apenas um bom redator. Qual site utilizo:

    Responder
    • Tathiana Sobroza
      Cofundadora - Tudo Sobre Hospedagem de Sites

      Oi, Marcos!

      Recomendo o WordPress, sem dúvidas. A questão que você vai precisar avaliar, no entanto, é qual modalidade utilizar. O WordPress.com, citado neste ranking, é indicado para pessoas sem conhecimento técnico e que desejam criar o seu próprio site, contando com o suporte técnico do WordPress. É uma mensalidade mais cara (nos planos mais completos), mas que reduz a sua necessidade de contratar um profissional para criar e manter o seu site. Já o WordPress.org é gratuito, bastando instalar a ferramenta em uma hospedagem de sites, que por sua vez, custará menos do que a outra opção. Em contrapartida, você precisará lidar com diversas questões técnicas, o que demandará de você mais tempo e/ou recursos financeiros para contratar um webdesigner ou desenvolvedor. Vale ressaltar, no entanto, que em ambos os casos pode ser necessário contratar um profissional, dependendo da complexidade do seu projeto ou do tempo que tiver para se dedicar ao assunto.

      Se quiser se aprofundar sobre o WordPress e suas modalidades, sugiro os artigos abaixo:
      https://tudosobrehospedagemdesites.com.br/wordpress/
      https://tudosobrehospedagemdesites.com.br/wordpress-com-wordpress-org-diferencas/
      https://tudosobrehospedagemdesites.com.br/como-criar-um-site-wordpress/

      Espero ter ajudado e boa sorte! Qualquer dúvida, basta retornar. 🙂

      Responder

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados. Então, seu comentário não será exibido imediatamente após o envio.
Mas fique tranquilo(a), porque ele será respondido em breve. 😉