6 dicas para divulgar seu e-commerce usando e-mail marketing

divulgar seu e-commerce usando email marketing

Você dedicou todo seu tempo e esforços na criação do seu e-commerce. Agora, o que você mais espera é que os clientes cheguem até a sua loja e comprem o seu produto ou serviço, não é mesmo? Porém, isso não acontecerá de uma hora para a outra, muito menos se você não se dedicar também à divulgação do seu negócio.

Existem diversos canais de marketing digital para atrair visitantes ao site. Um dos melhores e mais baratos para divulgar seu e-commerce é o e-mail marketing. Esta mídia é indispensável, por ser capaz não só de gerar tráfego, mas também criar um relacionamento consistente entre o público e a sua marca.

Neste post, você verá 6 dicas essenciais de uso do e-mail marketing na divulgação do seu e-commerce, para que a sua estratégia seja bem planejada e executada. Confira!

1. Colete e-mails no seu site

O primeiro passo dentro de uma estratégia de e-mail marketing é captar os e-mails dos consumidores ou visitantes do seu site. A comunicação só será eficaz se a pessoa autorizar o contato da sua empresa com ela.

Jamais compre uma lista pronta de e-mails, pois elas trazem muitas pessoas não interessadas no seu negócio e, pior ainda, que nunca se cadastraram para receber suas mensagens. Nesse caso, a probabilidade de ser marcado como spam, prejudicando os seus futuros envios, é bem grande.

A maneira correta de coletar e-mails é com as suas próprias “mãos”. Pode dar mais trabalho, mas tenha certeza que o resultado será melhor. Atraia as pessoas para o seu site e ofereça um benefício em troca do contato do visitante, como um desconto na primeira compra, o envio de newsletters interessantes, o download de um conteúdo relevante, os resultados de uma pesquisa exclusiva ou a participação em um webinar imperdível.

2. Crie listas segmentadas

Criar listas segmentadas é a chave do sucesso para divulgar seu e-commerce com e-mail marketing. Muitas pessoas conseguem coletar milhares de e-mails de seus visitantes, porém ignoram que cada pessoa tem seus interesses e necessidades específicos. Dessa forma, criam uma comunicação massificada, com um conteúdo igual para todo mundo. E ninguém abre um e-mail se o conteúdo não for bom, concorda?

Portanto, a dica é criar listas baseadas em diferentes critérios, como o perfil demográfico (idade, gênero, localização, escolaridade, por exemplo), interesses, histórico de compra, data de cadastro, interações com os últimos envios, entre outros. Ao criar estes segmentos de usuários, você poderá enviar conteúdos e ofertas exclusivas para eles. Logo, a comunicação se torna mais certeira, por alcançar pessoas mais predispostas a gostar do que você tem a oferecer.

3. Profissionalize os envios

Para criar listas segmentadas e tornar o e-mail marketing uma ferramenta séria de divulgação do seu e-commerce, é inevitável investir em uma plataforma profissional. Se o seu negócio for iniciante, existem algumas ferramentas gratuitas que já ajudarão bastante. Se precisar de mais recursos, as plataformas pagas oferecem também opções com ótimo custo-benefício.

Algumas opções de ferramentas são MailChimp (que recomendamos, e vem com versão gratuita até 2000 e-mails e 12.000 disparos por mês), NitroNews, Dinamize e e-Goi. Várias empresas de hospedagem também oferecem soluções de e-mail marketing, como o UOL Host, a Locaweb e a GoDaddy.

Com estas ferramentas, você poderá administrar melhor sua lista de contatos, criar layouts mais atrativos e amigáveis aos provedores de e-mail e verificar as estatísticas das campanhas. Com recursos mais avançados, você terá a possibilidade de automatizar os envios, o que permite uma melhora na produtividade da empresa e a otimização dos resultados.

4. Envie conteúdos exclusivos

Como benefício para a pessoa deixar seu e-mail, você também pode oferecer conteúdos exclusivos. Por exemplo, um dos recursos mais utilizados é o envio de um cupom de desconto na primeira compra para quem se cadastrar na newsletter da loja virtual. Outra ideia é criar editorias de conteúdo que serão enviadas somente por este canal e não estarão disponíveis em nenhum outro lugar.

Essa é uma maneira de divulgar seu e-commerce, criando um relacionamento mais forte com sua base de e-mails, que terá acesso a esses conteúdos somente se estiver cadastrada. Dessa forma, cria-se também uma relação de confiança com a sua marca, o que terá impacto positivo na hora da compra.

5. Acerte a frequência de envio

As pessoas têm cada vez menos tempo e paciência para se dedicar ao marketing. Por isso, é preciso avaliar qual a frequência de envio mais adequada para o seu público. A melhor maneira de entender quantos e-mails o consumidor quer receber em sua caixa de entrada por semana é, simplesmente, perguntar a ele.

Você pode incluir esse campo na hora do cadastro do e-mail. Outra ideia é, quando uma pessoa se descadastrar da base, tentar mantê-la na lista oferecendo a opção de diminuir a frequência dos envios (talvez seja isso que a incomode).

6. Divulgue seus produtos e serviços

No fim das contas, o que você deseja mesmo com seu e-commerce é vender! O e-mail marketing apresenta números relevantes quando se fala de conversão em vendas, ou seja, a porcentagem de pessoas que receberam um e-mail e realizaram a compra por meio dele. Sua empresa deve nutrir o relacionamento com conteúdos não diretamente ligados à venda, mas igualmente importante são os envios com ofertas dos seus produtos ou serviços.

A dica é que essa abordagem de venda ocorra no momento certo com a oferta certa. Para isso, você deve usar as dicas de segmentação que demos no segundo item deste post. Por exemplo, você pode sugerir um produto complementar: quem comprou um notebook recentemente pode receber um e-mail com opções de mouse para comprar.

Conclusão

O e-mail marketing é uma ferramenta indispensável para divulgar seu e-commerce. Mas se você cair na armadilha de fazer o caminho mais fácil — comprar uma lista pronta, ou enviar o mesmo conteúdo para todo mundo, por exemplo —, os resultados não virão.

É preciso dedicar tempo, esforço e recursos para planejar e executar bem a estratégia. Aproveite o que o canal tem de melhor: fortaleça o relacionamento com os seus clientes e oferte o produto ou serviço certo para a pessoa certa, por meio da segmentação.

Se você já tem experiência com e-mail marketing, conte nos comentários como está usando esta ferramenta. E se tiver qualquer dúvida sobre como divulgar seu e-commerce com esta ferramenta, comente também para que possamos ajudá-lo!

↑ Ir para o topo

Por:

Tudo Sobre Hospedagem de Sites é um site independente e que se propõe a ser exatamente o que sugere seu nome: uma fonte de conhecimento relevante sobre o universo de hospedagem de sites.

Deixe um comentário

↑ Ir para o topo